Comportamento, Reencarnação

Muitas vidas em uma vida

Muitas vidas em uma vida

Ouça este artigo na voz do autor

Hoje vivemos várias vidas em uma. Muitas vidas em uma vida. Você sabe que através da reencarnação temos a oportunidade de refazer coisas que fizemos no passado. Tudo aquilo que ficou defeituoso, desajustado, exigindo reforma, nós podemos consertar nesta vida. Mãos à obra, então!

Você acha sua vida difícil? Ainda bem que não. Se você achasse sua vida difícil você teria que mudar, porque a vida só muda se você mudar. Mas eu entendo que você ache a vida agitada, turbulenta. Hoje nós vivemos muito mais intensamente do que nas outras vezes em que estivemos passeando aqui na Terra.

Tudo é muito mais dinâmico, mais rápido, mais complexo. O que você levava cinco ou seis ou dez reencarnações para fazer, você tem que fazer de uma vez só na sua vida atual. O que você levou séculos pra experimentar hoje você experimenta em alguns anos.

Na sua vida atual você convive com muito mais pessoas do que jamais conviveu antes. Você se relaciona com pessoas de várias origens e classes sociais diferentes. A maioria das pessoas tem vários relacionamentos amorosos, e provavelmente essas relações não começaram nesta vida. Os novos modelos familiares, mais amplos e abertos, permitem que se conviva intimamente com várias pessoas.

Todos nós somos espíritos imortais testando as aptidões que adquirimos nestes últimos milênios. Muitos de nós vem há dezenas de vidas repetindo erros, encontrando dificuldades em superar algumas falhas de caráter. Graças a Deus, nossas falhas não são todas as mesmas. As minhas não são iguais às suas, as suas não são iguais às dos outros. É assim que evoluímos. Pelo contraste que encontramos uns nos outros. Você sempre vai encontrar alguém pior e alguém melhor do que você. E, por mais insignificante que possa parecer a pessoa com quem você conviva, ela sempre é melhor do que você em alguma coisa. Todas as pessoas são melhores do que você em alguma coisa. E há alguma coisa em que você é melhor do que todos. Nós nos complementamos, nós precisamos uns dos outros pra crescer, pra aprender, pra evoluir, pra sermos felizes.

Essa é provavelmente a primeira vez em que você tem tanta liberdade para escolher o que fazer da sua vida. Em suas vidas anteriores, quando você nasceu muitas coisas do seu futuro já estavam praticamente determinadas. Hoje você pode escolher sua profissão, e a maioria exerce várias profissões, tem vários empregos durante a vida. Você tem liberdade para estudar, coisa que era praticamente inviável em suas vidas anteriores. No decorrer da História, uns poucos privilegiados tinham acesso ao estudo.

Se aumentaram suas experiências, nesta vida, também aumentaram, e muito, as tentações. Talvez você não goste desta palavra. Ela é pesada, antiquada, mas não encontrei outra melhor. As tentações estão por toda parte. Os prazeres hoje são muito mais disponíveis e intensos do que nas suas vidas anteriores.

Nunca houve tantos prazeres materiais disponíveis. Prazeres da mesa, que estão engordando a população humana em grande parte do mundo. Toda espécie de drogas à disposição de quem quiser. Você tem ideia de como era raro encontrar drogas no passado? Nunca houve um apelo consumista como existe hoje. A imensa oferta de roupas, eletrônicos, bolsas, sapatos, automóveis e toda espécie de bugigangas tem o poder de hipnotizar milhões de pessoas. Muita gente vive em função de adquirir, de comprar. E nisso desperdiça suas energias, nisso gastam seus melhores anos. Em momento algum o sexo esteve tão em evidência como hoje. Nunca a oferta e disponibilidade de experiências sexuais foi tão fácil, tão acessível.

Hoje há mais de tudo, absolutamente tudo! Você vive muitas vidas em uma vida. Você vive uma experiência extremamente intensa encarnado na Terra. E você não pode deixar de tirar proveito disso. Lembre-se de que você não veio pra curtir os prazeres da carne, os prazeres da matéria.  Não há nada de errado com eles, se houver limite de sua parte. Mas você veio aqui para reorganizar suas relações com os outros, você veio aqui para se rearmonizar consigo mesmo, você veio aqui para aprender a controlar seus pensamentos, e isso inclui vencer esse monte de tentações. Não perca o seu passeio pela Terra. Não se permita ter que voltar para recomeçar tudo em condições mais complicadas…

Conheça meu canal no Youtube!

Artigo AnteriorPróximo Artigo

18 Comentários

  1. Sr Morel
    Boa noite
    Com tantas oportunidades, tanta tecnologia, porque muitas pessoas ainda sentem-se muito sozinhas, e têm grandes dificuldades nesta escola chamada vida.
    O que veio para facilitar a vivência, torna-se pesado demais para alguns.
    Será que aí enquadra-se a explicação que “cada um de nós está em um grau de evolução diferente?
    Acho que muito se conversa ao telefone, na internet, mas nas relações pessoais ainda existe uma falta de diálogo.
    Obrigada.
    Mariá

  2. Todos precisamos de um período de readaptação ao plano astral. Do mesmo modo que alguém quando reencarna precisa de longos anos de aprendizado até tornar-se adulto e autossuficiente, o mesmo ocorre no caminho inverso.

  3. Ana, você está certa. A sua tia comete um equívoco ao pensar que a sua avó, pelo fato de haver desencarnado, tenha condições de prestar serviços aos encarnados imediatamente. Ela precisa, sim, desligar-se do plano físico. Ore para que isso aconteça. Com amor e serenidade.

  4. Não expliquei que a minha dúvida também se refere ao seguinte: se ela supostamente continua a ajudar a minha tia e vem me ver, então é porque ainda não se desligou da matéria? E se isso acontece, então não terá a oportunidade de voltar a reencarnar tão cedo visto que ainda aqui anda?

  5. Morel, tem uma questão relacionada com a minha avó já desencarnada em janeiro de 2004. Eu previ a sua morte e mesmo não querendo acreditar na altura, aceitei o luto de forma muito pacífica pois minha mãe ficou pior que eu, e só me preocupei em dar- lhe apoio. Aconteceu um ano e meio depois eu começar a ter sonhos lúcidos com ela ( perguntava-lhe: que estás aqui a fazer? Tu estás morta!) ela não me respondia e vinha com o meio de me dar avisos e conversar comigo. Uma vez, ela disse me: esta será a última vez que irás ver me. E realmente passei muito tempo sem a ver em sonhos até que, uma noite sonhei ( que era uma noite estrelada e vi um casarão enorme do qual saiam dezenas de espíritos voando luminosos em direção ás estrelas ( muito lindo) e deu me a sensação de que estavam a libertar se de algo. Um desses espíritos era a minha avó que nada me disse, apenas sorriu para mim e voou em direção ao céu estrelado. Acordei com uma sensação de paz e pensando que ela finalmente havia encontrado o seu lugar. O que acontece, é que a minha tia tem sensibilidade mediunica acentuada e pratica sozinha em casa seguindo se pelo seu instinto em ajudar os outros. Um dos seus guias, ela referiu me que é a minha avó porque a minha tia lhe pediu que fosse a sua auxiliar e que ela aceitou. eu senti me profundamente incomodada por essa notícia. não sei porquê mas tenho a sensação de que também a minha avó precisa de ajuda para evoluir no plano espiritual e como sempre, mesmo depois de desencarnada tenta sempre ajudar os outros ( principalmente os familiares) . Tenho sentido a sua presença em minha casa, vem visitar os meus filhos, dá sinais através dos brinquedos deles e esteve comigo no momento em que estava prestes a ser mãe, na força da situação acabei sozinha no quarto da maternidade e desejando que não me deixassem ali só. Até que eu senti fortemente a sua presença. Eu adoro a minha avó e nós temos uma ligação muito forte ( era a única pessoa que me abraçava em momentos de crise e não precisava dizer nada, pois transmitia me muita segurança) mas eu tenho um desejo muito forte que ela encontre paz e se desligue um pouco deste plano físico. Será correto eu pedir isso?

  6. Não existe regra para isso. Somos todos diferentes, cada caso é um caso. Mas certamente eles estão sendo bem cuidados e aos poucos serão orientados para um recomeço.

  7. Boa noite, tenho uma duvida, meus sobrinhos de 2 e 3 anos foram assassinados cruelmente. Viveram muito pouco nesse mundo, tem a possibilidade deles voltarem? Em quanto tempo? Obrigada

  8. As obras de André Luiz costumam tratar de exemplos dessas questões. Há espíritos que deixam de ir a planos mais elevados a que tem acesso por merecimento, para permanecer auxiliando no progresso de espíritos a quem se ligou por fortes laços de amor. Já no primeiro livro de André Luiz, Nosso Lar, há o exemplo da Ministra Veneranda, que estava há mil anos acompanhando sua família espiritual sem reencarnar.

  9. Morel, por que tem espíritos que não precisam mais reencarnar, eu pergunto isso porque tenho uma pessoa no plano espiritual que me guia quando eu estou muito abalado com acontecimentos bons ou ruins na minha vida que me disse ser uma noiva que eu tive e é estranho que eu tive um sonho que eu era um soldado em uma época medieval e essa pessoa, então uma moça, era minha noiva, e nós éramos muito felizes, lembro do castelo em que ela juntamente com sua mãe trabalhavam de cozinheiras e eu fazia parte da guarda do castelo, às vezes tenho impressão de ser a Bastilha na França bem antes da revolução, tanto que quando vejo fotos antigas de soldados com armaduras fico prestando atenção, pois a armadura que usávamos era bem clara. Essa moça me apareceu em sonho e disse que nós viajávamos de mãos dadas mas sem tocar os pés no chão, nós levitávamos e ela me dizia que estava me esperando, me dando a entender que ela não iria precisar reencarnar mais nesse plano, mas que eu precisei voltar para acertar algumas coisas e ela estava me ajudando e torcendo por mim para que nós fôssemos juntos a outro plano, para que após essa minha vida eu estivesse pronto, eu sei que parece loucura mas eu garanto que não estou inventando, nunca comentei isso com ninguém a não ser um irmão que eu tinha que era umbandista; após essa viajem segurando na mão dela nós chegamos à casa de meu pai e ele estava com câncer na época no sonho e na vida real e ela me disse que por ora bastava e que eu tinha que ir cuidar dos meus, eu entrei naquela casa e ela subiu pro céu.
    Por isso queria saber: existem espíritos que não reencarnam mais entre nós e estão aguardando irem a um novo plano ou quem sabe estão esperando a evolução da sociedade em que vivemos? Sabe explicar, desculpe te enfadar com isso.

  10. Silvoni, se fôssemos suficientemente fortes, não precisarámos evitar determinados ambientes. Mas ainda somos muito influenciáveis…

  11. Boa tarde!
    Desde que comecei a estudar a doutrina tenho ido menos a festas, em muitos casos prefiro ficar lendo um livro e tem uma cobrança de certas pessoas, o apelo é grande, mas estou me sentindo muito bem pela escolha e seus textos têm me ajudado muito.

  12. Daniela, nada na espiritualidade é padronizado. Há tantos casos diferentes quantos são os espíritos que habitam o planeta. Podemos dizer que há uma média entre trinta e cinquenta anos. Mas há espíritos que ficam séculos sem reencarnar, e também há espíritos que reencarnam mais rápido que isso. Quando a reencarnação é planejada como nosso consentimento, temos um longo período de trabalho e aprendizado no plano astral. Retornamos ao plano material quando estivermos preparados para o novo planejamento, e isso requer a conivência e participação de inúmeros outros espíritos. Há um complexo planejamento por parte dos espíritos superiores a nós, para reunir o máximo possível de espíritos que tenham reajustes a fazer uns com os outros. É um emaranhado perfeito de histórias que se entrecruzam.

  13. Olá, boa Noite! Gostei muito do texto e queria saber quanto tempo leva o espírito para voltar a terra, a se reencarnar novamente? Fico grata pela resposta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.