Matérias copiadas

Divaldo franco fala sobre os protestos pelo país

Divaldo Franco fala sobre as manifestações pelo Brasil
Divaldo Franco fala sobre as manifestações pelo Brasil

Clamor social: O clímax e a indiferença dos governantes

Quando as injustiças sociais atingem o clímax e a indiferença dos governantes pelo povo que estorcega nas amarras das necessidades diárias, sob o açodar dos conflitos íntimos e do sofrimento que se generaliza, nas culturas democráticas, as massas correm às ruas e às praças das cidades para apresentar o seu clamor, para exigir respeito, para que sejam cumpridas as promessas eleitoreiras que lhe foram feitas…

Já não é mais possível amordaçar as pessoas, oprimindo-as e ameaçando-as com os instrumentos da agressividade policial e da indiferença pelas suas dores.

O ser humano da atualidade encontra-se inquieto em toda parte, recorrendo ao direito de ser respeitado e de ter ensejo de viver com o mínimo de dignidade.

Não há mais lugar na cultura moderna, para o absurdo de governos arbitrários, nem da aplicação dos recursos que são arrancados do povo para extravagâncias disfarçadas de necessárias, enquanto a educação, a saúde, o trabalho são escassos ou colocados em plano inferior.

A utilização de estatísticas falsas, adaptadas aos interesses dos administradores, não consegue aplacar a fome, iluminar a ignorância, auxiliar na libertação das doenças, ampliar o leque de trabalho digno em vez do assistencialismo que mascara os sofrimentos e abre espaço para o clamor que hoje explode no País e em diversas cidades do mundo.

É lamentável, porém, que pessoas inescrupulosas, arruaceiras, que vivem a soldo da anarquia e do desrespeito, aproveitem-se desses nobres movimentos e os transformem em festival de destruição.

Que, para esses inconsequentes, sejam aplicadas as corrigendas previstas pelas leis, mas que se preservem os direitos do cidadão para reclamar justiça e apoio nas suas reivindicações.

O povo, quando clama em sofrimento, não silencia sua voz, senão quando atendidas as suas justas reivindicações. Nesse sentido, cabe aos jovens, os cidadãos do futuro, a iniciativa de invectivar contra as infames condutas… porém, em ordem e em paz.

Artigo publicado originalmente no Jornal A Tarde de 20 de Junho de 2013

Conheça meu canal no Youtube!

Artigo AnteriorPróximo Artigo

25 Comentários

  1. Clovis, na adolescência tive uma orientação de esquerda, e, se tivesse me deparado com essa declaração de Emmanuel (o mentor de Chico Xavier) naquele tempo, a desaprovaria. Hoje está claro, para mim, que o regime, na época dessa entrevista (1971, se não me engano), era, sem dúvida alguma, a melhor alternativa para o país.

  2. Senhores. Frequento o espiritismo há pouco tempo. De repente vi uma entrevista de Chico Xavier enaltecendo o golpe de 64, aquele que os ditadores torturavam as pessoas. Ele disse que sua manifestação retratava orientação de espíritos superiores. Como vocês veem isso?

  3. A opinião é livre e a responsabilidade em se expressar publicamente sempre acarreta na influenciação de pessoas conforme a matiz do pensamento expresso. Um gesto, uma palavra, sempre originam revoluções, guerras, nem que seja no universo restrito a uma mente humana. Quem se expressa deve estar consciente que tudo o que diz será usado contra ou a favor das ideias predominantes. Quem se expressa sabe, ou precisa saber, que toda ação é carma e que daqui ninguém sairá, até que pague o último centavo da sua dívida para com o progresso da humanidade. Antes de ser assassinado pelos hordas sanguinárias do seu tempo, o Crucificado respondendo ao inquisitor se era o rei daquele povo, disse: Tu o dizes!!!!! E disse tudo…

  4. Protestar contra o governo faz parte do exercício da cidadania. O espirita é também cidadão, ainda não mora em Nosso Lar.

  5. Luiz Mateus, eu também sou espírita, mas considerando que quem não é ateu tem uma religião, nós devemos sim ter a nossa opinião e criticar, porque estamos em marcha e viemos para este mundo aprender e ensinar. Quem tem uma missão, uma inteligência e quem defende o mais fraco, precisa se pronunciar e nunca ser omisso. DIVALDO tem todo direito; nem ele, nem nós somos santos, a indignação pelas coisas erradas até JESUS praticou. E olha que eu moro no interior, do sertão de Pernambuco e sei que o programa bolsa família é necessário, mas, também vejo que as famílias não deveriam ser sustentadas por toda vida e sim até se organizar. O que ocorre é que se viciaram, não se esforçam para aprender nada só querem ganhar mastigado. Então os políticos os sustentam com migalha para garantir as eleições.
    Mas essa prática é antiga. Em 1950, o poeta e médico pernambucano, Dr. Zé Dantas, já dizia na música Vozes da Seca (que na realidade, era uma carta ao então presidente Getúlio Vargas) “… mas doutor uma esmola a um homem que é são, ou lhe mata de vergonha ou vicia o cidadão”. E é o que vem ocorrendo desde então…

  6. Eduardo, muito lúcido o seu comentário. Nem todos compreendem que o Divaldo ou qualquer outro médium de renome sejam pessoas como nós, com opiniões próprias, com posicionamentos falíveis como quaisquer outras pessoas.

  7. Acho que o Divaldo precisa é de amigos sinceros, não de seguidores. Ninguém está acima de ninguém. Todos somos iguais perante Deus. O que Divaldo diz nesse artigo, como todo o respeito, não traz nenhuma mensagem superior ou inferior. É apenas uma manifestação humana. O sinal mais claro do prejuízo à reflexão individual e ao progresso do uso do livre arbítrio é o não reconhecimento do primeiro governo que realmente colocou nossos irmãos que escolheram a provação da miséria e da fome como prioridade governamental. Aí vem um seguidor de palestrantes espíritas e faz ressalvas dizendo que o programa de inclusão social mais respeitado do mundo é para se manter no poder. Pergunto, como pode alguém ser espírita e chegar a essa conclusão? Não sou eu quem vai julgar as omissões de Divaldo Franco, é sua própria consciência. Especialmente quando ele usa o prestígio conquistado pela mediunidade para generalizar a política, deliberadamente esquecendo que há três poderes na nossa República e três esferas de governo. Que o governo federal arrecada os impostos e repassa aos estados e municípios suas parcelas. São os governos estaduais os responsáveis pela segurança pública e os municipais são o braço do estado na saúde pública. Generalizar é desinformar. Lembro aos irmãos espíritas o desespero de Leon Tolstoi ao retornar à espiritualidade e perceber que havia induzido pessoas ao suicídio ao retratar com arte e engenho o suicídio de uma personagem sua. Lembro isso para dizer que ninguém está acima de erros e de críticas construtivas. Nem mesmo Divaldo Franco.

  8. “SANDRA RITA DE JESUS FERREIRA”
    Você é de Salvador?
    Estudou na Unijorge?
    Tem uma amiga sua sem contato seu à sua procura.

  9. A felicidade, alegria e o amor tomaram conta do SER, quando muitos buscaram nas ruas ser e ter seus valores e direitos respeitados.
    NAS MINHAS ORAÇÕES INVOCO A CHAMA VIOLETA E A CHAMA TRINA PARA TODOS NÓS.
    O AMOR VENCE TUDO EMANO NA LUZ COR DE ROSA PAZ.
    EU AMO NOSSO PAÍS.

  10. Divaldo, simplesmente, disse tudo em poucas palavras. Aqui no nordeste, infelizmente, muita gente depende de AJUDA DO GOVERNO.
    Quanto ao programa BOLSA FAMÍLIA, sabe-se que exige a frequência escolar, vacina em dia, mas:
    1- deveria também PROFISSIONALIZAR pais e mães beneficiários do programa;
    2- aproveitar os mesmos como mão-de-obra qualificada, PARA QUE DEIXEM DE DEPENDER DO GOVERNO, que se aproveita dessa condição para amarrar seus votos.

  11. Também acho que o bolsa família e outras formas de distribuição de renda melhoraram substancialmente a vida de muita gente, o que é uma atitude muito nobre. O triste é ver que o governo usa isso como artifício pra se manter no poder, já que a grande maioria da população é ignorante na hora do voto! Mas é tanta coisa errada, na educação, na segurança, na infraestrutura das cidades, nas necessidades das zonas rurais… Os políticos são tão vaidosos, só pensam no poder, no dinheiro…

  12. Parabéns pelo comentário Luis Matthes. Concordo plenamente contigo.
    Com certeza o povo tem que, de alguma forma, protestar contra o que está errado. Tem muito político neste Congresso, Câmaras, prefeituras, etc., desviando recursos públicos que nós nem conseguimos imaginar sua magnitude. Por outro lado, tem muita gente envolvida nestes manifestos que no seu dia-a-dia são iguaizinhos aos políticos corruptos, ladrões, desonestos. Se alguém tem alguma culpa por alguma atitude errônea, que se puna o culpado. E só o culpado (ou os culpados).
    De qualquer forma, nem tudo está totalmente errado. O brasileiro, de um modo geral, melhorou seu padrão de vida nos últimos anos. Diminuíram-se consideravelmente as diferenças sociais e, como você citou Luis, a mortalidade infantil também diminuiu (isto não é bom?). Aumentaram-se o número de escolas públicas e o número de vagas em universidades, entre outros empreendimentos que, diga-se de passagem, quem fez, não fez mais que a obrigação de se fazer, mas enfim, tomou a iniciativa e fez. Sendo assim, louros a quem utilizou de forma coerente seu cargo público. Muita paz.

  13. JAMAIS COMEMOS PÃO DE GRAÇA. JAMAIS SE ENGANARÁ TODO O POVO. JOGUETE DAS CIRCUNSTÂNCIAS, JUIZ MAIS JUSTO e MAIS SEVERO… SOMOS NÓS O POVO MOSTRANDO QUE NÃO ESTAMOS GRITANDO SEM UMA CAUSA… POIS ESTAMOS FRACOS DE TANTO OUVIR MENTIRAS DE POLÍTICOS QUE ACHAM QUE O POVO DORME COM SUAS ROUBALHEIRAS DE TANTO DINHEIRO QUE NÃO CABE NO BOLSO. COMO DIZ O NOSSO ORADOR DIVALDO PEREIRA FRANCO DOS CONFLITOS ÍNTIMOS E DO SOFRIMENTO QUE SE GENERALIZA NAS CULTURAS DEMOCRÁTICAS AS MASSAS CORREM ÀS RUAS E ÀS PRAÇAS DA CIDADE.

  14. Mestre Divaldo, somente acrescento que os policiais também sofrem toda essa violência, e além disso, ficam obrigados a cumprir a lei e as ordens do governo, muitas vezes tendo que usar de força. Abraços fraternos.

  15. Há muitos anos os políticos do Brasil vem brincando com o povo, nunca esperavam uma reação em massa como está acontecendo, resolvem tudo por conta própria, aumentam seus salários de deputados e senadores como se fossem os maiorais. E agora, nos parece que vai virar baderna generalizada, pois o povo não irá parar com as manifestações, e agora políticos, não conhecem a lei do retorno, lei de ação e reação, será que vocês políticos ficarão imunes? Não sei não…

  16. SÁBIAS PALAVRAS, DIVALDO. E QUE JESUS CUBRA COM SEU MANTO TODOS OS NOSSOS GOVERNANTES TOCANDO EM SEUS CORAÇÕES, QUEBRANDO O FORTE ORGULHO, A AMBIÇÃO, O INSTINTO DESONESTO, PARA QUE RAPIDAMENTE POSSAM SE REPORTAR PARA TODOS COM UM ATO DE DIGNIDADE SE CURVANDO AO POVO QUE OS ELEGERAM E ASSIM REINE A PAZ EM TODOS QUE CLAMAM JUSTIÇA… E QUE DEUS CONTINUE NO COMANDO COMO SEMPRE ESTÁ.

  17. Sou espírita, e no momento em que um representante espírita de tal envergadura, em termos de ser ouvido sem ser criticado, ao menos abertamente, tem um posicionamento político tão claro me vem à mente: é uma postura dele, bem delicada… chamar o governo de assistencialista em um momento que há forte campanha contra o bolsa família, maior programa de transferência de renda do mundo, que dá dignidade às mulheres, que são as chefes de família em sua maioria pobres e que baixou a mortalidade infantil no nordeste em 18 % nos últimos 9 anos, quando se fala em transferência de renda a burguesia se ouriça, lembra do: Fazer o bem sem olhar a quem… devido à sua forte influência sobre um enorme número de pessoas com formação espiritual, mas não político-social, perdoe-me mas eu acho uma irresponsabilidade… Por que se o assunto é posto em pauta, tem então de vir à discussão, e posicionamento aberto dentro do movimento espírita… O que levaria o Espiritismo a um posicionamento político… Política não é para religiosos, pessoas espiritualizadas serão sim, melhores cidadãos e políticos menos corruptos… Há uma inversão de função que leva a mais alienação do que a esclarecimento, podem ainda auxiliar a quem se quer combater, ninguém neste planeta está livre das sombras…

  18. Falando em termos de brasil. Algum tempo força nefasta e sombria ronda e acampa. Aqui são mentes de encarnados, enraizado no mal. No materialismo, na prepotência, na mentira e no desamor. Essa guerra se faz necessária… Nós espíritas temos que conservar a mente firme num propósito verdadeiro. Onde deverá emanar LUZ da verdade e pedir a orientação sabedoria a ESFERA MAIOR. Para que lutemos com a verdade e amor. Sem sair do propósito maior leveza calma, levando em nossos corações JESUS. E os soldados designados pela ESPIRITUALIDADE SUPREMA!!! Avante roga ao alto o socorro!!!!!

  19. O COMENTÁRIO DE DIVALDO ME EMOCIONOU. QUE SUAS PALAVRAS CAIAM COMO FONTE DE LUZ SOBRE TODOS BRASILEIROS.

  20. Como sempre, Divaldo nos fala amparado pela Espiritualidade de Luz mostrado que estamos no caminho certo, lutando pacificamente pelos direitos e deveres de todos.
    Obrigada amigo pelas palavras de apoio à nossa causa de paz e igualdade.

  21. Concordo plenamente. União gera força e quando gerada com paz ela fica mais forte ainda. E violência gera violência. Jesus deixou ensinamentos de amor para a humanidade, mas infelizmente o orgulho e o materialismo ainda são o grande obstáculo do nosso progresso moral e espiritual. Muita paz para todos nós.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.