Todos os artigos publicados neste site que não estejam identificados são de minha autoria. Seus acertos se devem às inspirações que recebo. Seus erros se devem ao meu pobre intelecto. Mas todos, inspirados ou não, exigem esforço e dedicação.

Não me importo quando me deparo com artigos meus publicados em outros sites e blogs. É sinal de que produzo algo de aproveitável. Mas fico muito reconhecido quando me consultam antes de copiar qualquer artigo.

De qualquer modo, peço que citem a fonte e o autor: ”Artigo publicado originalmente no site www.espiritoimortal.com.br de autoria de Morel Felipe Wilkon.” De preferência, mantendo o link.

Os Direitos Autorais no Brasil são regulamentados pela Lei Lei 9.610 . A violação desses direitos está prevista no artigo 184 do Código Penal.

 

 

 

65 Comentários

  1. Simone, o maior entrave para o médium em desenvolvimento é o medo do animismo. Isso acontece sempre. Esse medo não deve ser alimentado.
    São cada vez mais raros os médiuns “inconscientes” – é uma espécie em extinção. A manifestação mediúnica tende a contar com uma maior participação do médium. Costumamos achar que as manifestações mediúnicas devam conter características inequívocas de ser uma manifestação autêntica, mas não é assim. Só com o tempo é que conseguimos distinguir o que é nosso e o que não é. Se estamos bem, se estamos em harmonia, com pensamentos e sentimentos elevados, não há por que se preocupar com o animismo – qualquer mensagem que passar por nós, mesmo que contenha muito de nós mesmos, será boa, será elevada, só fará o bem. Temos que contribuir com a nossa parte, esse é o maior anseio dos nosso guias e mentores. O que eles querem é justamente o NOSSO desenvolvimento, a nossa participação efetiva no trabalho.

    Deixo como sugestão alguns livros utilizados no Curso de Educação Mediúnica de que participo: O Livro dos Médiuns, de Allan Kardec; Mediunidade, de Edgard Armond; Mediunismo, de Ramatis; Estudando a Mediunidade, de Martins Peralva; e Nos Domínios da Mediunidade, de André Luiz.
    Um abraço.

  2. Boa tarde, Morel. Acompanho seu blog a algum tempo e por isso me permito chama-lo de amigo. Como você é um grande conhecedor da doutrina espírita gostaria de pedir sua opinião sobre algo que me incomoda.
    Fiz o ESDE em um centro espirita da minha cidade, Londrina, no Parana. Neste curso temos um ano de desenvolvimento mediúnico, o qual participei e percebi que apesar de ter um pouco de sensibilidade e intuição acentuada, não tenho mediunidade ostensiva. Algumas vezes tive a sensação de intuir sentimentos e imagens que não eram frutos da minha pessoa, mas não passou disso. Sou uma pessoa questionadora e tenho receio de me deixar levar pelo animismo, pois durante as sessões mediúnicas, tanto no curso quanto em um outro grupo do qual fui convidada a participar, algumas comunicações não me pareceram verdadeiras, ainda que não houvesse má fé do médium.
    Ultimamente tenho me sentido muito atribulada, com sentimentos negativos e parecidos com depressão, ainda que não tenha motivos. Esses sentimentos duram alguns dias, as vezes semanas, depois consigo me equilibrar e passam, volto a me sentir bem novamente. Me apego à prece e tento elevar os pensamentos, peço a Deus e os espíritos superiores que me ajudem, me aliviando e também encaminhando qualquer irmão sofredor que possa estar em sintonia comigo.Sinto que assim melhoro.
    Comentei com algumas pessoas do centro espírita e me dizem ser mediunidade não desenvolvida, o que pode estar me atrapalhando.
    Também já li algumas coisas que tratam sobre os sintomas da mediunidade não desenvolvida e algumas coisas realmente condizem com o que sinto. Mas será possível que seja mesmo? Se fosse isso já não teria se manisfestado durante o curso ou as reuniões que participei? Será que o fato de ter medo de que seja imaginação minha, medo de me deixar levar pelo animismo, esteja prejudicando esse possível desenvolvimento?
    São questões que me incomodam, porque não sei se realmente tenho mediunidade. Gostaria de sua opinião sobre o assunto, e me desculpe caso já tenha tratado disso no blog, mas não achei.
    Fico no aguardo, um abraço fraterno.

  3. Fernando, a base de entendimento para essas questões são as obras de Allan Kardec. Por isso a importância do seu estudo.
    Deus age sobre os espíritos através dos espíritos. Deus não é um ser como nós. Em nossa infância aprendemos uma imagem de Deus como se Ele fosse homem – geralmente um velho barbudo meio ranzinza. Mas Deus não é como nós, logo, vai agir em nós através de meios semelhantes a nós. Por isso Jesus foi confundido com Deus, por que Jesus representa tudo o que imaginamos em Deus. No entanto, Jesus é de mesma natureza que nós, tanto que ele disse “Eu sou a luz do mundo” e também disse “vós sois a luz do mundo”.
    Devemos orar sempre a Deus. É de Deus que vê as bênçãos, os espíritos são apenas intermediários. Os espíritos trabalhadores da causa do Cristo atendem em nome de Deus. Não há nada de errado em orar para os espíritos, mas isso pode nos levar ao entendimento errôneo de que somos auto-suficientes, e isso não é verdade. Dependemos de Deus para tudo, pois estamos em Deus e Deus está em nós. Todo o bem que fazemos é Deus agindo através de nós.
    Um abraço; que Deus te abençoe!

  4. Boa tarde Morel !
    Sempre tive muita necessidade em buscar, conhecer mais sobre a espiritualidade, descobri seu canal ao acaso, ou não!
    Gosto muito muito de ouvir e ler suas opiniões e ensinos, confesso que sempre aprendo algo.
    Ultimamente tenho lido muito coisa sobre a doutrina espírita, como cresci dentro da doutrina evangélica, existem coisas que ainda não consigo compreender na doutrina espírita, como por exemplo porque Deus precisa de espíritos para operar transformações na vida da gente, ou como devo e a quem devo pedir auxílio, a Deus ou aos espíritos.
    Tenho frequentado uma casa espírita em minha cidade, porém fico com vergonha de ficar perguntando.
    Gosto do espiritismo, me sinto bem nas reuniões e mais, desde que comecei a frequentar a casa notei em mim uma mudança maravilhosa, moralmente falando, meus conceitos de vida e felicidade mudaram.
    Gostaria que falasse sobre isso, sobre como Deus opera através dos espíritos e como devemos rezar ou orar e para quem devemos pedir!
    Obrigado e que Deus esteja sempre com você!

  5. Boa noite, Morel. Tudo bem?
    Há um tempo atrás fiz um comentário no seu site pedindo uma orientação a respeito de uma questão íntima minha sobre a dúvida de continuar ou não no Espiritismo. Pois bem, venho aqui agradecer-lhe profundamente por sua resposta, muitíssimo obrigado, meu irmão. Sua resposta me ajudou muito e também o seu vídeo sobre decepção com o espiritismo, percebo agora que não importa a postura alheia ou a forma com que as coisas se revestem, devo me concentrar no despertar de meu Cristo interno que você tanto cita em seus vídeos de estudo dos evangelhos e que tanto vejo em outros textos de estudo também, percebo que a Doutrina Espírita deve ser estudada e interiorizada por mim mesmo e não ligar para o que meus irmãos de doutrina fazem e que o importa é que eu mesmo siga a proposta dela de forma correta. Novamente: Muitíssimo obrigado meu irmão!

    Continuo acompanhando seu site e aprendo muito aqui, espero que seu trabalho continue, melhorando cada vez mais, por muito tempo nesta encarnação. Muita luz e paz profunda.

  6. Luciana, clicando sobre o áudio desejado, surge uma tela preta. Nesta tela, basta clicar com o botão direito do mouse e selecionar a opção “salvar como” para baixar no seu computador. Que Deus nos ilumine sempre.

  7. Olá Morel, conforme solicitei sua permissão para estar postando suas mensagens em uma página espírita que administro, desde já deixando claro que estarei postando também os créditos e direitos autorais conforme seu pedido. São muitos os estudos que podemos divulgar através de suas obras, creio e reconheço o valor desses estudos para todos que se interessam em conhecer e estudar o Espiritismo. Aguardo sua permissão, se assim me for concedida, desde já agradeço!!!

  8. Morel, solicito autorização para replicar (copiar e postar) alguns de seus vídeos no acervo do meu trabalho de divulgação da educação espírita através de vídeos postados no YouTube – detalhes no meu subscribe – cuidarei, evidente, de anotar os necessários créditos dos direitos autorais – eu poderia sim apenas “incorporar”, manter e indicar o link original, mas por causa do perfil do meu público-alvo (os leigos e mesmo os “entrantes” ou iniciantes no estudo da Doutrina Espírita), prefiro postar o arquivo em meu próprio canal (para interagir com meu público através de comentários e respostas), e também para evitar a perda da referência caso haja algum problema como o canal ou link onde originalmente o vídeo foi postado, pois já perdi diversas matérias que simplesmente “desapareceram” do YouTube.

    O Projeto Espiritismo no YouTube (3.000 títulos, 11.600 assinantes, 11.5 milhões de acessos) e o Programa Palestra Espirita (210 títulos, 11.600 assinantes, 2.3 milhões de acessos) têm como propósito divulgar a educação e a cultura espírita através de arquivos de vídeos no YouTube. Não há interesse financeiro algum ou vantagem material de qualquer natureza (vaidade menos ainda) nesse trabalho, que é voluntário e abnegado. Espíritas não exploram o Espiritismo como fonte de renda e nem fazem dele um negócio ou meio de vida. Escrevam-me aqueles que desejarem conhecer a Doutrina Espírita (informações, perguntas, esclarecimentos, instruções, etc.) ou receber Atendimento Fraterno em alguma casa espírita.

    agradecimentos,

    Dércio Conceição
    Divulgador da Doutrina Espírita
    Email dercio.conceicao@uol.com.br
    Telefone 19-2121-7890 – 19-9114-9891

    FaceBook: https://www.facebook.com/dercio.conceicao.7
    Acervo no Youtube: http://www.youtube.com/user/DercioC
    Acervo no Youtube: http://www.youtube.com/user/PEspirita

  9. Boa Tarde Sr. Morel. Sei que está em férias mas não posso perder a oportunidade de lhe falar…
    Muito bom seu trabalho de esclarecimento e modernização quanto ao nível da informação. Atualização é a base do desenvolvimento humano – material e espiritual.
    Nossa Associação espírita está colocando, em breve, o site http://www.lardospretos.com.br à disposição das pessoas que querem melhorar de vida pelo seu próprio aprendizado e crescimento.
    Pedimos sua gentil autorização para divulgar seus artigos e pensamentos em nossa página “Artigo” mencionando a fonte para créditos e inserir links para a sua página. Se tiver outra sugestão estamos abertos ao diálogo.
    Aguardo breve retorno.
    Que nossos amigos celestiais te abençoem sempre e obrigado por existir próximo a nós.

    Atenciosamente

    Sergio Carreira
    sergiocarreira2@gmail.com

  10. Gabriel, as melhores traduções são a Bíblia de Jerusalém, a Almeida Revista e Atualizada, e a do Haroldo Dutra Dias, nosso confrade. Mas a única tradução que aproxima mais o Evangelho da Doutrina Espírita é a tradução comentada dos Evangelhos feita por Carlos Torres Pastorino, disponível apenas na internet. É uma obra de fôlego, profunda e corajosa, que extrapola os limites traçados pela Doutrina, o que faz com que seja quase desconhecida entre os espíritas. Meu e-mail é morelfw@yahoo.com.br

  11. Pois é, compartilho de sua opinião. Sobre as profecias já perguntei aos mais experientes do Centro que frequento. Dois dos que mais confio gostam do Ramatís e me disseram que em suas respectivas opiniões, as datas foram mal entendidas pelo pensamento do médium. Pra ser sincero acredito que, infelizmente, existam alguns “dogmáticos” dentro do movimento espírita.

    Mas mudando de assunto, tenho duas coisas a lhe perguntar:

    1 – Você poderia me dizer qual tradução do Novo Testamento você considera mais pura e qual você considera mais consoante com a Doutrina Espírita?

    2 – Eu tenho uma “teoria” a respeito do Cristo Interno que gostaria de expor a você, mas não queria fazer isso aqui nos comentários. Poderia me passar um e-mail para onde eu possa enviar?

    Novamente, muito obrigado.

    Paz e luz!

  12. Gabriel, quem tem missão são os grandes espíritos. Eu tenho apenas uma tarefa, que cumpro deixando muito a desejar.
    Já me perguntaram sobre Ramatis mais de uma vez, aqui mesmo, neste site. Mas seria difícil encontrar a resposta que dei.
    Não conheço Ramatis suficientemente para fazer um juízo mais claro a seu respeito. Li seu livro Mediunismo, que tenho como livro de estudo, e Fisiologia da Alma, ambos psicografados por Hercílio Maes. Este último acho um pouco exagerado, talvez. Não em seus preceitos, todos verdadeiros, mas no modo de expressão. Talvez essa seja uma característica da dupla Ramatis/Hercílio Maes. Como a mediunidade do Hercílio era intuitiva, captando o pensamento de Ramatis por “blocos”, como ele mesmo dizia, o modo de expressão dos livros tem muito do médium.
    Li uma trilogia sobre a Umbanda, mais recente, de Ramatis, psicografada pelo médium Norberto Peixoto, aqui de Porto Alegre. Achei muito boa, muito lúcida. Fora isso, li apenas trechos de livros.
    O que ouço ou leio como crítica em relação a Ramatis é a respeito, principalmente, a supostas profecias que não se concretizaram. Como não li essas tais profecias, não posso opinar a respeito. Mas o que percebo claramente é o preconceito de pessoas apressadas em defenderem o que elas conhecem e já estão acostumadas. Há pessoas que simplesmente não simpatizam com Ramatis ou suas ideias e desfazem da sua obra. Dão a ele a pecha de “pseudo-sábio”, mas nem sabem por quê. Aqui mesmo, no site, um leitor me criticou por indicar o livro Mediunismo, dizendo que Ramatis é um espírito comprovadamente pseudo-sábio. Mas nem sequer conhecia a sua obra…

  13. Boa noite Morel, tudo bem? Gostaria, primeiramente, de te parabenizar pela pureza e linguística e análise objetiva do Novo Testamento, estou acompanhando seus vídeos e gostando muito. Não sei se você veio a terra com alguma missão quanto a isso, mas deve estar cumprindo uma grande missão, não são todos que possuem o seu entendimento, muito obrigado por compartilhar seus pontos de vista e nos ensinar de forma tão clara e prática. Mas não vim aqui falar disso, eu gostaria de saber sua opinião particular a respeito do Espírito Ramatís, se você se sentir a vontade em compartilhar. Dentro do movimento espírita vejo que muitos não há aceitam com inúmeras argumentações, mas tanto Chico quanto Divaldo, quando foram indagados a respeito do dito cujo, disseram que era um Espírito de muita luz que traria grandes lições. O que você acha do Ramatís? Fico no aguardo da resposta. Desde já lhe agradeço novamente e que Deus lhe abençoe.

    Luz e paz!

  14. Gabriel, dois dias atrás um colega de centro espírita pediu minha opinião sobre o assunto. E me falou de uma certa obra, pela qual não me interessei neste momento por não dispôr de tempo, que supostamente teria descoberto o que Jesus fez durante o restante da usa existência física. Embora respeite e goste deste meu colega, não dou a menor credibilidade a essa obra, mesmo sem a conhecer. Há especulações de todo tipo sobre este assunto. Se ficarmos dentro do próprio meio espírita, veremos que o Jesus retratado por Emmanuel é ligeiramente diferente do retratado por Ramatis, ou por Cairbar Schuttel, ou por Humberto de Campos, Roustaing, Pastorino. Se as opiniões divergem em relação ao que conhecemos, que se dirá daquilo sobre o que não temos a menor informação? Os Evangelhos são praticamente desconhecidos em seus ensinamentos mais profundos. Só agora, com a contribuição do Espiritismo, temos condições de compreender mais profundamente o ensino de Jesus, e, mesmo assim, muita coisa nos escapa. Se não somos capazes, ainda, de compreender o Evangelho, por que nos seria facultado saber mais de Jesus? Minha opinião é que nunca saberemos, pois isso não tem importância. O que Jesus tinha para nos passar foi passado. O resto é curiosidade personalística, que nada tem a acrescentar. Essa curiosidade é semelhante à curiosidade que muitas pessoas têm de conhecer o seu passado remoto, saber o que fizeram em outras existências. Ora, nós temos gravado em nós tudo o que fizemos em outras existências. Temos situações a resolver e coisas a acrescentar a nós mesmos e aos outros. Já não é suficiente? Se fosse vantajoso para nós que lembrássemos, em nosso atual estágio evolutivo, das nossas existências passadas, a Natureza, que é sábia, certamente encontraria meios para que mantivéssemos a memória. O mesmo no que concerne a Jesus. Recentemente, em meados do século passado foram descoberta a chamada biblioteca de Nag Hmmadi, que contém escritos predominantemente gnósticos com uma visão diferente sobre Jesus. Para quem gosta do assunto, pode ser um bom material de pesquisa.
    Um abraço.

  15. Boa noite Morel, tudo bem com você? Descobri no ano passado este blog, mas apenas recentemente comecei a acompanhar suas matérias, interpretações e opiniões. Eu possuo uma dúvida que me intriga muito e até o momento (sou bem novo no movimento espírita) não vi nenhum autor espírita de peso se posicionar a respeito. Gostaria de saber sua opinião a respeito do tempo em que Jesus ficou desaparecido. Já li livros (não espíritas) dizendo que ele viajou pelo mundo inteiro, outros que ele ficou pelo Egito, outros pela Índia, Tibet e Himalaia… Você poderia, por favor, me dizer o que pensa sobre isso?

    Desde já muito obrigado pela atenção. Sei que não tem a ver com o assunto tratado nesta página, postei aqui pois não consegui encontrar um e-mail específico para ser enviado diretamente a ti.

    Luz e paz meu irmão.

  16. Fernando, não há dúvida sobre a grandeza de espíritos como Buda, Krishna e Jesus. Gandhi também é um grande espírito. Em relação a Buda há muita divergência sobre sua vida e obra. Há vários textos de origens diferentes que tratam dele, assim como há os Evangelhos apócrifos que retratam Jesus de forma ligeiramente diferente. Considero Jesus como o responsável maior pela Terra.
    Um abraço.

  17. Morel, muito bom dia.

    Meu nome é Fernando. Sou budista, entretanto tenho me aprofundado muito nos estudos dos Evangelhos em seus videos e em leituras espíritas. Percebo que Jesus é realmente um dos maiores espíritos que já passaram pela Terra, mas ao relembrar de Buda também penso que o é. Gostaria de saber sua opinião em relação a Buda como entidade de espírito, pois em minha visão Buda foi um espírito extremamente evoluído não querendo compará-lo a Jesus mas percebo semelhanças incríveis entre feitos e discursos de Buda e de Jesus, além das semelhanças diante de suas interpretações sobre o que é ser um espírito santo. Sinto que Buda foi juntamente com Jesus e talvez até Gandhi um dos maiores espíritos que já habitaram a Terra. Aguardo resposta Morel, Forte abraço e como você costuma dizer, muita força e paz para você!

  18. Morel, ouvi por acaso seus vídeos no Youtube, fique profundamente impressionado com a sua abordagem da bíblia, que me elucidaram muito para continuar meus estudos. Pena que moro em Sampa e não tenho acesso ao seu curso.

  19. Morel
    Bom dia. Descobri recentemente seu site e venho assistindo seus vídeos e lido suas mensagens. Já há muitos anos reflito sobre a doutrina espírita e seus ensinamentos. Quanto mais leio, quanto mais palestras assisto, quanto mais estudo e conheço sobre o assunto, mais pressinto que me aproximo da verdade. Suas palestras têm me ajudado a chegar próximo da verdade que busco desde minha adolescência.
    Deus te abençoe e te ilumine.

  20. Fantástico este site Espírito Imortal; que Jesus te dê muita sabedoria, paciência, compreensão para que possa continuar passando seus conhecimentos. Estou aprendendo muito com suas palestras, ouço todos os dias, o tema que mais me interessa é obsessão. Leio e anoto seus artigos em meu caderno de estudo, pois estou em constante aprendizado. Descobri minha mediunidade consciente aos 11 anos, hoje com 47 anos vejo que já adquiri parte dos conhecimentos necessários para se obter certo equilíbrio; afinal de contas hoje sei que na verdade somos nós os obsessores e muitas vezes de nós mesmos.

  21. Boa tarde Morel!

    Li e gostei muito do seu artigo “O sexo casual na visão espírita”. Emito boletins espíritas periódicos, aqui em Cravinhos! Peço-lhe permissão para republicar este artigo (em boletim). Prometo-lhe citar a fonte conforme você indica!

    Jarbas Carvalho
    ALVORADA NOVA DIVULGAÇÃO ESPÍRITA
    Núcleo Espírita Allan Kardec – Casa dos Espíritas
    Cravinhos/SP

  22. Morel, muito enriquecedor seu site. Que Deus ilumine seus caminhos e continue lhe dando coragem, paciência e disciplina para que sua missão continue tendo o êxito de então.
    Abraço fraterno.

  23. Bom dia Morel,
    Em primeiro lugar quero parabenizá-lo pelos artigos esclarecedores e abençoados! E em segundo me desculpar por ter usado os mesmos em meu blog sem antes ter-lhe pedido permissão, foi um lapso de minha parte e espero sinceramente que compreenda, e se me permitir irei continuar a compartilhar o seu trabalho, pois acredito que tudo o que é para melhorar e ajudar nossos irmãos deve ser divulgado…

    Que os bons Espíritos estejam sempre iluminando a tua estrada!

  24. Obrigado, Gill. A proposta é essa. Não impor verdades prontas, mas proporcionar a busca individual pela Verdade através da reflexão.

  25. Morel, venho assistindo seus vídeos e nesse tempo tive iluminação, esclarecimento e começo a enxergar uma verdade sem medo. Sua exatidão com as palavras, o seu jeito não prepotente de explicar as escrituras nos cativa e nos dá querer ver mais e mais. Hoje prefiro ver o seu canal do que ver novelas (risos). Obrigado por dedicar seu tempo e esclarecer de uma forma tão linda a verdade, tenho certeza que muitas mentes começaram a pensar, até mesmo a minha, porque antes preferia crer do que pensar e isso não é bom! Um forte abraço. Paz e luz!

  26. Robson, embora a epilepsia seja doença neurológica e deva ser tratada como tal, não podemos ignorar que a causa da doença é o espírito. A doença está em nós, foi provocada por nós, por nossos próprios desajustes em nossa caminhada evolutiva. Particularmente, acredito que haja influência espiritual em casos assim. No capítulo 9 do Livro Nos Domínios da Mediunidade: http://www.espiritoimortal.com.br/espirito_imortal/nos-dominios-da-mediunidade.pdf há um exemplo de convulsão generalizada provocada por um obsessor.
    A dor é mecanismo de reajuste. Através da dor percebemos claramente que algo está errado, e nos esforçamos (se não formos muito teimosos) em corrigir o rumo. Um caso como o seu pede o autoconhecimento, a análise contínua dos seus próprios pensamentos, palavras e ações, o esforço permanente de se tornar um ser melhor.
    Estudo: este é o começo da libertação. Lembremos que os espíritos a quem chamamos de obsessores muitas veze foram mais prejudicados por nós do que nós por eles. É comum que o perseguidor tenha sido a verdadeira vítima, alguém a quem destruímos no passado e que não conseguiu reerguer-se. É nosso dever esclarecer não só a nós mesmos mas também a eles. Perdoar e pedir perdão.
    Sua caminhada é longa. Mas vale a pena.
    Fique com Deus.

  27. Gostei e gosto muito de ler tudo isso…
    Mas tenho uma pergunta para te fazer Morel, tenho um problema de saúde que carrego comigo há mais de 10 anos, (epilepsia ou convulsão) já sofri muito com isso e gotaria, se possível, de saber se isso pode ser espíritos (maus) desencarnados que estão me perseguindo? Sei que posso e vou me curar porque tenho fé e também comecei a frequentar Centro Espírita, mas como leio seu Site já vi que você tem algumas repostas, te peço um apoio para ficar tudo mais claro para mim…
    muito obrigado!
    Robson

  28. Morel Felipe, Luz e Paz!

    Ah, acabei esquecendo de dizer que o uso não tem o caráter de divulgação, é mais para consumo interno, visto que não tenho esse maravilhoso dom, como você e muitos de seus admiradores, de escrever em blog e site. Eventualmente indico o site a amigos quando percebo que eles necessitam tanto quanto eu.

    Abraço,
    Antonio Neto

  29. Morel Felipe, Luz e Paz!

    Sou um fã. Adoro seu ponto de vista, esclarecimentos, tanto nos textos como, agora, em vídeos. Tanto que faço cópia dos materiais para ficarem à minha disposição, seja como complemento de estudo ou alento ao meu coração às vezes desanimado pelas fatos diários.

    Faço isso por nem sempre ter internet à minha disposição diariamente. Por isso quando necessito de auxílio abro mensagem, texto, vídeo no celular para amainarem um pouco minha ansiedade e depressão.

    Por isso, e em respeito à lei, e por óbvio, sua inspiração intelectual que gera demanda em horas de estudos, peço a gentileza autorização para que possa continuar usufruindo dessas dádivas encantadoras que seus conselhos, visão e lucidez sobre temas áridos.

    Que Deus ilumine seu trabalho hoje e sempre!

    Um abraço de quem lhe acompanha diariamente,

    Antonio Neto, São Luís-MA.

  30. Caro Morel,
    Parabéns pelo excelente trabalho!
    Gostei da forma como aborda questões delicadas que mesmo nós, espiritas, fugimos.
    Colocarei alguns arquivos de áudio no meu blog, com os devidos créditos em teu nome!
    Forte abraço!

  31. Gostaria de utilizar os seus comentários sobre doenças, que irei fazer uma palestra espírita em V. Redonda.
    Obrigado pelas suas colocações.

  32. Bom dia Morel, não tinha visto esta parte do Blog, peço permissão para poder publicar seus artigos na Vida Espiritual do Facebook, eu te escrevi no face, mas gostaria de reforçar o pedido.

    Gosto muito do que escreve e penso que é muito proveitoso para as 5000 pessoas que tenho no face, elas vão aprender bastante na divulgação feita por você da Doutrina.

    Me desculpe se já postei alguns artigos seus, fico no aguardo.

    Patricia

  33. Obrigado, Fabiana. Nossa verdades são relativas e, muitas delas, provisórias. Devemos defendê-las, mas sempre tendo em mente que a verdade não é única, que pode ser observada por vários ângulos, e que pode ser substituída por outra melhor e mais avançada a qualquer momento.

  34. Eu li várias postagens suas, e admiro a sua fineza em responder às pessoas, com o seu ponto de vista, e deixando claro isso, é o seu ponto de vista. Várias postagens suas serviram pra que eu abrisse a mente sobre os diferentes pontos de vista de uma mesma situação. Um exemplo disso é o sacrifício de animais e o consumo de carne, não posso me considerar melhor do que alguém que maltrata um animal, se na minha mesa todos os dias consumo carne. Esse é meu ponto de vista, o que não me faz dona da razão. Um abraço, que você continue essa pessoa que ilumina com as palavras!

  35. Darlene, obrigado pelas considerações. Evito falar sobre assuntos que não conheço bem, e o que se relaciona a animais e espiritualidade é um destes temas.
    Os animais domésticos evoluem pelo seu contato com os humanos. E muitos humanos têm nesses animais os primeiros rudimentos de sentimentos mais nobres. É comum vermos pessoas duras que são amorosas com seus animais de estimação. Nós lapidamos nossos sentimentos em contato com eles. Aprendemos sobre nossa intimidade, nossas fraquezas.
    Nunca li nada satisfatório sobre os animais na literatura espírita. Quando li o Livro dos Espíritos pela primeira vez, a única questão que eu não compreendi direito foi exatamente em relação aos animais.
    Sei de dois livros muito conceituados sobre o assunto. Confesso que não os li, mas as recomendações são boas. São eles:
    Animais Nossos Irmãos, de Eurípedes Kühl; e
    Questão Espiritual dos Animais, de Irvênia Prada.
    Fique com Deus.

  36. Boa tarde, já sou sua seguidora no Twitter e descobri seu blog faz 2 dias e estou deslumbrada com o material que tem neste blog… Parabéns ao seu trabalho. Gostaria ainda de sugestionar material sobre os animais e o desencarne destes, pois para minha pessoa é tão triste perder um animal como um ente querido da família e gostaria de saber um pouco mais como funciona a vida deles depois do desencarne assim como a nossa… grande abraço e muita luz para você e sua família.

  37. Olá Morel Felipe,
    Não tenho palavras suficientes para agradecer as palavras de apoio e ensinamentos que você repassa a nós, filhos de Deus.
    Continue com o trabalho, que você estará fazendo muita gente entender o caminho de cada um.
    Obrigado

  38. Que legal!!!! Sou boa de memória… rsrsrs
    Amei o site, PARABÉNS!!!!
    Concordo com muitas coisas, aos poucos vou lendo, percebi hoje o site, mas já amei de cara alguns artigos, por exemplo o que fala do Raul Seixas… eu comecei a me ligar nas letras das músicas quando fiz Terapia de Bioenergética no ano passado, fui fazer a maratona de autoconhecimento, que foi muito legal e bom pra mim e lá tocaram várias músicas de vários cantores. O artigo sobre vampirização eu já havia lido algo, espiritismo e adultério também é ótimo… enfim, sem palavras, muito bom!
    Eu sou batizada católica mas não sou praticante, busco autoconhecimento e adoro hinduísmo, mantras, esoterismo… é sempre muito bom encontrar e ter contato com pessoas que gostam, falam, sentem, discutem e compartilham os mesmos assuntos que a gente…
    Um excelente final de semana pra você e sua família.
    Abraço.
    Iara

  39. Olá Morel Felipe!
    O twitter de Espírito Imortal me add e então comecei a receber twits e vi um seu RT. Me chamou a atenção sua foto, me pareceu alguém que cruza meu caminho na hora de eu ir embora do trabalho, inclusive há um tempo não ocorre, mas antes eu via alguém muito parecido com você na Av. Bento Martins com uma criança, senão me engano uma menina. Seria você?
    Abraço, muita luz. 😀

  40. Nossa muito bom este site do Morel, pleno de informações, estava pesquisando sobre pensamentos e me deparei com o Espírito Imortal.
    Parabéns pela sua dedicação,estou atento agora as suas informações!
    abraços
    gilberto

  41. Eu descobri há poucos dias esse blog. Estou curtindo e aprendendo muito. Parabéns!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.