Mentalismo, Reencarnação

Superar dificuldades

superacao

Artigo publicado originalmente em 05/11/2012

Ouça este artigo na voz do autor

Você se considera uma pessoa vencedora? Como você encara as dificuldades na sua vida? Espero que você não seja do tipo reclamão, que se acha injustiçado. O sofrimento é diretamente proporcional às reclamações; ou seja, quanto mais você reclama, mais você sofre. Além disso, ninguém gosta de pessoas que vivem reclamando.

Eu sei que você sabe que cada um tem o que merece. Você sabe, não sabe? Cada um colhe o que plantou. Mas só saber não adianta, é preciso aceitar. Se você aceita o fato de que tudo o que acontece na sua vida foi provocado por você, então não há motivo pra revolta, não há do que reclamar.

Algumas pessoas nascem com mais comodidades que as outras. São uma minoria, mas existem. Você provavelmente conhece alguém nessas condições. Alguém que nasce num lar bem estruturado, ganha bons brinquedos e boas roupas na infância, estuda nos melhores colégios, escolhe uma faculdade com a anuência e o apoio dos pais, arranja uma bela noiva ou noivo, se casa e monta um belo e luxuoso consultório ou escritório. Depois de muitas viagens pela Europa e muito convívio com a alta sociedade, vem um ou dois filhos muito rechonchudos e sadios e todos são felizes para sempre.

Superar dificuldades

Pessoas assim são privilegiadas? Aos olhos da Terra, sim. Mas se levarmos em consideração o processo reencarnatório, essa é só mais uma experiência na matéria, como qualquer outra. Pelas facilidades que essas pessoas encontram em suas vidas, sua responsabilidade é maior. Sem contar que para essas pessoas é mais difícil perceber e reconhecer suas fraquezas e falhas de caráter. São naturalmente menos experimentadas pela vida.

A maioria de nós encontra sérias dificuldades desde o começo de nossas vidas. Famílias frágeis, dificuldades econômicas, contato com o trabalho desde cedo, estudo precário, companhias duvidosas, sem falar em doenças, às vezes graves… a lista das dificuldades é imensa.

Essa maioria de pessoas é obrigada a se superar pra conseguir alguma coisa na vida. Se você é bom observador e costuma analisar a si mesmo, sabe exatamente quais são as principais dificuldades que você precisa superar neste estágio na Terra.

A sua vinda pra cá foi planejada, você se comprometeu consigo mesmo a vencer a si próprio. Você desafiou a si mesmo, se propôs a superar seus principais pontos negativos. Para isso você teve que se sujeitar a reencarnar em determinadas condições. Você nasceu exatamente na família a que devia pertencer, no lugar e na época mais favoráveis e nos meios e condições mais propícios para realizar o que você veio realizar.

Não reclame da vida. Você tem a vida que merece. Você traz em você mesmo todas as condições necessárias para o seu próprio melhoramento. Há milhões de pessoas que gostariam muito de viver a sua vida, de estar no seu lugar. Existem bilhões de espíritos desencarnados que fariam grandes sacrifícios pra poder reencarnar na situação em que você reencarnou. Você mesmo, quando esteve em grandes dificuldades, quando passou por um período depressivo, desejaria muito viver o momento que você está vivendo agora.

Quando não estamos num bom momento, muitas coisas que ouvimos parecem simples consolos. Mas isso, por exemplo, não é consolo, é uma verdade incontestável: É na dificuldade que você busca forças dentro de si mesmo que de outra forma não encontraria. É a superação dos obstáculos que fortalece o seu caráter, que faz de você um vencedor. Ou você acha que pra ser um vencedor é preciso ser rico e famoso?

O maior vencedor é o que vence a si mesmo, e isso só é possível a quem conheceu muitas dificuldades, a quem tomou muitos tombos e aprendeu a levantar sempre. Sei que isso não é muito fácil de se colocar em prática. Mas você pode pelo menos reconhecer que as dificuldades são as melhores oportunidades da sua vida. Você cresce e se desenvolve moralmente a partir das dificuldades. Cada uma delas é uma lição que a vida lhe proporciona. A sua parte é aprender. Reclamar não adianta. Reclamar é para os fracos. 

Conheça meu canal no Youtube!

Artigo AnteriorPróximo Artigo

20 Comentários

  1. Boa noite estimado irmão Morel Felipe Wilkon e a todos os irmãos. Os ensinamentos que nós recebemos, desde o berço, dos nossos pais e na falta dos mesmos dos nossos responsáveis; são indispensáveis aos nossos cuidados e a nossa educação. Na fase da infância somos vulneráveis! Diferentes de outros animais, passaremos por longos anos na dependência por tempo integral de um ou mais adultos que atendam as nossas necessidades básicas, as quais ainda nós não conseguimos realizar sozinhos. De início comunicamo-nos por meio de choros, chamando atenção quando sentimos dor, fome, estamos em situação de desconforto, doenças infantis, incômodo na gengiva anunciando os dentes que estão para nascer, queremos nos sentir amados e queremos aconchego, banho, troca de fraldas, que nos movimente o corpo inativo, converse, conte histórias ou uma canção de ninar. Com o passar dos anos, com o nosso crescimento físico e mental aguardamos que nos auxiliem a sermos autônomos, para que possamos compreender e pertencer ao mundo da criação do Pai, Nosso Deus. Contudo, pouco a pouco saberemos nos cuidar e nos defender dos perigos da vida. Portanto, desde a primeira infância nós exteriorizamos nossos sentimentos em ações, os nossos gênios benéficos e maléficos provindos de outras existências, que se não forem observados com correção ou barrados, chamando-nos atenção para o erro, esse se fortalecerá na atitude permissiva, transformando em maior característica da formação da identidade, sobressaindo nos momentos de vivências (consigo próprio) e convivências, as marcas que deixará nas interações grupais: em família, na escola, na igreja, nos Centros Espíritas, no trabalho, nas Comunidades de relacionamentos sociais virtuais ou reais, nas compras, nos clubes, em todos os lugares do mundo onde podemos visualizar as ações dos seres humanos e enxergá-las como intervenção assertiva ou não, dependentes da bagagem cultural e de tantas existências para a Progressão de si próprio, do próximo, do meio ambiente e de toda a fauna em seu habitat, flora com suas diferentes espécies de vegetais conforme o clima e geologia, os mares, os rios, lagos, o ar. Enfim, tudo que há nesse imenso Universo em transformação, tão bem elucidado pelos Espíritos de Deus no Evangelho Segundo o Espiritismo, entre outros livros básicos da Doutrina Espírita e somados por tantos Espíritas, independentes de suas profissões, formação, como você que com toda humildade colaboram, como multiplicadores dos conhecimentos que foram iluminados, semeando-os para os outros irmãos com toda propriedade, na procura da sua autoformação. Na graça do Senhor, Mestre Jesus, eu considero uma vitória, a valoração da vida, por todas as ideias que me inspiram: a não desistir de mim, pela fé, força de vontade que me determina ir além da onde me encontro, pelo sentimento de amor a instruir-me, na consolidação dos preceitos do Evangelho Moral de Cristo, ampliamos a nossa visão e inteligência para descortinar os conhecimentos do mundo. Contudo, na certeza que eu não sou perfeita, que devo me esforçar cada vez mais, apesar da vida eterna que nos espera. Quando eu penso que aprendi vejo que na verdade só despertei a consciência para a infinidade de corrigenda que passam pelo meu universo interior em transformação. Grata. A paz de Cristo.

  2. Excelente texto que é capaz de nos dar uma tranquilidade enorme, é o que estou sentindo agora. Precisamos mudar nossa visão de pobres coitados e de que não somos merecedores de passar por tal ou qual situação. É lutando é caindo é sofrendo assim vamos aprender, não tenhamos dúvidas disso.

    Felicidades.

    Obrigado!

  3. Sim, Flavia. No menu, na aba artigos em áudio. Clique sobre o artigo desejado e, na tela preta, clique com o botão direito do mouse e selecione a opção baixar.

  4. João, entendo o seu ponto de vista. Mas para situações gerais, que atingem a coletividade, como é o caso dos problemas do Brasil, o que falta é ação, não reclamação. Se observarmos, por exemplo, o que se passa nas redes sociais, vemos que há pessoas que apenas criticam e outras que tomam a iniciativa de organizar abaixo-assinados. Não podemos confundir reclamação com denúncias fundamentadas. Denunciar o erro é dever de quem se importa com ele.
    Fique com Deus.

  5. “O sofrimento é diretamente proporcional às reclamações; ou seja, quanto mais você reclama, mais você sofre.”

    Desta vez vou discordar, pois ruim como nosso Brasil está e continuarmos sem reclamar imagina onde iremos parar!

    Concordaria que reclamar por reclamar é uma perda de tempo, mas reivindicar, reclamando
    às vezes, é válido.

    No demais adorei o texto.

    Um abraço.

  6. Estou comentando por causa do comentário de Daniela, que questionou se todo casamento não seria expiação.
    Tenho certeza que não, existem muitos casamentos felizes por aí. Inclusive o meu caso. A melhor coisa que me aconteceu foi ter encontrado minha mulher. Existe sim amor entre homem e mulher, mas é preciso muita coragem, confiança e entrega para cultivar isso, por isso muitas pessoas interrompem esse sentimento no início e preferem se apegar ao amor sexual.

  7. Daniela, o tema casamento não difere muito do assunto família, que já abordei algumas vezes. Eu concordo em parte com você. A maioria das uniões se dão, pelo menos no princípio, devido à atração sexual. Mas mesmo isso está subordinado a outros fatores…
    Acho delicado fazer generalizações. Às vezes exagero em minhas convicções e generalizo. Não sei se teria algo relevante a acrescentar, mas o pedido está anotado.
    Obrigado pela participação.

  8. Olá Morel, aproveitando sobre o título do texto sobre Superação de Dificuldades, por favor gostaria muito se for possível que você publicasse sobre um assunto que na minha opinião acho muito delicado sobre o Casamento e Expiação ou (o casamento na visão Espírita) se todos ou maioria das uniões matrimoniais são provações e expiações, eu julgo delicado porque penso que não exista de fato Amor entre Homem e Mulher, há interesse sexual na relação, esta concepção eu tenho devido à convivência que eu tive com pessoas que eram infelizes nas relações amorosas.
    Fico grata pelo retorno.

  9. Josineide, no nosso estágio evolutivo ter coragem e disposição para mudar já é uma grande coisa. Ninguém consegue mudar da noite para o dia. É um processo lento, demorado, às vezes difícil. São muitas coisas na gente a serem modificadas. Trazemos falhas de caráter, vícios e defeitos há milênios, vida após vida. Não é num passe de mágica que vamos transformar toda essa bagagem em coisas positivas. O importante agora é justamente essa busca que você vem fazendo. Essa busca não pode parar, não pode ser interrompida. O melhor de tudo é o final do seu depoimento: gratidão a Deus. Isso é humildade. Humildade não é sentir-se inferior, sentir-se um ser rasteante. Mas devemos sempre reconhecer nossa pequeneza perante Deus. E ser grato às infinitas oportunidades de reajustamento que Ele nos oferece. Obrigado, Josineide!

  10. Meu irmão iluminado!! Muita paz!! estou passando por um ótimo momento em minha vida, tenho caído em tentações, mudado de visão, tomado atitudes, tenho chorado e me sentido inferior mas vejo um saldo positivo, me sinto mais fortalecida e com mais discernimento e clareza. Longe da perfeição mas encorajada e disposta a seguir em busca da luz e da consciência. Bom fim de semana! AGRADEÇO A DEUS!!!

  11. Você tem toda a razão, e acho que estou ficando forte pois estou reclamando menos e confiando mais e estou gostando do resultado.

  12. Aprender com as dificuldades é aprender pela dor. Não é o caminho mais suave mas com certeza o que deixa o melhor aprendizado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.