Comportamento, Mídia e sociedade

Dia dos namorados e as almas gêmeas

almas gêmeas espiritismo

Morel Felipe Wilkon

Este artigo foi publicado originalmente em 12 de Junho de 2012. Como minha opinião permanece a mesma, resolvi ressussitá-lo…

Se você pensou que ia ler um texto romântico sobre almas gêmeas, sinto muito por decepcioná-lo. Você acha que eu devia ser mais romântico? Então você ainda acredita em almas gêmeas? Que pena. O amor de verdade é muito mais bonito. O amor de duas pessoas completas é muito mais rico e apaixonante que o amor de duas metades de pessoa. Não é isso que diz a teoria das almas gêmeas? Que somos seres incompletos e que só seremos completos quando encontrarmos nossa outra metade?

Você acredita em almas gêmeas?
Você acredita em almas gêmeas?

Você é uma pessoa completa. Não falta nada em você. Não falta ninguém pra você. Não é uma pessoa determinada que tem o poder de fazer você feliz. Ou você é feliz ou você não é. Isso é falta de romantismo? Acho que não. Acho que falta de romantismo é acreditar que dependemos de alguém, que talvez nem conhecemos ainda, para sermos felizes.

O amor não acontece uma vez só. Você pode amar mais de uma pessoa, pode amar a mesma pessoa mais de uma vez. O amor não tem limites, você sabe. Claro que você não vai passar a vida procurando a pessoa certa, até porque seria muito difícil definir o que seria a pessoa certa.

Algumas pessoas acham que numa relação amorosa os dois têm que pensar igual, ter os mesmos gostos, as mesmas opiniões, os mesmos objetivos, têm que concordar em tudo. Não descobriram ainda que numa relação assim os dois anulam partes importantes de si, deixam de se desenvolver plenamente, não crescem como poderiam crescer se cada um mantivesse sua individualidade.

Porque é isso que nós somos, é isso que você é: indivíduo. Cada um com suas características, cada um com seu modo de pensar e de agir. E que bom que seja assim! Que bom que podemos aprender um com o outro, aprender com as diferenças. É isso que nos enriquece. Enquanto tentamos nos moldar um ao outro ficamos estagnados, não evoluímos. E estamos aqui pra evoluir, né?

Essas datas todas se tornaram essencialmente comerciais, você sabe. Natal, páscoa, dia das mães, dia dos pais, dia da criança, dia dos namorados. Mas elas existem, não se pode passar batido por elas. E, bem ou mal, elas cumprem seu papel de nos lembrar de que há alguém a ser lembrado. Mas você não acha, pelo menos um pouquinho, que é uma forçação de barra demonstrar amor com procedimentos padronizados? Jantar à luz de velas, flores, presentes e uma fila enorme no motel?

Se você pensar um pouco, vai perceber que os melhores momentos com quem você ama, as horas mais bonitas, as coisas mais românticas, não aconteceram com data marcada. Eles simplesmente aconteceram. Não pense que estou tentando convencer alguém a não comemorar o dia dos namorados. Cada um sabe de si, cada um vive o seu momento. Só que esse romantismo de propaganda de shopping não é amor. Pode ser algo parecido com o amor, pode ser até uma das faces do amor, mas não é o amor.

Há pessoas que passam esse dia sozinhas, lamentando não ter alguém pra compartilhar a data… Mas há quem não lamente por estar só. Fazem disso uma opção, e vivem muito bem assim. Sabem que não precisam de ninguém para completá-los, e descobriram outras maneiras de dividir aprendizados e companheirismo.

Feliz dia dos namorados, independente de sua situação amorosa. Goste mais de você mesmo, hoje. Comemore por ser quem você é, sinta-se feliz e realizado por isso, sabendo que o amor está dentro de você mesmo. Você escolhe como e com quem compartilhá-lo. Está bem?

Conheça meu canal no Youtube!

Artigo AnteriorPróximo Artigo

34 Comentários

  1. Gisa, são tantos os motivos possíveis para que uma pessoa deixe sua marca em nossa vida que não me atrevo a divagar sobre o assunto.

  2. E quando não tiramos alguém do pensamento? Por mais que o tempo passe e a distância aumente esta pessoa está ali, com se a tivéssemos visto ontem quando o que mais queremos é que ela vá para o quarto escuro do esquecimento. Por que algumas pessoas marcam tanto a nossa vida? Eu não estou magoada com ela.

  3. Somos a medida do amor que devemos ao próximo. Como devemos amar muito ao próximo, é lógico que antes nos amemos muito…
    Obrigado, Andréa, por colaborar com tuas palavras.

  4. Quem dera tivéssemos a coragem de nos encantar por nós mesmos! Egoísmo? Não, apenas a certeza de que melhorando, me aceitando, mantendo atitudes boas comigo, como dedico aos outros, crio uma corrente super positiva e atraio sim, pessoas que vibrem no bem. Que possamos nos amar, sem padronizar o que devemos ser, mas sim nos aceitar, pois passaremos a eternidade com a nossa essência, conosco que somos espíritos reconhecendo nossa divindade, amando a Deus e amando a nós mesmos para amar ao próximo.

  5. Estou sozinha há um bom tempo, mas não me sinto só. Minha nova paixão é este site, foi amor à primeira vista…

  6. É Morel, quando você falou que tinha colocado esse artigo aqui, fiquei meio receosa de ler com medo de não entender o que você quis mostrar, mas para minha surpresa concordo com você. Acho que de uns anos para cá me sinto como se estivesse compreendendo melhor certos assuntos como esse das Almas Gêmeas. Espero poder compreender muito mais coisas que ainda não compreendo como certas experiências que estou passando quando estou dormindo, espero que eu possa ajudar o próximo sempre!!!!!!!!! Uma das minhas maiores felicidades é ser voluntaria. Obrigada por me esclarecer, que DEUS continue te iluminando e que você continue tirando nossas dúvidas sobre esse mundo tão intrigante!!!!! Beijos de Luz

  7. Gostei demais do seu texto, e pelo pouco que sei, acredito que o amor verdadeiro é aquele que desperta o que nós somos verdadeiramente lá no fundo da nossa alma.

  8. No meu caso eu sei por que, é por causa da evolução moral dela enquanto eu fiquei preso nas malhas dos vícios terrenos, mas um dia vou encontrá-la sei disso. Paz.

  9. Que legal, Rodrigo, você conseguir ver em sonhos, eu apenas sinto a presença, sei quando ela está perto… costumo dizer assim no meu íntimo: “Que falta você me faz aqui” hehehehe mas não sei, pode ser que eu mesmo tenha pedido para ela nao vir junto, provavelmete eu iria me dedicar somente a ela e esqueceria outros deveres, dentre os quais estudar a doutrina espírita, fui levado a isso motivado justamente pela solidão, com ela talvez eu desviasse a atenção… difícil saber ao certo.

  10. Comigo também é assim. Sinto saudade de uma pessoa mas sei que ela não está encarnada, sempre a vejo em sonhos e sei que já formamos um casal na Idade Média na França, só não sei quando.

  11. Também não acredito em alma gêmea, como é ensinado por aí. Eu sempre senti uma saudade imensa e como se alguém estivesse me esperando. Depois que conheci a doutrina espírita pude concluir que fosse alguém conhecido de longa caminhada que talvez não tenha reencarnado, mas que sinto a presença… existem espíritos que não reencarnam para ter relacionamentos amorosos, o desafio maior é domar os sentimentos e lidar com a carência afetiva que a família e mesmo o estudo não conseguem suprir, é meu caso… ainda não achei algo que me faça sentir pleno sem a necessidade de afeto amoroso. Quando encontrar talvez eu desenvolva meu potencial latente.
    Abraços

  12. Ana, algumas coisas importantes em nossas vidas fazem parte do planejamento reencarnatório, que nos proporciona a melhor oportunidade de aprendizado sobre nós mesmos, a melhor chance de superarmos etapas que estão emperrando nossa caminhada. Mas isso não quer dizer, de modo algum, que devemos desistir do que queremos. Observe as suas palavras: “Estou com muito medo de ficar sozinha, amargurada e ressentida.” Nossos medos tendem a se tornar realidade, assim como os nossos desejos. Tudo o que ocupa a nossa mente com força tem a tendência de se manifestar. É preciso controlar os pensamentos.

  13. Oi Felipe,
    Descobri seu site há mais ou menos uma semana e não deixei um dia de acessar. Estou muito feliz por seus comentários, precisamos mesmo de espaços como este, que exaltam o amor, a fraternidade e a caridade. Bom, quero fazer um comentário a respeito de hoje, dia 12/06/2013. Estou sem namorado… mas o que me incomoda não é isto, mas sim a minha incapacidade de atrair um parceiro digno e consciente da força do amor. Sou uma buscadora de mim mesma, mas com 50 anos ainda não encontrei meu parceiro de jornada. Tive umas relações muito insatisfatórias, me senti usada e rejeitada e estou com muito medo de ficar sozinha, amargurada e ressentida. Desculpe o desabafo, mas sei que serei acolhida por você e sei também que tenho que tocar minha vida e me amar mais, embora a dor de estar sozinha seja real e muito forte; procuro ajuda na espiritualidade, sei que na verdade não estou só e tenho minhas questões cármicas a resolver. Ufa. Obrigada, paz e luz, Ana

  14. Bom dia Morel, muito bom texto. As pessoas sentem necessidade de serem lembradas nessas datas, se o outro não lembra é porque não ama mais.
    Fiquemos em paz

  15. Realmente almas gêmeas não existem, o que há, penso eu, são almas afinadas uma com a outra, como já foi dito, e é daí que procede a falsa idéia de almas que complementam-se. Existem relacionamentos que são mais felizes por se tratar de espíritos com um convívio milenar e por isso são tão afinados um com o outro. O grande trunfo de Deus, se podemos dizer assim, é um dia comprometer todos os espíritos da Terra nessa mesma afinidade transformando todos em ”alma gêmea” do outro, não por se completarem, mas sim por se diferenciarem, a única coisa que devemos nos completar de um para o outro é a caridade, penso eu. Paz.

  16. Foi muito bom ler isso nessa data que tá sendo meio tristinha pra mim, sou comercial e uma romântica caxias, infelizmente, também acredito em alma gêmea mas não no sentido literal das palavras, e sim como duas almas que se sentem na plenitude do amor quando estão juntas… concordo com tudo no texto mas confesso que é muito difícil achar alguém que nos aceita por inteiro sem querer nos transformar e vice-versa… Aff, como as relações inter-humanas são difíceis… Mas depois de ler isso aqui decidi que vou me namorar no dia dia namorados, afinal sou inteira e não preciso ser a metade de nada pra ser feliz, se não seria
    “meio” feliz, não?! E quero ser muito feliz!!!! Por inteiro…

  17. Não podemos depender de ninguém pra sermos felizes, Bebel. Isso não quer dizer que não precisemos de companhia. Somos seres gregários, sociais.

  18. Mais uma vez concordo com você. Não ligo muito pra certas datas, porque aprendi desde pequena que muitas delas, se não todas, são meramente comerciais. Também já tive fases de me sentir muito mal por não ter ninguém no dia dos namorados, aliás, isso nunca aconteceu… todos os dias dos namorados estou sozinha rs. Enfim, demorei muito tempo pra entender o que você disse no texto, que a gente não precisa de ninguém pra se sentir feliz e completo, mas mesmo assim, eu gostaria muuuuuuuuuuuuito de encontrar alguém com quem eu pudesse trocar experiências, acho que também não nascemos para a solidão, pelo eu não rs…

  19. Olá, Silvana! Concordo com o que você diz sobre o amor verdadeiro. Quanto aos espíritos que se encontram por simpatia: sim, de acordo, só que não podemos esquecer os inúmeros compromissos cármicos que trazemos em nossa bagagem espiritual… Não sei se dá tempo de encontrar alguém por simples simpatia. Só se simpatia for visto como uma atração milenar. Obrigado, Silvana.

  20. Ana Lucia, obrigado pela participação. Sua ponderação veio acrescentar novos pontos de vista a serem analisados. Eu concordo com você e com Paulo de Tarso no que se refere ao fato de que não devemos levar as coisas ao pé da letra, mas enxergar o que existe por trás dela. Sua definição para alma gêmea é irretocável, não posso discordar dela. Só que não é isso que vem à mente da maioria das pessoas quando se fala em almas gêmeas. A teoria das almas gêmeas afirma que um espírito é incompleto até encontrar sua metade; neste caso haveria predestinação e seria o fim do livre arbítrio.

  21. Alma gêmea acho que não existe, o que existem são espíritos que têm afinidades um com o outro e que se encontram por simpatia, sem interesse ou só pela aparência, o amor verdadeiro é aquele que é conquistado aos poucos sem exigências .

  22. A letra mata e o espírito vivifica. Alma gêmea significa não duas pessoas que se completam, mas duas almas que se amam de verdade, afins. Claro, diferentes uma da outra, mas com uma afinidade muito grande.

  23. Dança das palavras eu não tinha ouvido ainda… mas ficou bonito, obrigado. Adriana, eu esperava receber mais críticas justamente por confrontar o romantismo, como você assinalou. Até agora, só elogios. Tenho comentado que o problema em receber elogios é que se torna difícil perceber os erros, fazer uma correção de rumo em tempo hábil. Por isso peço que fique à vontade para discordar do meu ponto de vista, quando for o caso. Boa noite, goste muito de você mesma, hoje e sempre!

  24. Adorei!! Muito bom ler isso justo hoje que falei tanto no assunto!! rsrsrsrs Ser um! Ser completo e indivisível!! Ser feliz consigo para depois trocar a felicidade com os outros!!
    Adorei! Parabéns pela dança das palavras….pelos pensamentos bem alinhados!!
    Pela colocação super atual e às vezes complicada se confrontada ao romantismo!!!
    Valeu!!!

  25. Obrigado por participar, Terezinha. Quero que você fique totalmente à vontade para manifestar sua opinião também quando ela for contrária, quando você não concordar com o que escrevo. O importante é que você participe.

  26. Amei essa sua publicação..por sinal quase todas que já li ótimas…parabéns por ter uma maneira tão lúcida de esclarecer sobre diversos assuntos… continuo a te seguir..obrigada.

  27. Tu não imagina como é bom ver um comentário teu, aqui. Nunca se é novo pra falar de nada, desde que tenhamos humildade e coragem pra mudar de ideia, se for o caso. Obrigado, minha irmã. Fica com Deus.

  28. Um belo texto, que fala perfeitamente sobre o que somos e como lidamos com o amor. Sou um pouco nova para falar sobre isso, mas o que eu aprendi e aprendo me faz amar mais, querer mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.