Mensagens de Emmanuel

Mensagem de Emmanuel – Não basta ver

 Mensagem em áudio

Mensagem de Emmanuel no livro Vinha de Luz, psicografado por Chico Xavier: NÃO BASTA VER

“E logo viu, e o foi seguindo, glorificando a Deus. E todo o povo, vendo isto, dava louvores a Deus.” – (Lucas, 18:43.)

A atitude do cego de Jericó representa padrão elevado a todo discípulo sincero do Evangelho.

O enfermo de boa-vontade procura primeiramente o Mestre, diante da multidão. Em seguida à cura, acompanha Jesus, glorificando a Deus. E todo o povo, observando o benefício, a gratidão e a fidelidade reunidos, volta-se para a confiança no Divino Poder.

A maioria dos necessitados, porém, assume posição muito diversa. Quase todos os doentes reclamam a atuação do Cristo, exigindo que a dádiva desça aos caprichos perniciosos que lhes são peculiares, sem qualquer esforço pela elevação de si mesmos à bênção do Mestre.

Raros procuram o Cristo à luz meridiana; e, de quantos lhe recebem os dons, raríssimos são os que lhe seguem os passos no mundo.

Daí procede a ausência da legítima glorificação a Deus e a cura incompleta da cegueira que os obscurecia, antes do primeiro contacto com a fé.

Em razão disso, a Terra está repleta dos que crêem e descrêem, estudam e não aprendem, esperam e desesperam, ensinam e não sabem, confiam e duvidam.

Aquele que recebe dádivas pode ser somente beneficiário.

O que, porém, recebe o favor e agradece-o, vendo a luz e seguindo-a, será redimido.

É óbvio que o mundo inteiro reclama visão com o Cristo, mas não basta ver simplesmente; os que se circunscrevem ao ato de enxergar podem ser bons narradores, excelentes estatísticos, entretanto, para ver e glorificar o Senhor é indispensável marchar nas pegadas do Cristo, escalando, com Ele, a montanha do trabalho e do testemunho.

Conheça meu canal no Youtube!

Artigo AnteriorPróximo Artigo

3 Comentários

  1. Feliciano, estamos no estágio do exercício. Estamos mudando em nós mesmos atitudes e carregamos durante milênios. Por isso o processo é lento. Temos que assimilar a nova postura que queremos para nós. Se você percebe suas próprias dificuldades é porque está atento. Está entrando no caminho. O que temos que fazer é seguir a última recomendação que Jesus deixou aos seus discípulos: Orar e vigiar. Orar para elevar o pensamento e sair do alcance vibratório dos apelos materiais; vigiar o pensamento para não mais permitir que pensamentos que sabemos serem prejudiciais não permaneçam em nossa mente.
    Fique com Deus. Insista. Você consegue.

  2. Olá, gostaria de uma orientação sobre a busca que tenho sobre a paz comigo mesmo. Pratico o amor ao próximo, fujo da maldade, mas tenho extrema dificuldade em me manter na luz…

  3. Olá! Se a doença faz parte das barreiras enfrentadas pelo espírito terreno, não seria Deus justo em aliviá-lo do fardo, simplesmente para facilitar sua caminhada assim não perfazendo seus objetivos. Entender as causas, tanto nutricionais, genéticas ou espirituais da enfermidade é tarefa obrigatória do doente e não depende do criador mostrar as causas e curas, sendo de interesse pessoal e independente de cultura, raça ou lugar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.