Temas abordados

Espiritismo e o novo papa, Francisco

papa-francisco-espiritismo
O papa Francisco é o maior líder cristão do mundo

Francisco é o maior líder cristão do mundo. No Brasil temos o privilégio de conviver com as mais variadas denominações religiosas, a grande maioria cristãs. Catolicismo, protestantismo, Espiritismo. Às vezes nos esquecemos de que todos somos cristãos, mesmo que com visões bem diferentes. E dentre os cristãos, foi escolhido hoje o representante do catolicismo, o novo papa, Francisco, que conta entre seus adeptos com uma em cada seis pessoas no mundo. Não é pouca coisa.

Por isso a importância de refletirmos sobre o que representa e, acima de tudo, o que pode representar para o mundo, ou para o Brasil, que nos toca mais de perto (que os meus leitores de Portugal e Angola me perdoem o bairrismo).

Há fatores que chamam a atenção em relação ao novo papa. É um latino-americano, jesuíta, conservador e com posições políticas bem definidas. A escolha de um papa argentino pode contar com a antipatia de brasileiros menos esclarecidos, que se deixam influenciar pela grande mídia, principalmente esportiva, e acreditam que exista uma rivalidade entre Brasil e Argentina. Bobagem. 

A espiritualidade superior certamente acompanha com grande interesse a missão cósmica do papa Francisco. A missão de guiar espiritualmente mais de um bilhão de espíritos encarnados na Terra neste período de transição. É a oportunidade que a América Latina recebe para propor inovações ao Velho Mundo.

A exemplo de João Paulo II, há uma tentativa, por parte de Francisco, de aproximação com outras denominações cristãs. Em 2006, num evento com a presença de evangélicos pentecostais e católicos carismáticos, o então cardeal Bergoglio, hoje papa Francisco, pediu e recebeu, de joelhos, uma oração dos pastores presentes. Dificilmente os espíritas irão contar com a boa vontade do novo papa, mas uma harmonia em nome do cristianismo já está de bom tamanho. 

Muito se tem falado em crise na Igreja Católica, e é verdade que ela vem perdendo fiéis. Mas a crise que nós percebemos não é no catolicismo, é uma crise instalada nos costumes da população mundial, é uma crise cultural global. Francisco terá muito trabalho. Se lembrarmos, sem preconceito e sem ranços históricos, que o principal objetivo da Igreja Católica é a evangelização (e nisso a Companhia de Jesus é tradicional na América do Sul), perceberemos que sua missão é nobre, é o preparo dos espíritos encarnados, neste despontar do terceiro milênio, para as mudanças planejadas para o planeta. No meio espírita este assunto é comum – transição planetária, mudanças na Terra – mas seria ridículo pensar que as mudanças em curso serão protagonizadas exclusivamente por espíritas. Esperamos que Francisco tenha forças para encetar essas mudanças.

O novo papa é um homem de costumes simples. Talvez dê ênfase ao combate ao materialismo consumista e destruidor que viceja hoje. Há um grande planejamento espiritual em curso, é fácil perceber que a escolha do novo papa faz parte disso.

Muito se critica o conservadorismo católico. Mas os conservadores são necessários em qualquer corrente de pensamento. Sem o conservadorismo não há base, não há linha-mestra. Pessoalmente acho que o catolicismo vai perder muito mais fieis do que vem perdendo, principalmente no Brasil. As pessoas buscam resultados diretos e palpáveis para as suas vidas, um envolvimento espiritual mais humano e menos formal. Encontram isso nas diversas igrejas evangélicas e no espiritismo. Os que restarem no catolicismo serão religiosos de fato, não apenas seguidores tradicionais. Então ressurgirá uma nova Igreja, muito mais dinâmica e ativa, com um papel destacado na sociedade. Uma Igreja evangelizadora e tolerante, ativa nas questões ambientais e sociais e ciosa da integridade moral de seus representantes.

A escolha de um papa latino-americano é significativa. É prenúncio de mudanças profundas, que podem não se concretizar no papado de Francisco, mas que começarão agora. É forte a possibilidade de que o diálogo religioso e cultural se consolide no mundo. Parabéns aos católicos. Parabéns aos argentinos. Parabéns aos cristãos. Estejamos unidos em objetivos superiores.

Conheça meu canal no Youtube!

Artigo AnteriorPróximo Artigo

52 Comentários

  1. “A religião pura e sem mácula, para com o nosso Deus e Pai, é esta: visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações, e a si mesmo guardar-se incontaminado do mundo” Tiago 1:27. Esta é uma das passagens do Evangelho de Jesus que mais gosto. Jesus não criou, não fundou religião alguma a não ser a religião do AMOR, a Religião do Amor Universal. Deus é um só e portanto todos, todos somos irmãos. Volto a citar Tiago: 11 – “Irmãos, não faleis mal uns dos outros. Aquele que fala mal do irmão, ou julga a seu irmão, fala mal da lei, e julga a lei; ora, se julgas a lei, não és observador da lei, mas juiz. 12- Um só é Legislador e Juiz, aquele que pode salvar e fazer perecer; tu, porém, quem és, que julgas o próximo?” Tiago 4:11-12. O Verdadeiro Cristão ajuda a todos com seu Coração Bondoso. Vamos fazer o Bem que é um Bom Negócio…
    VIVA JESUS!

  2. Boa noite, acredito que esse papa terá um papel muito importante para a reforma da igreja católica, irá tentar uma aproximação maior com os fiéis e com outras crenças, aliás se faz necessária uma reforma, pois vivem num sistema arcaico, porém tenho como crença que nesse processo de transição que passa nosso planeta ocorrerá pra próxima época uma agregação das crenças e principalmente a implementação das bases kardequianas para as religiões, porém acredito que a religião DA NOVA ERA, e isso irá demorar alguns séculos, se baseará numa crença comum universal baseada no amor e sabedoria, sem dogmas, rituais, liturgias etc. que na verdade as religiões são fragmentações temporárias da espiritualidade. Quando você estuda livros ditado por espíritos de orbes mais avançadas (por exemplo os habitantes de Saturno, Júpiter, Vênus etc.) eles vêm nos esclarecer sobre essa unificação. Todos os mecanismos evolutivos de um planeta estão ligados a uma perfeita harmonia lideradas pelo engenheiros siderais por supervisão do criador. Então, caros colegas, fiquemos tranquilos e busquemos ao máximo a procurar a Verdade e praticar o bem, abraços.

  3. Procuro sempre ver o lado positivo das coisas. Não me passa pela cabeça que “todos vão viver em paz daqui pra frente”. Mas tudo tem um começo…

  4. Morel você é muito bãozinho falando sobre o Papa num discurso de papo de anjo onde todos vão viver em paz daqui pra frente onde o coração falou mais alto que a razão. Eu acho que você vai quebrar a cara!

  5. O mundo está necessitando de diálogo, que discuta mais sobre diversidade, tolerância, solidariedade, desigualdade social e o papel da religião neste contexto. A religião é sem duvida um fermento social e tem papel importante neste momento de transição… Viva o papa Francisco, Viva Francisco de Assis, Viva Chico Xavier…

  6. Ronaldo, o Espiritismo é claríssimo em relação ao aborto. Por que as tais revistas espíritas a que você se refere deveriam mencionar algo que é inquestionável na vasta literatura espírita? A sua opinião a respeito da homossexualidade é a sua opinião, e deve ser respeitada como qualquer outra. Mas é apenas a sua opinião, Ronaldo. Mesmo que se reconheça que se trate de “disfunção da energia feminina”, há milhares de coisas mais urgentes com que nos ocuparmos em nossa caminhada evolutiva.
    Respeito suas ideias, de verdade. Aprecio pessoas com opinião própria. Mas você conhece o Espiritismo superficialmente e generaliza. O que escrevo é minha opinião. Tomo o cuidado em não contrariar princípios da doutrina. Mas não sou porta-voz do Espiritismo, assim como nenhuma revista é.

  7. O que eu quis dizer é que a mídia esconde, por exemplo, que Chico Xavier (que era um cara bem sensato) sabia dos riscos do aborto incluindo os níveis espirituais. Já soube de casos de um nódulo se criar no corpo emocional (astral) da mulher e que ela não engravidava por nada até resolver isto. Cadê que hoje se fala isto nas revistas espíritas? Só falam o que o corpo emocional das pessoas querem.
    Modernismo que eu digo é, por exemplo: os gays têm que ser respeitados e devem ter o direito de viverem com seus parceiros sem ninguém se intrometer. Mas que isto é um problema que para mim passa por uma disfunção da energia feminina que todos nós temos, mas os homens devem canalizá-la em outros chacras e não no básico. Espíritas sabem disso, mas como têm muito espirita gay, não se fala nisso no meio espírita. Lógico que a pessoa se harmoniza se quiser e ninguém pode obrigá-la. Medições radiestésicas podem verificar isto nas pessoas, mas hoje em dia a modernidade politicamente correta não permite isto.
    Fui claro?

  8. Ronaldo, a liberdade de expressão faz com que todos encontrem o que procuram na mídia. A grande mídia, realmente, não está procurando opiniões isoladas sobre qualquer assunto. Não sei o que o Espiritismo tem a ver com isso.
    Você pode ser mais explícito em seus cometários; sempre aceito críticas elegantes. Mas realmente não entendi o que você quer dizer. Conheço História, cursei História na UFRGS. Se você se refere ao sexo e à liberalidade sexual, advirto que não podemos tomar o efeito como causa. Sempre penso antes de escrever. Posições modernas? O modernismo está ultrapassado há tempo…

  9. Caro colunista, seu artigo é interessante mas deixe tecer alguns comentários: o Espiritismo encontra-se numa zona de conforto que lhe permite escrever e reescrever o que quiser que o impacto na mídia, por exemplo, é baixíssimo. Somente aparece quando fazem filmes que o conhecimento mínimo do mundo astral condena, pois mães que não se desapegam de filhos desencarnados e que por meio de cartas se comunicam com eles. Ora, assim estas almas (simplificando) ou os corpos emocionais (astrais) destes mortos nunca serão liberados por estes seres. Eu sou conservador como em geral os Papas são, pois se estudarmos História (Roma antiga por exemplo) veremos que muita sodomia (hoje vista como liberdade sexual) acabou com aquele império. Ou Átila , rei dos hunos, não foi traído por uma mulher (ligada a ele por questões sexuais)? Não é reprimir ou moralismo banal, mas é ter consciência que o chacra básico está ligado à Terra e à sobrevivência, e se formos ligados ao mundo espiritual por ele, estamos fritos.
    Antes de escrever algo, pense um pouco mais ao explicitar sua opinião por posições modernas.

  10. Sim, também penso assim, até porque todas as religiões caminham para a evolução, né? De nada, que Deus te abençoe.

  11. Rodrigo, eu concordo com o seu posicionamento em relação à Igreja Católica como instituição. Ninguém mais ou menos esclarecido desconhece o poderio econômico e temporal do Vaticano. Mas pela amplidão desta instituição, pela grande diversidade de manifestações e correntes de pensamento que coexistem dentro dela, acredito que ela ainda nos proporcionará grandes benefícios. A aparente coesão interna da Igreja Católica não vai durar muito tempo, e quando se tornar insustentável, a discussão e transformação de valores será inevitável. Obrigado pela contribuição.

  12. Olá, Morel. Sou evangélico e pastor, porém acredito nas doutrinas kardecianas, talvez não em tudo, mas tenho o meu próprio jeito de pensar, certamente porque ainda estou aprendendo e evoluindo como todos aqui nesse planeta. Eu gostei muito do seu site e suas explanações sobre o Caminho, embora tenha algumas opiniões diferentes dos demais em algumas questões como a da igreja católica. Penso que a igreja nunca vai ser mais tolerante e sempre será conservadora, pois se baseia nas tradições e na bíblia, fontes de conservadorismo extremo. Sei que para que Jesus Cristo realmente nasça em nossos corações essas limitações devem ser quebradas, e talvez a própria extinção da igreja como é se faça nessessária, para que uma nova igreja venha surgir de suas ruínas assim como acontece com muitas civilizações e entidades humanas em todos os tempos. Felicidades.

  13. Jesus Cristo pregou a humildade, a simplicidade. O papa vive no Vaticano, país mais rico do mundo , e na riqueza. Não entendo, será que o papa é mais importante que Jesus? Na Palavra, Bíblia, Apocalípse 17:10,11… nos esclarece algo importante. Quem é o “papa”?????

  14. Lorena o que está acontecendo com você é conhecido no Espiritismo como auto-obsessão. Você se alimenta, mental e emocionalmente, com pensamentos mórbidos. Procurar ajuda é importante, num primeiro momento. Mas você vai ter que se ajudar. É preciso uma mudança nos seus hábitos e atividades. Só assim você conseguirá obter domínio sobre os seus pensamentos.

  15. Obrigada, Morel. Você tem razão, está sendo difícil me organizar os pensamentos em questão às tragédias, não só a de Santa Maria mas todas as outras, que parece que eu entro dentro delas, tenho que saber, procurar, vídeos, fotos, isso me incomoda muito, mas ainda não sei como separar as coisas. Eu sou de Uberaba, aqui há maravilhosos centros, vou achar algum que me ajude. Só mais uma pergunta: Ter medo da morte é normal, mas um medo absurdo de deixar aqui minha família, tem noites que nem durmo com medo de perdê-los.

  16. Lorena, entendo o que você sente. A dor alheia, quando nos sensibiliza, gera uma sensação de impotência muito frustrante. Mas você não ajuda em nada com este sentimento, pelo contrário. A sua angústia se une a sentimentos semelhantes, externados por outras pessoas, e forma uma massa psíquica que alimenta o sofrimento num círculo vicioso. Não podemos dar o que não temos. Se você não pode contribuir com nada, nem com a sua paz de espírito, é seu dever moral controlar os seus pensamentos, mudar o foco, cultivar bons pensamentos e sentimentos. Procure um centro espírita, relate o seu caso, se for possível, e se reenergize com passes magnéticos. Procure boa leitura e muita ocupação, muita atividade. Mantenha-se ocupada. Isso serve não só para este caso, especificamente, mas para qualquer ocasião em que o seu padrão de pensamentos se tornar insustentável. Uma sensibilidade como a sua indica mediunidade a ser desenvolvida. Pense seriamente em frequentar um grupo de estudos espíritas e trabalhar com a mediunidade.

  17. Morel, queria muito a sua ajuda A tragédia de Santa Maria me incomodou muito e está me incomodando demais a ponto de perder a minha concentração, é como se eu tivesse que fazer alguma coisa a respeito, a alguém ou alguma coisa que eu nao sei o quê. Será que você pode me ajudar? Mortes com jovens me imcomodam muito, parece sempre que eu tenho que fazer alguma coisa. Gostaria muito de uma ajuda sua. Obrigada.

  18. Maria, eu confesso que desconheço qualquer opinião espírita a respeito do tema. Mesmo porque, grande parte dos autores espíritas evita opinar sobre assuntos ligados às demais crenças. Você terá que pesquisar em outra fonte…
    Um abraço, Maria.

  19. Bom dia Morel.
    Tenho uma dúvida, não muito ligada ao seu artigo postado, mas se for possível se esclarecer…
    Que é sobre os segredos de Nossa Senhora de Fátima, na qual o terceiro fala sobre algo a acontecer durante o cargo de um Papa. Dessa maneira gostaria de saber o que o espiritismo fala sobre o assunto.
    Abraço.

  20. Davi, peço desculpas pela demora em responder e por não ter lido a reportagem completa. Minha opinião a respeito não significa muito; não acompanho o noticiário, portanto, me faltam subsídios para abalizar qualquer afirmativa mais categórica.
    Acredito que o papel de Francisco será o da transitoriedade. Assim como a geração de hoje, que oferece uma quebra de paradigmas sem acrescentar um pensamento original, me parece que Francisco irá acenar com a mudança sem, no entanto, mudar muito. É preciso a transição.

  21. Prezado Morel,

    Pesquisei o Google à procura de uma abordagem espírita sobre o novo papa (apesar de não ser católico, gostaria muito de saber que foi alguém realmente escolhido pela Espiritualidade Superior, que dará novos e necessários rumos à Igreja e aos fiéis) encontrei seu site e só vi confirmado aquilo que eu pensava com meus botões após ter lido o artigo a seguir, publicado no Estado de S. Paulo, cujos apontamentos sugerem “sinais claros de uma nova reconstrução da Igreja” e que contém entrevista com um padre jesuíta:

    http://www.estadao.com.br/noticias/suplementos,um-papa-que-anda-a-pe,1009575,0.htm

    Não sei se você terá tempo, mas eu ficaria muito contente de conhecer sua opinião, aqui mesmo nesta seção de comentários, a respeito do que é relatado neste artigo (assim como fiquei ao ler seu texto sobre o novo papa).

    Um abraço!

  22. Sou Angolano, meu companheiro de Jornada, e aqui de longe do outro lado do Atlântico, dou-lhe os meus parabéns pelo texto excepcional… Só não gostei daquele seu bairrismo que eu chamo de regionalismo, pois para mim o “Papa Xico”, é um terceiro mundista, que irá com certeza olear a máquina infernal do Vaticano no sentido desta voltar a ser a igreja dos pobres e caminhar ao lado dos outros seus irmãos Cristãos, incluindo os Espíritas, pois nenhuma e nenhum é o dono da verdade absoluta.
    Um abraço fraterno

  23. Obrigado por contribuir com o seu ponto de vista, Tiago. Muito bem articulado e fundamentado. Mais um aprendizado.

  24. Penso que o mais significativo nesse novo Papa é o nome por ele escolhido: Francisco. Certamente lembrando Francisco de Assis, o homem que na idade média reformou a Igreja Católica, mas reformou pelo exemplo, sendo simples e abrindo as portas dos conventos para o apostolado. Como o próprio Francisco dizia: “minha cela é meu corpo e meu convento é o mundo”. Porém Morel, na minha opinião é um engano classificar Francisco de Assis como revolucionário ou reformador. Se hoje ele estivesse entre nós com certeza seria tachado de conservador. Como de fato o foi na sua época, é só ler os seus escritos para constatar como ele venerava a Igreja e seguia e ordenava os frades a seguir fielmente a hierarquia eclesiástica. Contudo a história viu nele um transformador, seguindo radicalmente o Evangelho ele mudou a estrutura da Igreja. Talvez seja isso que o novo Papa quer transmitir com o nome Francisco: alguém disposto a mudar, mas vivendo o essencial, que são os ensinamentos de Jesus.

  25. Brilhante mensagem. Particularmente dou destaque para dois pontos: a um: ” seria ridículo pensar que as mudanças em curso serão protagonizadas exclusivamente por espíritas”. Acrescento que, conforme nos ensinou Jesus, “o espírito sopra onde quer”;
    a dois: “ressurgirá uma nova Igreja, muito mais dinâmica e ativa… Uma Igreja evangelizadora e tolerante, ativa nas questões ambientais e sociais e ciosa da integridade moral de seus representantes”. Trata-se de uma Igreja propensa a resgatar o cristianismo em sua originalidade (cristianismo redivivo). Paz em Cristo.

  26. Paz e Alegria, Morel! Este comentário foi postado por um anônimo em seu artigo compartilhado por nosso blog. Fica bem! Bella.

    Brilhante mensagem. Particularmente dou destaque para dois pontos: a um: “seria ridículo pensar que as mudanças em curso serão protagonizadas exclusivamente por espíritas”. Acrescento que, conforme nos ensinou Jesus, “o espírito sopra onde quer”.
    a dois: “ressurgirá uma nova Igreja, muito mais dinâmica e ativa… Uma Igreja evangelizadora e tolerante, ativa nas questões ambientais e sociais e ciosa da integridade moral de seus representantes” – acrescento, uma Igreja propensa a resgatar o cristianismo em sua originalidade, chamaria isso de cristianismo redivivo. Paz em Cristo.

  27. Obrigado, Gabriela. Pelo perfil conservador do papa Francisco, é difícil que a Igreja Católica se abra para novas concepções. Acho que ainda não será desta vez.

  28. Espero que o novo papa abra a igreja para novas concepções, deixe abertas as portas da inovação para conseguir ganhar novos fiéis. Simpatizei muito pelo novo papa pela sua simplicidade e simpatia. Parabéns pela escolha. Parabéns Felipe pelo artigo.

  29. Quanto ao fundo preto e letras cinzas eu resolvi o desconforto alterando o nível do zoom, o meu navegador internet é antigo e funcionou. Espero que dê certo pra vocês também!

  30. Tenho acompanhado há pouco tempo seus artigos e fico muito feliz em ver uma pessoa com pensamentos tão sensatos e livre de qualquer preconceito. Parabéns!

  31. Me surpreendi muito com a notícia de que um latino foi eleito Papa, realmente não acreditava que poderia acontecer. Espero me surpreender também com o eleito, que ele utilize bem sua importância como líder religioso de uma das maiores – senão a maior – religião do planeta para transmitir uma mensagem de amor, tolerância e respeito entre crenças e etnias, o que é extremamente necessário para o período em que vivemos. Parabéns pelo texto!

  32. Enrico, o fundo é branco. Pelo que pude observar, este problema ocorre nas versões mais antigas do Internet Explorer. Eu utilizo em meu site uma plataforma WordPress. E pelo que pesquisei, inclusive consultando técnicos, não há uma plataforma que funcione perfeitamente em todos os navegadores. Lamento…

  33. Caro Morel. Parabéns pelo texto, muito equilibrado. Gostaria de fazer uma crítica construtiva. Fundo cinza com letras pretas fica incômodo para ler. Que tal um maior contraste? Ex: letras brancas. Abs.

  34. Patricia, cada um tem o seu tempo; não devemos nos preocupar com o que os outros pensam. Obrigado pelo comentário.

  35. Não creio que a religião importe e sim a fé e o costume de fazer o bem ao próximo. Eu sou espírita porque acredito que nessa vida já estava preparada para aprender algumas verdades sobre nós mesmos, porque se parar pra pensar não é qualquer pessoa que tem preparo emocional para aceitar muitas coisas nas quais acreditamos, triste isso, porque se entendessem suas vidas seriam muito mais fáceis e seus fardos não seriam mais fardos mas sim lições um pouco mais trabalhosas, a morte da carne não seria a fonte de todo medo, e mais triste é não sermos respeitados e tratados como loucos porque enxergamos um pouquinho mais além, né….
    Acredito que esse será sim um bom papa para a humanidade, e até simpatizo mais com ele do que com bento XVI, afinal é latino americano e jesuíta…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.