Pensamento e disciplina

Resoluções de ano-novo

Resoluções de ano-novo
Resoluções de ano-novo

Ouça este artigo na voz do autor

Estou voltando de férias agora, por isso não lhe perguntei antes: Você fez suas resoluções de ano-novo? Aquelas promessas que costumamos fazer pra nós mesmos, a cada troca de calendário. Não importa se você costuma fazer planos para o ano-novo e não os cumpre. Por que você não poderia cumpri-los desta vez?

Está certo que o ano que começou há pouco é só mais um ano como os outros, cheio de dias como os outros anos. O dias podem ser iguais, mas você pode mudar.  

Desde a Antiguidade que nós precisamos de datas ou acontecimentos marcantes para começar coisas novas. Os povos antigos tinham rituais pra tudo, pra entrada dos jovens na puberdade, pras colheitas, pra fertilidade, pra tudo. É uma maneira de condicionar a mente.

Acredito que você consiga colocar em prática aquilo que você se propuser a fazer nesse novo ano de 2013. Sem exageros, é claro! Não dá pra querer recuperar o tempo perdido em apenas um ano. Uma reencarnação é muito pouco pra fazermos tudo o que gostaríamos e deveríamos. Um ano passa voando. Pra você realizar o que tem vontade, é preciso ter planejamento e disciplina. Aliás, disciplina é um dos principais motivos de reencarnarmos. Precisamos da experiência na matéria pra desenvolvermos a disciplina. Daí a importância do trabalho, dos deveres… o cumprimento do dever fortalece nosso pensamento e nossa vontade.

Você sabe, mas nunca é demais lembrar, que pra cada hábito que quisermos abandonar, teremos que adotar outro pra ocupar o seu lugar. Na verdade, não abandonamos nossos hábitos, apenas os substituímos por outros melhores. É assim com tudo na vida. Na natureza, nada se perde, tudo se transforma. Até nossos defeitos, nossas falhas de caráter, nós transformamos em qualidades mais aprimoradas, com traços mais condizentes com os valores que vamos adquirindo.

Nesses dias que passaram, primeiros dias do ano, é comum dizerem coisas como “o importante é ser feliz”, “você tem que aproveitar a vida”, e aí vem aqueles poeminhas baratos do tipo “se eu pudesse recomeçar, comeria mais sorvete e menos lentilhas, trabalharia menos…”. Você gosta disso? Tudo bem, tem mensagens bonitinhas, com imagens interessantes. Mas esse não é um planeta de lazer. É plenamente possível ser feliz aqui, é possível conquistar grandes realizações aqui na Terra. Mas não é debaixo de um coqueiro tomando sorvete que essas conquistas virão.

É preciso ação! Você se desenvolve como espírito imortal através da ação. Você não reencarnou pra tirar férias, embora seja maravilhoso tirar férias. Você reencarnou pra colocar em prática um monte de coisas que você sabia que tinha que fazer. Você precisa se reconciliar com algumas pessoas, se afastar de outras; adquirir bons costumes, deixar de lado algumas atitudes mesquinhas; superar fraquezas impeditivas do seu crescimento moral, desenvolver seus conhecimentos, realizar sua reforma íntima. É um monte de coisas. E se você não correr, não vai dar tempo de fazer nem a metade.

Pra que você reencarnasse foi necessário um grande planejamento. Foi preciso reunir espíritos ligados a você, com quem você tem ajustes a fazer, foi preciso fazer com que alguns desses espíritos se encontrassem. Não é fácil nascer em boas condições de desenvolvimento moral e intelectual. A imensa maioria da população mundial não estaria em condições de oferecer a você as condições de aprendizado e influência de que você necessitava nesta vida.

Você não pode simplesmente desperdiçar os anos que passam. Aproveite este ano que recém começou, que promete ser dinâmico e produtivo, e coloque em prática seus projetos, livre-se do que não lhe serve mais. Mude a sua vida. Não espere que as coisas aconteçam sozinhas.

Como eu não lhe disse isso antes, digo agora: Feliz 2013! Cuide da sua saúde, controle os seus pensamentos o máximo que puder, ponha em prática a sua vontade. Que Deus nos ilumine sempre!

Conheça meu canal no Youtube!

Artigo AnteriorPróximo Artigo

10 Comentários

  1. Obrigado, Fátima. Fico feliz por sua lembrança. Vontade se desenvolve com disciplina. Devemos fazer o que sabemos que deve ser feito, no momento em que deve ser feito, queiramos ou não.

  2. Feliz retorno, Jesus continue inspirando-lhe, feliz 2013! Senti sua falta. Fiz poucos planos, quero mesmo é desenvolver minha vontade para o que preciso realizar.

  3. Que os espíritos superiores possam nesse ano lhe inspirar em ótimos artigos, Morel. E na sua vida grandes realizações.

  4. Obrigado pela participação, Guilherme. Cada um de nós é uma pequena peça de uma grande engrenagem que ainda não compreendemos bem…

  5. Olá! É meu primeiro comentário aqui. Parabéns pelo trabalho. Com relação ao texto, você lembrou bem da responsabilidade que é viver. É incrível pensar em todo planejamento e reunião de espíritos para que eu possa crescer e ajudar os outros irmãos a evoluírem também. Se pensarmos todos os dias nesse aspecto, acho que deixaríamos de fazer as coisas somente por nós, lembrando que temos um compromisso não só pessoal, mas com todos os irmãos envolvidos nesse grande “projeto”. 5 minutos de espiritismo, e a responsabilidade aumenta incrivelmente.

  6. Muito obrigado pelas boas vindas e pela participação. Nem todos com quem nos sentimos ligados fazem parte de nossa trajetória espiritual. Às vezes é questão de afinidade vibracional. Mas pode acontecer de nos perdermos em meio ao que foi planejado. Mesmo que tenha sido estabelecido entre dois espíritos que eles se uniriam em seu retorno à matéria, nada obriga ninguém a cumprir o trato. Até porque, não nos lembramos. Situações fortuitas, ocasionadas por atração física ou por paixões apressadas podem alterar planos previamente traçados. Isso é mais comum do que se pensa…

  7. Bem vindo de volta meu caro. Nunca tive antes a oportunidade de trocar idéias com você, mas como sabemos, é sempre na hora certa, e quando precisei de uma força em um assunto que me tirou o sono achei seu site, consegui muita força e algum entendimento de coisas que acontecem em minha vida, dentro de minha capacidade de entender, rsrsrsrs
    Vai uma pergunta, por que demoramos tanto pra reencontrar pessoas importantes na nossa existência? porque acho que conheci uma pessoa que já esteve ligada a mim e acho até que fomos companheiros, que nos amamos muito, mas somos ambos casados e sentimos essa forte ligação na primeira vez que nos vimos…….. seria possível isso? eu acho que sim!
    Abraço, e próspero NÓS novos nesse 2013!!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.