Evangelho

Eu sou o caminho, a verdade e a vida

eu sou o caminho

Morel Felipe Wilkon

Ouça este artigo na voz do autor

“Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.” João 14:6

Jesus nos mostrou o caminho para acessarmos o nosso cristo interno. Todo o seu ensino passa pelo caminho. O objetivo do caminho é o reino de Deus, ou reino dos céus, ou o cristo interno, o cristo de cada um.

Jesus não veio para nos salvar. Veio para nos mostrar o caminho. Falo sobre isso neste artigo: Jesus não salva ninguém

Cada um de nós tem a potencialidade crística dentro de si. Um dia seremos tão elevados quanto Jesus. Coisa de milênios. Mas chegaremos lá.

caminho arborizado
O importante é estar no caminho

Uma coisa que se ouve muito no meio espírita é que “cada um tem o seu tempo”. É verdade, cada um de nós está num degrau evolutivo próprio. Todos muito semelhantes, muito próximos, mas nenhum igual. Os semelhantes se atraem, por isso estamos todos neste planeta. Em meio a bilhões de planetas no Universo, não estamos reunidos aqui na Terra por acaso. Somos muito parecidos.

Todos estamos aqui pra aprender. O destino de todos nós é a felicidade. Alguns caminham mais depressa, outros mais devagar. Ao longo dos séculos, através de múltiplas reencarnações, damos muitas voltas, andamos em círculos. Teimamos em aceitar o caminho reto das Leis de Deus.

Mas chega o momento em que decidimos entrar no caminho, e essa decisão é definitiva. É um caminho sem volta. Quem entra nele não quer mais voltar, nunca mais. É algo diferente de tudo o que se experimentou ou imaginou. É o caminho que Jesus nos ensinou, é o caminho.

“Depois, foram para Jericó. E, saindo ele de Jericó com seus discípulos e uma grande multidão, Bartimeu, o cego, filho de Timeu, estava assentado junto do caminho, mendigando.

E, ouvindo que era Jesus de Nazaré, começou a clamar, e a dizer: Jesus, filho de Davi, tem misericórdia de mim.

E muitos o repreendiam, para que se calasse; mas ele clamava cada vez mais: Filho de Davi! tem misericórdia de mim.

E Jesus, parando, disse que o chamassem; e chamaram o cego, dizendo-lhe: Tem bom ânimo; levanta-te, que ele te chama.

E ele, lançando de si a sua capa, levantou-se, e foi ter com Jesus.

E Jesus, falando, disse-lhe: Que queres que te faça? E o cego lhe disse: Mestre, que eu tenha vista.

E Jesus lhe disse: Vai, a tua fé te salvou. E logo viu, e seguiu a Jesus pelo caminho.” Mateus 10:46-52

Bartimeu já estava junto ao caminho do Cristo, estava prestes a entrar no caminho, mas ainda não percebia a realidade, não enxergava. Mendigava uma chance, implorava para percorrer o caminho. Chamou por Jesus, pediu misericórdia por ainda não estar no caminho, por não enxergar a realidade espiritual. Era repreendido por suas tentativas de melhora, pelo seu esforço de cura, pela sua intenção de seguir o caminho. As adversidades tentavam calar a sua voz, tentavam desanimá-lo. Quando Jesus o atendeu, quando Bartimeu tomou contato com o Cristo, deixou tudo para trás, não se deixou prender pelas materialidades, abriu mão das exterioridades e pediu para ver. Queria ver, queria enxergar além da escuridão. Sua fé fez com que ele enxergasse a realidade e seguisse o caminho.

Qualquer um que se dispõe a ver a realidade do espírito e a seguir o caminho encontra forças insuspeitadas dentro de si. E o caminho não tem volta, não tem retorno, é só pra frente.

Por isso não é muito produtivo comparar o tempo de cada um. Cada um tem o seu tempo, é verdade. Mas desde que se esteja no caminho não há muita diferença, ou pelo menos não damos a essa diferença uma importância tão grande. O importante é estar no caminho.

Conheça meu canal no Youtube!

Artigo AnteriorPróximo Artigo

12 Comentários

  1. Sim, Morel Felipe, compreendo, a Terra que me referi no comentário foi pela missão dada a Jesus e que cada um de nós no caminho da ascensão, poderemos ter uma missão semelhante, em algum planeta ou círculo espiritual distante do universo.

    Achei incrível essa idéia.

  2. Olá Morel, seja bem vindo novamente, já fazia falta. Sabe, eu gosto desta passagem de Bartimeu. Você sabia que o nome dele é Timeu porque bar queria dizer filho, ou seja, ele era filho de timeu? Essa designação vem do aramaico, o dialeto do Cristo. A palavra timeu quer dizer impuro, o que nos leva a reconhecê-lo como filho da impureza, e é por isso que precisou clamar tanto por misericórdia, porque ele mesmo não tinha a fé que precisava. Hoje muitos clamam a Deus ou ao Cristo porque não conseguem entender que basta a eles levantarem-se e seguir em direção ao Cristo, assim como Timeu era há muitos. Interessante é que ele lançou a capa de cima antes de encontrar-se com Cristo, isso significa que ele saiu debaixo da cobertura da impureza da qual era filho, lançou de cima de si e correu para o Cristo, é isso que precisamos fazer todos os dias, muita paz aí a todos.

  3. Ricardo, esse dia está inimaginavelmente distante. Quando chegar, já não estaremos na Terra. O Universo é infinito, e se expande constantemente. Um dia seremos, sim, responsáveis pela elevação moral de um planeta, assim como Jesus.

  4. Morel.

    Sobre o que disse que um dia poderemos chegar ao nível de elevação espiritual igual de Jesus. Aliás venho pensando nisso há algum tempo.

    Quando esse dia chegar, será que poderemos ter um missão igual ou semelhante a Dele aqui na Terra?

  5. Acredito na bíblia sagrada porque é minha fonte de estar respaldada naquilo que digo. Jesus não é só o caminho, ele é a verdade e a vida e ainda diz mais, ninguém vem ao Pai se não por ele. Ele não DIZ “Vai” ao pai e sim “Vem”. Por isso eu creio que ele é o próprio Salvador. Logo, logo ele vai voltar e todo joelho se DOBRARÁ e toda LÍNGUA CONFESSARÁ que JESUS E O SENHOR.

  6. Boa noite, acrescentando o comentário de Josiane, vejo e convivo com alguns trabalhadores que esquecem esse caminho maravilhoso que Jesus nos guiou. Até mesmo eu ou você, ou qualquer outro.
    “Somos muitos parecidos”, como é verdadeira essa frase…
    Neste último sábado, tive a oportunidade de assistir uma palestra com Haroldo Dutra, e o seu intuito foi justamente o que foi dito neste artigo.
    Abraços a todos, e fiquemos no caminho certo e tenho certeza, quanto mais esclarecidos somos, a nossa consciência nos chama à realidade. Luz!!!

  7. Josiane, o Espiritismo, por seu caráter racional, atrai muitos espíritos que há séculos se desiludiram com os ensinamentos religiosos tradicionais. São atraídos pelo aspecto científico, o que é louvável. Infelizmente ainda não perceberam que a assimilação da ciência espírita tem como consequência uma maior responsabilidade ética, daí depreendendo-se que para viver o Espiritismo com profundidade é necessário reformar-se, no mínimo, moralmente. Por isso o Espiritismo tem conotação religiosa. De nada – ou muito pouco – adianta o entendimento intelectual se a moral não for beneficiada.

  8. Olá Morel, é compreensível que cada um tenha seu tempo, mas como entender a arrogância de irmãos espíritas que vivem em prol de estudos, mas que parecem não absorverem nada? Me questiono muito sobre isso, será que é por vaidade?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.