Evangelho, Pensamento e disciplina

A verdade vos libertará

estudo-espiritismo

Morel Felipe Wilkon

Ouça este artigo na voz do autor

Ao meu amigo e mestre Mauro Pilla

“A Verdade vos libertará.” João 8:32

Não sei quando chegaremos à Verdade. Mas chegaremos à Verdade através do estudo. 

As pessoas ainda muito ligadas à materialidade não conseguem entender o valor das coisas espirituais. Não entendem nada que fuja do seu mundinho artificial. Isso não é uma crítica; todos nós já passamos por isso.

Para estas pessoas não é fácil explicar por que se estuda tanto, por que se procura ser uma pessoa melhor, mais tolerante, mais compreensiva. Elas não percebem que existem sentimentos muito superiores às sensações grosseiras a que estão habituadas. Acham que tudo deve ter um pagamento, tudo deve visar algum lucro ou recompensa. Não compreendem como alguém pode dedicar-se a ser útil, a ajudar o próximo, a escrever, ensinar, esclarecer, fazer trabalho voluntário.

livro aberto
Chegaremos à verdade através do estudo

É perda de tempo querer falar das coisas do espírito para alguém assim. Só quem já é calejado em assuntos morais percebe algo além da matéria. Os que deixaram de ser ignorantes ou endurecidos não deixaram de ser ignorantes ou endurecidos por bondade. Foi à custa de árduas experiências, foi depois de sentir na pele as mais diversas realidades, foi depois de muito pensar e muito meditar.

As religiões em geral reúnem preceitos que, se seguidos, devem levar à libertação dos males. Desde que o homem é homem ele tenta, de algum modo, escapar do mal. Não vem ao caso discutir se o que as religiões apresentam é verdadeiro e eficaz.

Para crescer moralmente, para melhorar-se internamente, para praticar a reforma íntima a exigência é sempre a mesma: O estudo.

Sabemos que só o estudo não adianta nada. Sabemos que a teoria sem a prática não resolve grande coisa. Mas para entender o problema humano, para esclarecer-se sobre a realidade espiritual, para compreender, aceitar, vivenciar a espiritualidade o estudo é imprescindível.

A pessoa pode ser boa, pode fazer caridade, pode ter fé. Mas para dar passos maiores é preciso que a fé seja embasada na razão, e para isso é preciso estudo. Para ampliar os horizontes e ver além do que a matéria nos oferece, é preciso estudo. Para perceber que o Universo não se resume ao que a televisão mostra é preciso estudo. Para que pessoas inteligentes ou que se acham inteligentes e que não compreendem a existência de vida além da matéria, por preconceito ou preguiça, se convençam de que seu comportamento tem sido extremamente infantil e ridículo, é preciso estudo. Para que os religiosos retrógrados avancem rumo a Deus é preciso estudar mais de um livro.

A libertação se dá através do estudo. O trabalho em benefício do próximo é louvável e necessário. A caridade é considerável fator de elevação do espírito. A prática mediúnica, a assistência social, a consolação, tudo isso é válido e meritório, são meios de aprendizado em conjunto. Mas o que faz a diferença, o que expande a consciência, o que prepara para degraus mais altos, o que é capaz de nos dar mostras de nossa verdadeira natureza é o estudo.

Já vi pessoas que tiveram suas vidas modificadas por tratamentos espirituais. Sei de casos de curas aparentemente milagrosas que transformaram vidas. Mas nada modifica tão profundamente o espírito quanto o estudo.

O estudo cura, consola e esclarece. O estudo é o meio de que dispomos para o desenvolvimento do espírito imortal. O estudo é infinito. Sempre recompensador. Tudo o que incorporamos de aprendizados morais passou antes pelo intelecto. Só depois de compreendermos intelectualmente é que nos tornamos aptos a compreender moralmente.

A libertação se dá através do estudo.

Conheça meu canal no Youtube!

Artigo AnteriorPróximo Artigo

13 Comentários

  1. Querido amigo e irmão de jornada que ilumina nossos caminhos com suas abençoadas preleções evangélicas que tanto necessitamos aplicar em nossas vidas, como seres aprendizes que somos! Agradeço as generosas palavras típicas de tão nobre alma que nos ensina a todos com suas sábias orientações fruto de longa experiência nesta em em outras vidas. Na verdade sou seu aluno, pois com suas palavras estou sempre agregando e despertando os verdadeiros conhecimentos que nos permitem despertar da ignorância e conscientizarmo-nos dos valores espirituais e assim desvestirmo-nos da antiga roupagem humana para vir à Luz o homem novo! Receba minha gratidão, afetuoso e fraternal abraço! Mauro Pilla

  2. Priscila, particularmente dou muita importância às obras de Allan Kardec e André Luiz. Insisto na importância do estudo dO Livro dos Espíritos por ele ser a base da Doutrina. Talvez seja o caso de você experimentar uma tradução um pouco mais fácil, como a do Salvador Gentile publicada pelo Instituto de Difusão Espírita. A sua linguagem é menos rebuscada.
    O ideal é participar de um grupo de estudos no centro espírita. Estudando em grupo, tiramos as nossas dúvidas e aprendemos não só com a leitura, mas com as experiências e as opiniões dos outros.

  3. Morel, visito seu site faz um tempo já, tirei muitas dúvidas e aprendi muita coisa, principalmente sobre reforma íntima. Muito do que li aqui eu já sabia, mas não entendia e ao ver sua forma de colocar as palavras e explicar algo que estava na minha mente sem lógica, sou muito agradecida a Deus por achar esse site na hora que eu mais precisava. Bom, eu na verdade queria um conselho, já tentei ler O Livro dos espíritos, mas eu não conseguia prestar atenção nele, pela forma escrita e muitas palavras que não são do meu conhecimento, no fim não entendi nada. Teria alguma recomendação de livros que fossem bons mas que não tivessem uma escrita tão antiga? Não sei se você está me entendendo. Obrigada, e parabéns pelo site, sei que são seus estudos e sua opinião, mas está de parabéns, tenho certeza de que como me ajudou, já ajudou muitas pessoas. Abraços.

  4. Alexandre, essa temática é rica e complexa. Exige um tempo de que não disponho agora. Mas a sugestão é boa; talvez mais adiante.

  5. Irmão e professor Wilkon, acompanho o seu estudo do evangelho, gostaria de dar uma sugestão. O senhor poderia abordar os seguintes temas em um vídeo?:

    Por que o espírita deve estudar a Bíblia? É preciso que haja coerência, ou melhor, para o espírita, a Bíblia pode possuir divergências com os seus ensinamentos? Há divergências entre os livros bíblicos e dos espíritos? Ou seriam incompreensões e interpretações equivocadas que fazem com que o leitor menos esclarecido ache que há incompatibilidades entre as três revelações? A Doutrina Espírita é dependente das outras revelações? A Doutrina espírita necessita do aval da Bíblia para a sua aplicação e desenvolvimento?

  6. Querido amigo e irmão Morel, sua matéria é muito relevante e oportuna, uma vez que atualmente constata-se que há tanta preocupação com o fenômeno mediúnico e pouco interesse pelo estudo doutrinário, que efetivamente é o que nos liberta! Agradeço sua especial deferência e parabenizo-o por esta maravilhosa obra que desenvolves com tanto talento e descortínio, esclarecendo-nos em assuntos essenciais que nos edificam e nos estimulam a reforma interior! Receba meu afetuoso abraço! Mauro Pilla

  7. Boa noite, Morel! Parece que o texto foi escrito pra mim, estou estudando a doutrina e recebido algumas críticas por isso. Obrigado pelo esclarecimento.

  8. Morel, o mais difícil em conviver com estas pessoas se dá pela ignorância ao estudo e com quem estuda, muitos acham que ele não é útil. A prepotência demonstra ser oposição à espiritualidade. Nestas horas, acho que quanto mais se estudar melhor é, até para alimentarmos nosso espírito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.