Minha proposta é oferecer a você cinco minutos de espiritismo. Cinco minutos por dia, de segunda a sexta-feira, exceto feriados nacionais. Se além desses cinco minutos você dispuser de mais alguns minutos para refletir sobre o artigo do dia, melhor ainda.

Não ofereço verdades prontas, não tenho respostas definitivas, não pretendo solucionar problemas alheios. Para oferecer verdades, para ter respostas e para resolver problemas particulares é preciso mais do que boa vontade. E, por enquanto, é só boa vontade o que tenho.

Mas posso ajudá-lo a encontrar um novo ânimo, posso auxiliar você na sua busca, posso lhe mostrar um ponto de vista diferente, uma nova maneira de perceber a Vida, de olhar o mundo, de sentir as pessoas.

A verdade está em você, as respostas e as soluções também. Tudo o que você procura está dentro de você. Não há um Deus exterior, não existe Deus como um ser à parte da Criação. Quer encontrar Deus? Procure-o dentro de você. Essa busca é longa, eu sei. Por isso me disponho a acompanhá-lo, a analisar o caminho e estudar possibilidades.

Quero que você me acompanhe. A decisão é sua.  Talvez você saiba muito mais do que eu; nesse caso, talvez seja melhor ocupar seu precioso tempo com coisas mais produtivas. Talvez você pense muito diferente de mim, talvez veja o espiritismo com um olhar muito diferente do meu. Opiniões são bem vindas. Sempre. Sua possível divergência será sempre respeitada. Divergência, não oposição. Se você realmente não gosta do meu pensamento ou da maneira como o exponho, este não é o seu lugar. Pra quê desperdiçar tempo e energia? Há espaço para todos, basta cada um buscar o seu.  

Mas se você, assim como eu, se dispõe a ouvir, a analisar, a refletir, a pensar com a sua própria cabeça, então você só tem a ganhar me acompanhando. Poderá aprender e ensinar uma ou duas ideias novas de vez em quando, e é justamente a soma de pequenos aprendizados que formam nossos conhecimentos e experiências. Que Deus nos ilumine sempre!

13 Comentários

  1. Olá, Nilza Pacheco, tive notícia em reunião mediúnica através de psicografia,reportava-se em forma de poesia dirigida a mim mesmo, lembrado momentos felizes em uma colônia espiritual chamada “Campos Felizes”, localizada possivelmente (90% de probabilidade) no Astral Português. Faça um pesquisa em cima disso e quem sabe encontre as evidencias.
    Muita Paz.

  2. Gostei muitíssimo do site. Excelente. Voltarei com mais tempo para mais leituras. Um grande abraço e parabéns Morel. Convido-o para conhecer nossa Casa Espírita. wwwlardacaridade.com.br: Muita paz.

  3. Olá, Polyana. ”Como Deus é justo, não seria discriminação ter no Brasil e não ter em outros lugares?” Sim, seria discriminação. E, sim, por isso existe em todas as regiões do globo, segundo sei. Mas você pode pesquisar a respeito para ter total certeza. Abraço!

  4. Olá, gostaria de participar desse debate.
    Como Deus é justo, não seria discriminação ter no Brasil e não ter em outros lugares? Sabemos que as colônias espirituais ficam acima da crosta terrestre, normalmente acima das regiões mais próximas de onde residiam os espíritos quando encarnados, seguindo essa lógica em todos os lugares devem existem colônias, até para acolher todos os espíritos ao desencarnar.

  5. Eu penso que existe em todos países, assim como em Portugal existe a Cidade de Liz que se situa entre a zona de Ferreira do Zezere e Fatima.
    Penso que não tem a ver com Fatima nem com o sítio do lago de dornes que muitos espiritualizados propagandam.
    Apenas ouvi falar que era ali, mas não tenho conhecimento suficiente para falar do assunto.

  6. Boa Tarde!
    No livro Memórias de um suicida, psicografado por Yvonne Pereira, pelo espírito Camilo Castelo Branco, há relatos de colônias espirituais em Portugal, já que Camilo foi um escritor português.
    Uma bela obra da biblioteca espírita.
    Votos de paz.
    Lorete

  7. Bom dia à Nilza e a você Morel:

    No momento, não me recordo em qual das obras de Ramatis, li algo à respeito de sua dúvida, Nilza, mas vamos lá.
    Sobre o perímetro físico de cada Nação, ou região planetária, há colônias que são responsáveis pelo acolhimento dos desencarnados que estão sob esta “jurisdição”, até para que não haja um confronto muito acentuado nos costumes e idiossincrasias concernentes a cada povo.
    Explico melhor: Um espírito, que tenha tido varias reencarnações no Oriente, portanto adquirido as idiossincrasias que são peculiares àquele povo, se tivesse que reencarnar ,de chofre, num País , digamos, latino-americano, com suas particularidades, no que tange a costumes, maneira de ser, enfim, este espírito teria grande dificuldade em assimilar o modus vivendis deste povo, nesta latitude geográfica, o que é perfeitamente compreensível. Basta lembrarmo-nos, por exemplo, um brasileiro que ao dormir no Brasil, ao acordar estivesse em uma aldeia no interior da China. O exemplo é pálido, mas é só para que tenhamos um parâmetro. Por isso, mesmo no Astral, somos atraídos vibratoriamente para àqueles que nos são familiares, ou seja, agrupamentos com os mesmos conjuntos de pensamentos.
    Não que não haja intercâmbio espiritual entre os Países ou regiões, claro que não! Neste caso, não teríamos experiências que nos ensejassem um conhecimento universalista. Pelo que entendi, quando este fato se dá, temos de ter uma “preparação” psicológica, para que possamos adquirir o mínimo indispensável de conhecimento, para que tenhamos o proveito que almejamos ao reencarnar. Isto posto, creio que não só Portugal, mas todos os Países do planeta, têm, sim, colônias a eles ligadas.
    Espero que com este comentário a tenha ajudado.
    Um abraço, e muita paz.

  8. Nilza, eu nunca li ou ouvi nada a respeito. Sinto muito por não poder contribuir com sua pesquisa. Muita paz pra você também.

    • Faço muitas pesquisas sobre a doutrina espírita, tenho curiosidade em saber se há colónias em Portugal; pois só encontro dados sobre colónias espirituais no Brasil e África.
      Mtª paz

      Nilza Pacheco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.