Artigos mais lidos, Comportamento, Sexualidade, Sonhos e Projeção astral

O sono e a vampirização sexual

vampirismo

Para onde você vai quando está dormindo? Você sabia que enquanto seu corpo físico repousa você continua em atividade? Você é espírito imortal. Você é um espírito encarnado, revestido dum corpo físico que dificulta seu acesso ao plano astral. O corpo físico só permite experiências com o plano físico.

Quando você dorme, o corpo físico fica deitado, repousando, enquanto você, muitas vezes, aproveita essa liberdade provisória para fazer coisas que normalmente não se permite. Hoje vem se tornando cada vez mais comum o fenômeno da projeção consciente. Em tese, qualquer pessoa pode treinar e desenvolver a capacidade de se manter lúcido enquanto o corpo físico repousa. Nesse caso, a consciência acompanha o corpo astral (ou perispírito).

Mas a projeção acontece quase sempre. Para nos projetarmos, ou seja, para atuarmos com o corpo astral, não precisamos estar conscientes disso. A maioria de nossos sonhos se trata de experiências no plano astral. Como o cérebro físico não participa dessas experiências, já que o corpo físico está dormindo, as lembranças que temos dos sonhos são confusas, dispersas e quase sempre sem nexo.

incuboMuitas pessoas mantêm durante o período de sono as mesmas atividades rotineiras. Agem como zumbis. Mas quero abordar o caso de quem se aproveita (inconscientemente) desses momentos de relativa liberdade, para praticar coisas que aqui no plano físico são inviáveis. Inviáveis por não estarem ao alcance ou por serem contra a lei, contra a moral, contra as conveniências.

A literatura espírita nos mostra, e é algo que eu pude constatar pela observação e experiência, que grande parte dos encarnados vai em busca de prazeres quando projetados. O sexo é, disparado, o maior atrativo para esses festeiros. Mas também é comum a procura por vícios de toda espécie; como álcool, drogas, jogo, negócios escusos. Inimigos se encontram para brigar, criminosos voltam ao local do crime, ladrões roubam, fofoqueiros fazem intrigas, invejosos sabotam, rancorosos praticam vinganças.

Leitura pesada, né? Prefiro tratar de assuntos mais leves, mas há verdades que não podemos ignorar. Dorme-se grande parte da vida. É muito tempo. Esse tempo não pode simplesmente fugir ao nosso controle. Mas como controlar? Isso é quase óbvio. Nossas atividades astrais seguem o padrão de nossos pensamentos no estado de vigília. O que pensamos durante o tempo inteiro, quando acordados, determina o lugar para onde vamos e as companhias que teremos durante o período de sono.

Por isso a atração quase irresistível que o sexo provoca nos encarnados desdobrados do corpo físico. O apelo sexual está ativo como nunca. Nunca se teve acesso tão fácil à pornografia como hoje. Pesquisas têm apontado para o fato de que a quase totalidade dos homens com acesso à internet consome pornografia. Fora a internet, o erotismo está na televisão, para quem quiser ver. Estou parecendo puritano? Sou tão humano quanto você que está lendo. Mas não podemos nos acostumar a isso e pensar que a busca por pornografia é normal.

O desejo sexual descontrolado envolve hormônios, emoções, imaginação, fantasias e fraquezas de todo gênero. Tudo o que você coíbe durante a vida de relação, quando está acordado, você libera durante o período do sono físico. Você acha que quem consome pornografia faz isso sozinho? Os espíritos estão por toda parte, lembra? Por que você acha que deixariam você só nessas horas? Talvez para respeitar sua privacidade!? Seria muita ingenuidade pensar assim.

Há verdadeiras redes no astral inferior (ou umbral) especializadas em sexo sujo. Essas redes têm sua contraparte física aqui. Você ainda não se deu conta do poder e alcance da internet como rede conectora de mentes e pensamentos? Pois se é assim para as amizades virtuais, também funciona assim com os sites pornográficos. Seus frequentadores logo fazem “amizades” espirituais que os aguardam à hora do sono. Tão logo adormecem, esses frequentadores são recepcionados por seus iguais, ansiosos por lhes vampirizarem as energias.

Não existe truque para escapar a isso. Apenas o controle sobre os pensamentos, palavras e ações. Você sabe o que é o certo. Você está no domínio. Você escolhe.

Artigo publicado originalmente em 21/08/2012

Recomendo que você assista o vídeo abaixo. Se achar que pode ser útil a outras pessoas, compartilhe!

Conheça meu canal no Youtube!

Artigo AnteriorPróximo Artigo

134 Comentários

  1. Vampirismo e Manipulacao Energetica

    infelizmente em casa tudo dava sempre errado, no entanto resolvi semanalmente limpar com vinagre e sal todas as paredes, moveis…. etc, sempre a fazer o sinal da cruz nos cantos da casa com alcool canforado e o que eu descobri ultrapassa ate a imaginacao.
    descobri entao varios portais abertos ( buracos para outras dimensoes) buracos estes que os seres das trevas usavam para entrar em minha casa… ja vou na quarta semana de limpeza e alguns destes portais ja foram selados, mas eu ainda os vejo por ca, sao muito insistente, passei a perceber que interferem em tudo, quanto mais dor, miseria, tristeza , duvidas, ciumes, pensamentos negativos eles adoram… sem contar que durante o nosso sono usam e abusam do nosso veiculo astral, sao de um aspecto horrivel, pois os vejo a fugir do alcool canforado e detestam sinal da cruz. Fui informada pelo meu anjo de guarda que eles sao os DRACONIANOS…. para fugir destes seres tao animalescos estou a manter me sempre na luz, estou a frequentar um centro espirita, estou a fazer o evangelho no lar e a manter um grau de compreensao e tolerancia sobre tudo e todos …. se eu a meses atras tivesse visto isto que vejo agora de certeza de que teria ido sozinha para um hospital psiquiatrico.
    Por isso amigos, orem, tenham calma e compreensao com o proximo… pois nos somos constantemente MANIPULADOS por estes seres…. e nunca deixem de agradecer as coisas boas! estes seres trazem muitos atrasos em todos os sentidos,…. fico a pensar em quantas vidas disperdicei perdida na ignorancia…. por isso mantenham o foco nos vossos objetivos e se alguma coisa esta mal em sua casa, peca a Deus para mostrar o que esta mal para que voce possa corrigir, nao se desespere se ver coisas que parecem aberracoes… mantenha a fe e lute pelos seus objetivos
    ABRACO DE LUZ A TODOS
    MUITO AMOR E BENCAOS .

  2. Olá , Morel , amo todos os teus artigos,… são excelentes !
    mas agora preciso da tua orientação.
    È que quando durmo, ando a trabalhar com seres negativos, vejo me em terreiros de umbamda a ter grandes convulsoes, vejo me em macas rodeada de seres estranhos(parecem estes extraterrestres que vejo na net), vejo me em situações muito estranhas, e na maior parte das vezes estas entidades torturam me… pois apanham me de costas e jogam me contra paredes , levam me nos lugares onde vai ocorrer uma tragedia com varios humanos a desencarnar ao mesmo tempo . tudo uma verdadeira tortura… só agora tomei consciencia disso, e agora até sinto medo de dormir … sou reikiana, muito sensitiva , tento sempre me manter dentro de um tubo de luz, faço meditaçoes, tenho sempre contato com a natureza, nao tenho vicios, e tento sempre ter uma atitude positiva diante da vida, e neste momento estou a frequentar um centro espirita Alan Kardec( mas ainda só fui 2 x) Portanto não sei a quem pedir ajuda !!! quem é que vai acreditar que um destes seres andou nas minhas costas e quando em meditaçao com cristais o tirei ,… saiu rosnando como um bicho e a gritar Murdok…. quase enlouqueci… e a partir dai , passei a ve los constantemente…
    Obrigada Morel,… mas isso é muito sério,… ficaria muito grata se me pudesses orientar !!! abraço de luz

  3. Nathalia, a mudança, para ser profunda, passa pelo reconhecimento de nossa responsabilidade pelo que nos acontece. É claro que, analisado sob o ponto de vista dessa atual reencarnação, você foi apenas uma vítima, pois não se pode exigir muito discernimento de uma criança de 6 anos. Mas nós somos espíritos velhos e experientes. Embora criança, você trazia uma vasta e complexa bagagem de experiências anteriores. Certamente o seu desequilíbrio na área sexo-afetiva não teve início nessa fase da infância – o que aconteceu foi apenas a continuação de um lingo processo, a retomada de suas antigas experiências. Não se considere vítima, muito menos culpada. Tivemos as mais diversas experiências no passado, e todas elas, por piores que tenham sido, contribuem para o nosso aprendizado.

    Você menciona a vigilância. Ela deve ser constante, sim, mas não apenas para você: para todos; pois todos têm os seus conflitos internos, as suas fraquezas de caráter. Esse exercício de vigilância é para sempre. Considerando – e praticando – isso, você tem, sim, totais condições de construir relações sólidas, de reconquistar confiança e de ser feliz e fazer pessoas felizes.

    Sugiro a leitura de Sexo e Destino, de André Luiz.
    Fique com Deus, confie.

  4. Morel, primeiro quero agradecer por você se permitir ser um instrumento de Deus em nos trazer tantos esclarecimentos.
    Eu sofri abuso sexual na infância por 2 anos, dos 6 aos 8 anos de idade, por um primo 10 anos mais velho. Depois ele foi embora morar noutra cidade e eu sofri muito com a partida dele. Isso não compartilhei com ninguém minha vida toda, até porque eu sentia culpa por ter consentido às investidas dele. Daí, pela antecipação de fases, eu cresci vendo tudo ao meu redor com muito apelo sexual, desenvolvi um perfil de sedutora, aos 16 já namorava e não conseguia ficar com ninguém por muito tempo. Eu gostava de provocar a atenção, começava a namorar, mas quando o jogo da conquista perdia a graça, eu partia para outro, muitas vezes traindo e fazendo sofrer a pessoa que estava comigo. Troquei de muitos namorados, nunca conseguia ficar sozinha, até que aos 27 anos busquei ajuda psicológica.
    Foi no consultório de psicologia que a cortina do autoconhecimento foi aberta. Ele me explicou que o abuso da infância trouxe consequências desastrosas e eu adquiri uma síndrome da Don Juan feminina.

    Eu comecei a me tratar, comecei a redescobrir a minha essência, e busquei me aproximar mais de Deus. Foi aí que perdoei o primo e comecei a mudar. Só que basta que eu saia da vigilância que os pensamentos negativos começam a tomar conta de mim.

    É uma espécie de vazio dentro de mim que eu não consigo explicar, eu tenho uma imensa dificuldade de ficar sozinha, daí começam a vir na minha cabeça pensamentos depressivos, coisas absurdas, que chegam até ao ponto de pensar em tirar a própria vida.

    Aí ao mesmo tempo vem uma resistência para orar. Além disso, de todos os namorados que eu machuquei tem um que eu não esqueci jamais, que eu senti muita dor por ter magoado ele, principalmente depois de descobrir que muitas de minhas ações, embora tenham sido cometidas por mim, foram feitas sob uma estrutura de pensamento totalmente doentia.
    Será que posso resgatar a minha relação com ele ainda nessa vida? Ele gosta de mim mas não confia mais em mim, entende?

    Peço a Deus forças e perdão. E peço que afaste os espíritos que desejam o meu mal, pois ainda que com muita dificuldade, estou buscando tratar meu caráter, fazendo a reforma íntima.
    Obrigada.

  5. Obrigada pelos seus artigos!
    Tenho tido desdobramentos involuntários, digo isso pois não desejo a pratica. É possível alguém me tirar contra a vontade consciente? nesta hora sinto muito medo, tenho a paralisia, formigamento e sinto algo me puxando, mas faço tanta força que acabo não indo. uma vez não consegui e acabei desdobrando, vi espíritos no meu quarto um falou comigo e outros estavam cobertos por panos, foi perturbador. Meu medo é não saber quem vou ver o que vai acontecer ou se serei usada ou manipulada, enfim, alguém pode estar me desdobrando consciente sem a minha vontade? Muitos anos tenho paralisia do sono, mas só agora tem acontecido isso.
    Obrigada pela atenção.

  6. Sílvia, não sei quais seriam os sintomas que você percebe para dizer que há um espírito perseguindo você. Pelo seu relato, me parece que essa característica é sua, não tem nada a ver com influência de espírito nenhum.
    Se você tem essa capacidade de despertar desejo, essa capacidade de atrair, isso se deve a você mesma, é uma característica sua. Todas as coisas em que nos destacamos são características nossas que nós já desenvolvemos há várias existências. Um médium bem desenvolvido, por exemplo, é um espírito que há muitos séculos ou milênios vem desenvolvendo as suas faculdades psíquicas, por isso a sua facilidade em entrar em contato com outro plano e com os seres deste outro plano.
    Quem tem esse desenvolvimento na área sexual certamente desenvolveu demais esse aspecto em outras existências. Provavelmente você abusou dos seus encantos físicos e energéticos em outras existências. Levando em consideração que esta existência atual é o nosso melhor, é o máximo a que conseguimos chegar, temos que reconhecer que nas existências passadas nós nos aproveitamos de nossas melhores características para prejudicar os outros – ou, simplesmente, para tirarmos proveito disso para nós, sem nos preocuparmos com os outros. Novamente lembrando o exemplo do médium: o espírito que hoje está encarnado como um bom médium é um espírito que abusou dos seus poderes psíquicos no passado, prejudicando os outros e/ou explorando os outros em proveito próprio. O médium não pode, hoje, simplesmente negar a sua mediunidade: ele desenvolveu essa capacidade, agora terá que saber lidar com ela. No caso do médium, ele terá que usar a sua capacidade em benefício do próximo.
    No seu caso (que é o caso de milhões de pessoas) você deve compreender que, assim como o médium, você não pode simplesmente negar essa sua característica, ou querer se livrar dela. Você desenvolveu isso, você abusou disso – isso não vai acabar de um momento pro outro. O que você tem que fazer é desenvolver a consciência de que nós somos responsáveis pelo que somos e pelo que nos acontece. E, a partir daí, tentar equilibrar-se. Aceite essa sua característica, não se revolte contra si mesma e não queira mal às pessoas que você atrai – muitas delas podem ter sido suas vítimas no passado.
    Procure espiritualizar-se; aos poucos você vai modificando essa característica, vai equilibrando-se. Mas aceite isso como algo seu: lutar contra isso não adianta.

  7. Existe um espírito que me persegue desde criança. Desde pequena o meu lado sexual é muito aflorado, desperto olhares e interesse por onde passo, em homens e mulheres também, até mesmo em pessoas próximas, pai, irmãos, já percebi olhares me desejando. Por muito tempo gostei de atrair esses olhares, desejos… mas hoje quero muito ficar livre disso. Em todos meus relacionamentos fui mal sucedida, sofri inúmeras decepções e já causei da mesma forma em outras pessoas. Não sinto prazer algum em ter relações sexuais com ninguém, me sinto mal quando acontece. Sempre acreditei no amor, mas em todos meus relacionamentos percebia que o interesse de quem estava comigo era principalmente sexual. Tenho pedido incessantemente em minhas orações que esse espírito se afaste de mim, tenho me preservado mais, não saio, não tenho vícios… mas às vezes ainda tenho relações sexuais, com intenções de ter um relacionamento normal, um namoro, mas sempre me decepciono ou faço com que decepcionem. Você pode me orientar por favor? Gostaria de viver em paz, que as coisas fluíssem pra mim, ter minha família e viver uma vida segundo o que Deus manda. Desde já agradeço.

  8. Lourdes, esses sonhos envolvendo pessoas muito próximas, como cônjuges, quase sempre são reminiscências de experiências passadas, de outras existências. São lembranças subconscientes de acontecimentos que nos marcaram muito. O melhor a fazer é tentar não dar atenção a eles.
    Quanto aos seus outros sonhos, podem ser atividade sua no astral. Temos vínculos com seres e situações “não muito edificantes”, e, quando parcialmente libertos da matéria por ocasião do sono, acabamos, muitas vezes, levando uma espécie de vida dupla. Sugiro a permanência do estudo (procure estudar André Luiz) e o tratamento num centro espírita. O tratamento com apometria pode surtir ótimos resultados. Informe-se a respeito.

  9. Morel, o meu assunto não tem a ver com esse tópico, mas vê se você pode me ajudar.
    Meu marido sempre sonha com a minha morte, e é tipo aqueles sonhos reais, ele passa o dia carente e preocupado comigo.
    Já eu, sempre sonho que ele está me traindo.
    Fora isso, meu sonhos são sempre ruins, sempre acordo cansada, irritada, não consigo controlar meu mau humor e nervosismo. Quando vejo, já falei o que não devia.
    Tenho estudado a doutrina e orado sempre. Mas sei que tenho muita coisa pra mudar em mim.

  10. Th, você está com ciúme dos sonhos dele? Por favor, tente pelo menos sentir vergonha disso!
    Como é que você quer controlar os sonhos do seu namorado?
    Isso não tem nada a ver com o que ele vê ou pensa durante o dia.
    Se você gosta dele, seja boa com ele, não queira controlá-lo.

  11. Olá. Há uns meses atrás, meu namorado escondeu de mim que estava tendo tais sonhos (dos quais acabou não me contando). Eu sou a mulher que perdeu a virgindade com ele, que nunca se relacionou (nem com beijo) com cara nenhum. Estamos há um ano juntos. E eu estou querendo desistir, pois eu não fui a primeira dele nem segunda nem terceira. E vira e mexe ele diz que não sonhou com nada. Ou sonhou que estava num lugar e tinha uma mulher mas ele não tinha contato. Cada dia uma mulher. Diz ele que não conhece. Acontece que perdi a confiança nele. E não sei o que pensar.
    Será que essas pessoas que ele vê nos sonhos são pessoas nas quais ele OLHA no dia a dia?
    Não sei mais o que pensar dele.

  12. Olá, bom dia. Estou tendo uma experiência muito ruim com isso, eu tenho paralisia do sono, só que isso além de me incomodar vem acompanhada de uma ato sexual. Quero saber por que isso está acontecendo comigo.

  13. Aline, Quando oramos, recebemos o passe ou quando nos preparamos para a meditação, nós relaxamos a mente, ou, algumas vezes, nos desdobramos parcialmente, entrando num estado ligeiramente alterado de consciência. Assim, vem à tona o padrão de pensamentos que normalmente se encontra logo abaixo da superfície – temos vários níveis de pensamentos ao mesmo tempo. Pode haver interferência espiritual, ou seja, algum espírito “associado” a você pode provocar essas imagens para lhe impedir o proveito do passe ou da oração. Mas, de qualquer forma, ele só tem acesso a você porque você permite. Carregamos conosco a bagagem de inúmeras existências. Em algumas dessas existências abusamos do sexo, o que nos mantém ligados aos espíritos que compartilham dessa característica. Isso fica claro, por exemplo, no seu hábito de pornografia e no fato de você estar se relacionando com alguém viciado em sexo. Tudo isso está vinculado a uma característica sua, que precisa ser superada. Mas não há como superar uma característica, seja ela qual for, se continuamos dando combustível a ela – não dá para apagar um incêndio com gasolina.
    Se você quiser superar isso, terá que mudar radicalmente os seus hábitos sexuais, exercitar a oração e a concentração e buscar tratamento espiritual. É possível afastar as influências espirituais, mas, se nós nos mantemos com os mesmos hábitos, esse afastamento é passageiro.

  14. Olá Morel,
    Frequento uma casa espírita mas tenho muita vergonha de falar lá o que venho sentindo…
    Quando tomo o passe e a pessoa que aplica o passe diz pra eu relaxar, pensar em coisas boas, rezar e tal eu penso na hora em sexo, que estou fazendo sexo oral em alguém. Sempre na cena que visualizo tem sexo, e eu tento afastar esses pensamentos, mas é difícil. Assim, quando eu tento rezar também é a mesma coisa.
    Sei que eu posso contribuir pra isso, pois assisto pornografia às vezes e me relaciono com uma pessoa que é viciada em sexo… Mas esses pensamentos durante a concentração, o passe e a reza sempre existiram mesmo quando eu não assistia pornografia e não me relacionava com essa pessoa ainda.

  15. Excelentes os seus textos Morel, parabéns. Nota-se que Você é uma pessoa espiritualizada. Eu tenho 59 anos; a minha vida inteira eu tive problemas com sexo desvairado: comecei com muita masturbação na adolescência, não como válvula de escape, mas como erotismo mesmo, por prazer. Namorei muito, mas não tive muitas experiências sexuais com as namoradas. Casei muito jovem, aos vintes anos de idade incompletos. Depois de casado passei a ter a companhia de um obsessor, eu não tenho nenhuma dúvida quanto a isso, não sei de dessa existência ou de outras; toda vez que fazia sexo com minha esposa, alguma coisa (uma entidade maléfica) me impulsionava a fazer coisas erradas, pensar em coisas imundas e partilhar com minha esposa essas coisas sujas e pecaminosas. Ainda bem que ela sempre me repelia, nunca quis compartilhar. Sinceramente, parece que na cama estavam três ou mais pessoas, com certeza me sugando, me vampirizando. Eu sempre me arrependia depois, ficava com remorsos e prometia nunca mais fazer, mas na próxima vez, fazia novamente, era uma coisa além das minhas forças. Como eu sempre quis parar com tudo isso, DEUS me ouviu e agora com muita oração e pedido ao nosso Pai maior, eu estou me desvencilhando disso tudo, graças à DEUS. Gostaria que você, Morel, comentasse a respeito desse assunto.
    Fique na PAZ e na LUZ! Um forte abraço.

  16. Celestino, existe, sim, a obsessão. não há dúvida em relação a isso. Mas a sua afirmação de que isso estava além das usas forças não tem base na verdade. Quase sempre quando dizemos que uma coisa está além das nossas forças, no fundo ainda permitimos que esta coisa seja mais forte do que a nossa vontade.
    Ninguém tem o poder de nos dominar, de ditar, por nós, o que devemos fazer ou deixar de fazer. Só sofremos essas influências negativas porque ainda temos, dentro de nós, essas tendências negativas – tendências que não são do ser, não coisas naturalmente nossas, são traços negativos desenvolvidos através de milênios de erros.
    Como você mesmo reconhece, tudo muda quando pedimos a Deus, com sinceridade, que haja a mudança. Mas essa mudança deve partir de nós mesmos. Não há como solucionar situação externas se nós não mudamos.
    Fique com Deus.

  17. Excelentes os seus textos, Morel, parabéns. Nota-se que Você é uma pessoa espiritualizada. Eu tenho 59 anos; a minha vida inteira eu tive problemas com sexo desvairado: comecei com muita masturbação na adolescência, não como válvula de escape, mas como erotismo mesmo, por prazer. Namorei muito, mas não tive muitas experiências sexuais com as namoradas. Casei muito jovem, aos vintes anos de idade incompletos. Depois de casado passei a ter a companhia de um obsessor, eu não tenho nenhuma dúvida quanto a isso, não sei se dessa existência ou de outras; toda vez que fazia sexo com minha esposa, alguma coisa (uma entidade maléfica) me impulsionava a fazer coisas erradas, pensar em coisas imundas e partilhar com minha esposa essas coisas sujas e pecaminosas. Ainda bem que ela sempre me repelia, nunca quis compartilhar. Sinceramente, parece que na cama estavam três ou mais pessoas, com certeza me sugando, me vampirizando. Eu sempre me arrependia depois, ficava com remorsos e prometia nunca mais fazer, mas na próxima vez, fazia novamente, era uma coisa além das minhas forças. Como eu sempre quis parar com tudo isso, DEUS me ouviu e agora com muita oração e pedindo ao nosso Pai maior, eu estou me desvencilhando disso tudo, graças a DEUS. Gostaria que você, Morel, comentasse a respeito desse assunto.
    Fique na PAZ e na LUZ! Um forte abraço.

  18. Lídia, não se deixe influenciar por este tipo de declaração sobre “padrão vibratório”. Todos aprontamos muito no passado. Se formos analisar os envolvimentos de cada um e os consequentes comprometimentos cármicos, não sobra um para apontar o dedo a ninguém. O que importa é o que somos hoje, o que nos propomos a sentir, pensar, falar e agir hoje.
    É claro que a nossa bagagem milenar nos influencia, e muito. Mas não podemos nos abalar por isso. Nem podemos taxar os espíritos que nos assediam como “obsessores”. Afinal, são nossos velhos conhecidos, e sabemos que espiritualmente não há inocentes. Não se preocupe com a questão dos sonhos. Se você não vive uma sexualidade desregrada, não há porque se preocupar. Não temos como saber, sem uma análise minuciosa, o que causa esses sonhos. Pode ser reminiscência de outras existências, podem ser imagens implantadas por desafetos para lhe desequilibrar, pode ser influência inconsciente do seu marido. Inconscientemente, ele pode projetar imagens com as quais você sintoniza durante o período de sono físico. O método de atendimento espiritual conhecido como apometria costuma ser eficaz no caso de haver interferência de espíritos com quem temos envolvimento. Se procurar atendimento om apometria, devo lembrar a você, embora isso talvez não seja necessário, que jamais devemos pagar por um atendimento espiritual.
    De qualquer modo, lembro que o apóstolo Paulo, há quase dois mil anos, já aconselhava que as mulheres satisfizessem seus maridos e vice-versa. Se o seu marido demonstra um desejo muito grande por você, como você relatou, é aconselhável que vocês entendam-se harmoniosamente, de modo que ambos fiquem satisfeitos. A não-satisfação dos desejos leva à produção de imagens (imaginação: imagem + ação) que podem ser percebidas e gerar influência sobre espíritos. As pessoas têm necessidades sexuais diferentes. Para que haja a harmonia energética entre um casal eles precisam estra de acordo. Quem não satisfaz seus desejos – sejam relacionados a sexo ou não – no plano físico, tende a satisfazê-los no astral.

  19. Morel,

    Estranho como fui direcionada a seu site, foi pesquisando um livro e acabei lendo uns artigos e estou adorando! Parabéns pela sua iniciativa, tenho certeza que tem ajudado a muita gente! Esse assunto é meio constrangedor pra ser falado em centros espíritas, por isso tenho uma dúvida… sou casada há 6 anos, tenho uma vida sexual ótima com meu marido, mas frequentemente eu tenho sonhos eróticos muito pesados com outras mulheres. O que é estranho, pois eu não sinto atração por outras mulheres. Já até pensei que fosse algo que estivesse ignorando, mas me analisando bem, realmente não tenho essa atração. Todos os dias antes de dormir fazemos o evangelho, somos trabalhadores na casa espírita, inclusive meu marido sabe sobre esses sonhos. Enfim, será que é obsessão? Eu sou médium psicofônica, trabalho todas as quintas e já vieram várias comunicações sensuais direcionadas pra mim (por outro médium). Além de meu marido ter muito, mas muito desejo sexual por mim. Algo até meio exagerado. Uma médium já me disse que meu padrão vibratório é muito pesado por causa das minhas experiências passadas… Pode me ajudar?

  20. Boa noite. Sou uma pessoa que é muito raro lembrar dos sonhos. Normalmente só se dormir de tarde. Para além dos sonhos muito estranhos (nitidamente reais) em que sinto (não vejo) que querem entrar dentro da minha mente e controlar-me e eu estou lúcida, pois consigo não permitir, clamo por ajuda mas a minha voz não sai. Acabo por pedir sem parar à minha mente para acordar. Num desses “sonhos” ou vivência, não sei bem, senti que me agarravam e me violavam. Dessa vez não consegui que não acontecesse, mas logo consegui tomar controle e pedir ajuda, mas uma vez a minha voz não saía. Tive perfeita noção que estava deitada na minha cama. Que o meu marido estava na sala, como se estivesse acordada a ver tudo. Mais uma vez, pedi sem parar à minha mente que despertasse. Quando despertei tinha o corpo todo amassariam com marcas roxas no peito e com dores na vagina como se tivesse sido físico. Gostava se possível algum esclarecimento. Desde já grata pela sua matéria e oportunidade de poder expor a minha experiência.
    Namaste.

  21. Ivo, a solução total pode demorar ainda mais que a sua atual reencarnação…
    Particularmente acho que não devemos reprimir o desejo. Só espíritos mais adiantados conseguem direcionar a energia sexual para outros fins criativos. Nós, ainda em fase de conscientização, não temos este controle. Então, mesmo que nos mantenhamos conscientemente focados em assuntos que não têm nada a ver com sexo, o desejo existe. Temos outros níveis de consciência a que não temos acesso, e isso vêm à tona, principalmente, durante o período de sonos físico.
    Se há desejo, o corpo físico responde, e isso não pode ser represado. A masturbação, então, é a alternativa. Não há mal nenhum na masturbação. O que pode se tornar um mal é a criação de fantasias. Você diz que está fazendo abstinência de qualquer elemento sexual. Pelo que entendi, não está se masturbando. Sugiro que observe o seu ciclo de desejo. Nós temos um ciclo em que não há a percepção do desejo, ou se há desejo, é plenamente controlável. Num jovem, isso pode variar, digamos, entre um dia e uma semana. Se quer poupar suas energias e manter-se limpo de fantasias sexuais, descubra o seu ciclo e masturbe-se quando o seu ciclo atingir o ápice. Dependendo do grau de desejo, então você irá se masturbar, por exemplo, de três em três dias. Assim você evita a repressão do desejo. Se o desejo é reprimido no estado de vigília, ele será necessariamente libertado durante o período de sonos físico. E nem podemos falar, a princípio, em vampirização, pois o mais provável é que nós saiamos desesperados em busca de sexo tão logo nos percebamos no astral.
    Muitas pessoas têm dificuldade de entender ou de aceitar que, ao nos desligarmos parcialmente do corpo físico por ocasião do sono, assumimos outros níveis de consciência. Nossos valores superficiais de encarnados, então, deixam de ter qualquer razão de ser. No astral somos como somos de fato, sem o verniz das conveniências.
    E, para, superar isso, só desenvolvendo a manutenção da consciência no astral, seja através do estudo e prática da projeção consciente, seja por meio de uma forte e decidida reforma moral, o que eu particularmente indico. Quando nos reformamos de verdade, intimamente (isso leva tempo), essa reforma atinge também outros níveis de consciência. Cito como exemplo minha experiência com o cigarro. Quando parei de fumar, continuei fumando no astral por um bom tempo. Só depois de ter abandonado este hábito há bastante tempo, fui deixando de fumar no astral.

  22. Olá Morel,

    Li seu artigo http://www.espiritoimortal.com.br/o-sono-e-vampirizacao-sexual/
    e gostaria de remover umas dúvidas que são úteis para jovens como eu.

    Ultimamente, venho passando por problemas de ejaculação durante o SONO sem pensar em sexo ante de dormir, e sem pensar em erotismo ao longo do dia. Tenho forte convicção, por experiência própria, que estou sendo assediado por vampiros sexuais.

    Porém, não tenho nenhuma técnica científica para sanar o problema. Como pode ser resolvido?

    Uma observação importante é que semanas passadas, quando o desejo sexual surgia, pensamentos sexuais e a culminação pela masturbação vinham. Suponho que os vampiros estejam forçando a ejaculação (como um apelo para a vampirização), já que eu estou fazendo abstinência de qualquer elemento sexual.

    Quero desapegar-me totalmente dessas consciências.

    Quais as possíveis soluções extrafísicas?

  23. Crys, isso me parece descontrole do seu marido. Nenhum espírito esclarecido e bem intencionado faria isso. E nenhum espírito pode obrigar o seu marido a fazer isso. Se há realmente influência espiritual sobre o seu marido, é porque ele permite. Não se sujeite a isso.

  24. Estou tendo algumas experiências estranhas nesse sentido. Por duas vezes enquanto fazia uso de material pornográfico, ouvi uma respiração forte, próximo de mim. A primeira vez estava no meu quarto, deitado na minha cama. A segunda vez foi quando estava no banheiro. Só que não sei o que fazer.

  25. Ola!
    Morel eu gostaria de saber se é normal um espírito apoderar-se do corpo do meu companheiro e TRANSAR comigo… Eles me trazem mensagens e depois ficam implorando por sexo…

  26. Thanise, acredito que não. É provável que isso seja motivado pelo desejo reprimido dele próprio, que vem à tona enquanto ele está parcialmente liberto da matéria por ocasião do sono. Quando dormimos atingimos outros níveis de consciência, sem as máscaras que usamos no dia-a-dia.

  27. Olá. Meu namorado dormindo tenta ter relações sexuais comigo, no outro dia nem se lembra do que aconteceu. Pode ser uma vampirização sexual? Se sim, o que devo fazer?

  28. Monakelly, parece se tratar de um ataque espiritual. Somos todos espíritos, e, ao desencarnarmos, continuamos com as mesmas características que cultivamos quando encarnados. Temos laços de amor e ódio entre encarnados e desencarnados. Assim como acontece de eventualmente fazermos desafetos aqui no plano físico, também temos desafetos de outras existências que atualmente estão desencarnados, vivem no plano astral. Não se assuste com isso, pois é normal e acontece com quase todo mundo. Algumas pessoas têm consciência disso e outras não. Você pode procurar um centro espírito e pedir atendimento; isso pode lhe ajudar. Mas o único meio eficaz de nos protegermos de quaisquer más influências é através da vigilância sobre os nossos pensamentos, palavras e ações. O hábito da oração também é uma importante ferramenta que temos à nossa disposição.

  29. Olá.
    Esta noite tive um sonho muito estranho, sonhei com minha família e com algo me segurando muito forte na região do tórax sobre meu seio, vi os braços grandes e fortes. Da região posterior para anterior. Já estava ficando desesperada, pois a pressão era muito forte que tinha dificuldade para respirar.
    Então minha cunhada me aconselhava a rezar o pai nosso.
    fizemos um círculo e começamos a rezar e os braços sumiram.
    O que você acha que aconteceu?

  30. Olá Morel, cheguei a esse site porque estava buscando uma ajuda. Tenho 18 anos e namoro há dois anos, temos uma vida sexual normal, uma ou duas vezes por semana temos relações, eu não sou uma pessoa que penso em sexo nem derivados, simplesmente porque é uma coisa meio sem importância pra mim e porque não tenho vontade. Bom, de uns dois anos pra cá, a cada dois meses à noite, eu acordava no meio da noite ou antes de dormir com uma sensação nas minhas partes íntimas como se alguém encostasse, sabe? e não passa de jeito nenhum, eu tenho que levantar e me distrair pra passar, é como se algo me forçasse a me masturbar sendo que eu não tenho vontade e nem queria no momento praticar tal ato, mas esse é outro jeito que faz passar. De um mês pra cá tem piorado, todo dia praticamente eu tenho essa sensação horrível, essa semana transei com meu namorado e já íamos dormir, ele dormiu e eu comecei a ter essa coisa, e não passa… hoje acordei às 5 da manha com isso, tive que mexer no computador até as 7 h pra passar… não sei o que eu faço, pois tenho certeza que não é de mim isso… não sei se vou à igreja ou a um centro espírita… você pode me ajudar?

  31. Laureana, isso que você chama de centro espírita, não é centro espírita. Num centro espírita (kardecista) ou mesmo na Umbanda não há esse tipo de “entidades”. As respostas estão dentro de você. Não peça conselhos para “entidades”.

  32. Olá. Tenho dificuldades na minha vida amorosa com meu esposo. Em um centro espírita, uma entidade me disse que eu não seria feliz com ele, que era pra eu me separar para viver coisas novas e eu disse que não… então ela me falou que eu poderia me satisfazer sexualmente em sonhos e continuar minha vida normal com meu esposo… o que você acha disso? obrigada.

  33. Rivera, isso aconteceria se vocês estivessem exatamente na mesma sintonia. Você, mesmo não intencionalmente, a está obsediando. Quando nos desdobramos, o que ocorre naturalmente por ocasião do sono, atingimos outros níveis de consciência, sobre os quais só exerceremos pleno controle quando aprendermos a dominar a nossa mente. Com o tempo e o esforço, nossos outros níveis de consciência acompanham as nossas intenções predominantes quando no estado de vigília. Quando um fumante para de fumar, por exemplo, durante alguns meses é comum que ele sonhe que está fumando. Se está realmente decidido a não mais fumar, com o tempo estes sonhos terminam.

  34. Caro Morel

    Leio seu site há uns 3 meses e posso afirmar com toda convicção que muitos de seus textos são responsáveis por me inspirar uma verdadeira revolução interna, gostaria apenas de te agradecer por se importar com o próximo e nos nutrir com a boa palavra. Por favor continue sempre assim, te desejo tudo de bom e que Deus ilumine sua existência e te preencha com seu infinito amor…

    Seja Feliz.

  35. Morel, bom dia. Tenho tido sonhos com minha ex-mulher todas as noites, sempre após as 3:00 h, quando acordo e durmo de novo, isso tem ocorrido há mais de duas semanas. Quando me encontro com ela estou consciente de que são sonhos, mas parecem tão reais! Quero parar de pensar nela e levar minha vida adiante, até tenho conseguido, mas os sonhos não estão sob controle, é possível que ela também esteja sonhando comigo?

  36. Boa noite meu amigo! Tudo bem? Descobri seu site por acaso, estava procurando algo na internet sobre espiritismo e vim parar aqui. Me inscrevi no seu canal no Youtube, verei muitos vídeos seus! De uns tempos pra cá tenho me interessado muito por espiritismo, já li todos os livros de Kardec, e desde então passei a ver a vida de uma forma diferente… acho a doutrina espírita muito esclarecedora, muitas perguntas que eu tinha obtiveram resposta nos livros de Kardec! Nunca fui à igreja, nunca me interessei por religião, mas como eu disse, o espiritismo me conforta… quando eu estudava, tinha uma senhora na minha sala que uma vez disse que tenho uma mediunidade muito forte, e desde que ela falou isso fiquei com isso na cabeça… só então, anos mais tarde, (ano passado mais especificamente) comecei a me interessar… agora quando vou ao shopping, no lugar de ir na seção de jogos, ou equipamentos eletrônicos, na livraria vou na área de livros espiritas! Mudei muito desde que comecei a ler… já coloquei seu site nos meus favoritos! Parabéns pelos textos!
    forte abraço e paz profunda!

  37. Olá, estou tendo problemas com isso ultimamente, quando durmo e tento acordar percebo que não estou conseguindo me movimentar e sinto que alguém está fazendo sexo comigo por trás, tento sair de lá mas não dá, sou adolescente e não nego que minha vida sexual está muito ativa, vejo muita pornografia e estou tendo desejos sexuais muito fortes… bom, estou aqui para perguntar o que devo fazer realmente. Obrigado.

  38. Juliana, não há motivo para pânico. Isso acontece com muitas pessoas, mas nem todas percebem. O formigamento e o som na cabeça ocorrem quando o corpo astral está se desdobrando, se deslocando do corpo físico. Isso acontece todas as noites quando dormimos. Você percebeu isso porque estava consciente. Algumas pessoas conseguem manter algum grau de consciência quando se desdobram. Eu, particularmente, posso sair do corpo físico com lucidez. Quando nos desdobramos e permanecemos muito próximos do corpo físico, que é o que aconteceu com você, temos grande dificuldade de “voltar para o corpo”. O melhor a fazer é manter a calma e não forçar a volta. Se acontecer de novo, fique calma e não tente se mexer. Concentre a sua atenção no dedo mínimo e tente movê-lo, sem forçar. Aos poucos você recupera o movimento e volta.
    Esse alguém que você sentiu é algum espírito atraído por você mesma. Pode ser um companheiro do passado, de outras existências, ou apenas algum espírito desencarnado que ainda sente necessidade de sensações materiais e se aproximou de você para saciar os seus desejos. Isso acontece com milhões e milhões de pessoas, sem que elas percebam. Esses espíritos só têm acesso a nós porque nós os atraímos com os nossos pensamentos. E a única maneira de evitá-los é mudando radicalmente o padrão de pensamentos e, consequentemente, os comportamentos.
    Sugiro a leitura deste artigo, dos comentários dos leitores e das minhas respostas a eles: http://www.espiritoimortal.com.br/espiritismo-e-sonhos-eroticos

  39. Olá, gostaria de uma resposta, aconteceu algo estranho comigo, eu tinha feito sexo com o meu marido e quando terminamos eu dormi, peguei no sono rápido, mas senti meu corpo formigando e ouvi um som como se fossem choques na minha cabeça, muito estranho mesmo… daí senti alguém no meu pescoço, como se estivesse encostando a boca no meu pescoço, eu não conseguia me mover, tentava chamar meu marido, mas não conseguia, só depois de um tempo consegui me mover e tive a impressão de que vi uma sombra acima de mim, foi assustador, quando eu consegui me mexer, olhei pro meu marido e ele estava dormindo virado para o outro lado! O que pode ter sido isso? Me ajude por favor, estou com medo de dormir! Obrigada.

  40. Cláudio, sexo e masturbação são naturais quando há desejo legítimo, natural, espontâneo. A pornografia não é natural, é um estímulo artificial. 50 anos atrás um homem via menos imagens pornográficas em toda a sua vida do que um homem vê hoje em 3 ou 4 minutos. Pornografia uma vez por dia? A pornografia não devia existir, e, se existe, não devia ser consumida por quem pretende ter cuidados com a sua mente. As imagens consumidas passam a fazer parte do nosso acervo mental, sendo acessadas involuntariamente nos momentos mais inadequados, informando a todos quantos possam perceber, o teor das nossas ocupações mentais. A dependência de estímulos artificiais para obter prazer é, por si só, um malefício.

  41. Melissa, a projeção consciente é o estado de lucidez durante o desdobramento do corpo astral. Nos desdobramos todas as noites ao dormirmos. Às vezes ficamos próximo do corpo, outras vezes nos afastamos, podendo ter atividade normal durante este período com o nosso corpo astral. O que caracteriza a projeção consciente é o estado de lucidez, é a manutenção da consciência durante este período.
    Independentemente de estarmos lúcidos ou não, temos atividade durante o período de sono físico. Nem todos os nossos sonhos são atividade. Mas é preciso aceitarmos que os nossos valores são, quase sempre, superficiais. São valores que lutamos para adquirir e que ainda não estão solidamente estabelecidos. Durante o período de vigília (quando estamos acordados) nos policiamos, não aceitamos admitir determinadas possibilidades sobre nós mesmos. Mas, quando nos desdobramos, assumindo, às vezes, outros níveis de consciência, recaímos em práticas que abandonamos e que não aceitamos nesta existência.
    Todos nós, em existências anteriores, tivemos erros e acertos. Muitos espíritos com quem convivemos no passado permanecem ligados a nós, estejam eles encarnados ou desencarnados. Nos encontramos com antigos afetos e desafetos enquanto nos desdobramos, repetindo atividades que mantínhamos no passado.
    A nossa evolução é lenta, e só o esforço, a perseverança, a convicção em nossos valores podem provocar mudanças definitivas.
    Não há motivo para temer, de modo algum. Permaneça firme em suas convicções, mantenha-se em oração e dedique-se ao aprimoramento moral.

  42. Minha duvida é: esse texto se refere a todas as práticas sexuais ou masturbação sem ser excessiva, pornografia uma vez ao dia e sexo praticado de forma saudável pode trazer as mesmas consequências espirituais? Porque até do ponto de vista fisiológico o sexo e a masturbação é saudável e uma prática natural do corpo. Qual o limite que o sexo sozinho ou acompanhado passa a se tornar um malefício para nós?

  43. Morel, já li muitos artigos seus inclusive este. Tenho melhorado meus sonhos e sensação de medo e ansiedade que tanto me aflige, porém tenho uma espécie de projeção “consciente” que não creio que seja normal. Sinto a sensação de um sonho mas aquelas projeções estão longe dos meus princípios e valores. Não entendo porque minha mente, talvez, as cria, causa sofrimento. Rezo mas uma vez ou outra aparecem. Não quero ser uma pessoa vulnerável a medos, ansiedades e opressões. Eu creio que minha fé vai curar.

  44. Camila, somos espíritos imortais, já tivemos inúmeras existências, em que cometemos erros e acertos, conquistando amizades e inimizades. Quando dormimos nosso corpo físico repousa e nós, espíritos que somos, ficamos parcialmente libertos, contatando com outros espíritos como nós, encarnados e desencarnados. Há espíritos que se aproveitam desses momentos para roubar nossas energias. Esses espíritos podem ser velhos conhecidos do passado, com quem contraímos débitos morais, ou podem ser desconhecidos vampirizadores.
    É importante reconhecermos que esses espíritos só têm acesso a nós por conta da nossa pequeneza moral. Pessoas com a moral elevada, que beneficiam o próximo e que cultivam a oração são imunes a esse tipo de contato.
    Por isso é recomendado, no mínimo, a oração sincera antes de dormir.

  45. Olá, estou com uma dúvida enorme em relações aos meus sonhos…
    Quando estou dormindo, vem uma força maior que eu me agarra e fica assoprando o meu ouvido, isso é algo tão real, não consigo me mexer, fico completamente paralisada, e sinto aquele calafrio horrível…
    Essa semana sonhei com algo me agarrando, não consegui me mexer, era tão real… Sempre quando acontece isso falo “sangue de Jesus tem poder” e rezo o salmo 91 e aquela sensação acaba… O que é isso? Obrigado.

  46. OLÁ, VI ALGUNS VÍDEOS SEU NO YOUTUBE, JÁ TIVE VÁRIOS PROBLEMAS COM RELAÇÃO À SEXUALIDADE, sou budista e estou sempre estudando, há momentos que nem penso em sexo, mas às vezes sou atraído por imagens eróticas, fico vendo mulheres de biquíni e decote e chega a um ponto que acho isto muito estúpido, apenas fantasias. Estou desenvolvendo mediunidade e recentemente fico lendo a respeito de sexualidade e religião, mas eu gostaria mesmo é de livrar-me dessas imagens, não por moralismo, mas acho que a certo ponto prejudica a saúde, pois é algo sem afeto, puro erotismo e capricho, quando medito sinto-me bem, obrigado!!!

  47. Morel, peço auxílio, depois de um constante pensamento de culpa por ter tido relações mais íntimas com meu namorado (creio que seja pecado antes do casamento) eu procurei me afastar do assunto “sexo”, mas os sonhos eróticos se tornaram rotineiros principalmente à tarde e pela manhã, tenho projeções, paralisia do sono, sinto muita excitação, muitas vezes sonho com meu namorado ou com pessoas que jamais faria sexo ou tenho interesse… outras não consigo ver o rosto de quem está comigo ou por trás de mim, por muitas vezes sinto angústia, na madrugada tenho alguns pesadelos com teor mais sombrio e mortes, só que menos frequentes. Estou fazendo orações de libertação mas preciso me vigiar 24 horas. Às vezes são como uma “imaginação inconsciente”, sonhos e pensamentos que vem do “nada”. Sentia/sinto um peso perto de mim mas que veio diminuindo com orações para o arcanjo Miguel. Eu quero que isso acabe! O que posso fazer?

  48. Pode me ajudar? Sou casada e tenho 22 anos. Faz algum tempo já que durante meu sono eu sinto um grande desejo sexual, quase sempre. Mas no momento em que acordo toda essa euforia desaparece no mesmo segundo. Quando acordada quase nunca sinto desejo. Pode-se dizer que uma vez ao mês eu sinto desejo quando acordada. Sexo é algo que não me faz o mínimo de falta, por isso não entendo esses sonhos.

  49. Estou de acordo com seu esclarecimento, embora eu tenha pouco conhecimento sobre o assunto. A MENTE HUMANA É O PODEROSO MOTOR QUE MOVE OS RELACIONAMENTOS, SEJAM ELES NO CAMPO DA MATÉRIA BRUTA OU NO PLANO ESPIRITUAL. AÍ, SE JUNTAM DUAS FORÇAS INCOMENSURÁVEIS: A ENERGIA MENTAL E A SEXUAL, AMBAS CRIADORAS!!! DAÍ, TUDO É POSSÍVEL.
    ABRAÇOS.

  50. Tatiane, nem todo sonho envolvendo erotismo envolve, necessariamente, a participação de espíritos. Isso pode ser apenas desejo reprimido que vem à tona durante o período de sono físico. O ideal, se você quer evitar isso, é não focar no desejo no seu dia-a-dia. Qualquer desejo forte não saciado no estado de vigília é extravasado quando dormimos.
    Sugiro a leitura do artigo http://espiritoimortal.com.br/espiritismo-e-sonhos-eroticos

  51. Morel, sou virgem e meu namorado também, apesar do desejo que sentimos em praticar sexo quando estamos juntos. Ultimamente tenho tido, com muita frequência, sonhos eróticos. Eu até gosto, mas depois de ler o seu texto, fiquei preocupada. O que posso fazer?

  52. Olá, quero parabenizá-lo pelo tema explorado e muito bem explicado para quem está buscando uma explicação plausível e aceitável.
    Vivo sem sexo há muitos anos por ter sido estuprada pelo ex-marido, e mesmo que o trauma me acompanhe e não desejo homens, a mente juntamente com todo o mecanismo de projetar uma sensação agradável para se ter sexo é muito forte em mim, sou corpo e mente (desejos e sensações), sou normal.
    Mas em sonho sou visitada por uma mulher que deseja ardentemente ter sexo, até me toca e sinto prazer neste momento, mas ao acordar sinto muita raiva, choro e penso muitas coisas ruins de mim mesma, e me culpo por não conseguir ir em frente e ter um relacionamento com homens, e o maior desejo é ter uma mulher. NÃO ALIMENTO A IDEIA, NÃO FAÇO NADA E ESTAVA PROCURANDO UMA RESPOSTA PARA ISTO, E O SENHOR VEIO AQUI TIRAR DA MINHA MENTE, DO MEU ESPÍRITO, UM GRANDE PESO DE CULPA E MAIS AINDA, ME ESCLARECEU O QUE ESTÁ ACONTECENDO COMIGO.
    NÃO SEI NADA DE ESPIRITISMO E NEM DIGO QUE SOU CRISTÃ POR QUE NÃO AJO COMO TAL E COMO JESUS ME PEDE, SINTO APENAS QUE MEU ESPÍRITO DESEJA MELHORAR E BUSCO NA INTERNET PALESTRAS DE ESPIRITISMO PARA EU ENTENDER MELHOR QUEM SOU EU DE VERDADE. MUITO OBRIGADA E CONTINUE COM A SUA MISSÃO.

  53. Lauro, alguém só é atingido mentalmente se estiver na mesma sintonia. Só recebe sentimentos amorosos quem sente amor; só recebe vibrações de ódio quem odeia. Se a pessoa tiver alguma fraqueza neste sentido e a pessoa que a estiver mentalizando tiver suficiente poder mental, ela poderá, sim, ser atingida. Poderá sentir-se perseguida ou vampirizada, podendo mesmo haver encontros durante o período de sono físico. Todo mentalização para ter efeito depende do emissor e do receptor. Por isso a importância de mantermos pensamentos equilibrados.

  54. Pablo, retribuo o abraço. Acho que enquanto não seguirmos o ensinamento de Jesus, amando e perdoando, estaremos – como estamos – em algo semelhante a um círculo vicioso. Mas não é um círculo, embora pareça. É uma espiral; andamos em círculos mas ascendentemente. Subimos aos poucos, mas subimos. É só observar a História e verificamos o quanto já fomos mais cruéis e insensíveis. A única maneira de nos libertarmos é amando e perdoando. Através do perdão, do arrependimento e da disposição de reparar o mal cometido, deixamos para trás os erros e nossa colheita se torna muito mais amena. A Lei de causa e efeito é Lei de Deus, e, como, tal, infalível. Mas ela é influenciada pela Lei da amor. Como disse o apóstolo Pedro, “o amor cobre uma multidão de pecados”.

  55. Olá Morel. Aqui se falou sobre causas e consequências de quem pratica masturbação ou é viciado em sexo pela internet, mas uma dúvida que tenho é se a pessoa “desejada” imaginariamente por quem se masturba pode ser de alguma forma prejudicada por ser lembrada regularmente pela outra em suas fantasias sexuais. Agradeço uma resposta, Abraços.

  56. Morel, grato pelas informações. Somos espíritos na carne, e para chegar a essa conclusão não é necessário lermos obra que fale sobre espiritismo. A experiência, a prática, superam a teoria. Não quero dizer que a leitura de Kardec e de outros autores sejam dispensáveis, pelo contrário, são ratificadoras e esclarecedoras. São importantes para nós espíritos encarnados. Vivenciamos dia a dia experiências “estranhas” – ouvimos vozes, vemos imagens, nossos bichinhos de estimação latem, miam, na direção de algo como se estivessem vendo uma pessoa, e até cheiram, incomodados, o local onde veem o “espírito” desencarnado. De tudo isso, o espiritismo tem muitas conclusões, mas tem lacunas abertas, ou seja, não encontra respostas para questões mais complexas como, por exemplo, “um assassino desencarna,depois reencarna e é assassinado por uma pessoa. Esta pessoa que o assassinou também reencarnará para “pagar” suas dívidas? Tudo isso pode nos dar a impressão de que há um círculo vicioso no mundo espiritual. Penso que certas questões não têm respostas porque são de reserva do nosso Pai Mor, o nosso Deus. Forte abraço de quem o admira.

  57. Sasha, não é imaginação, procure um centro espírita e siga as recomendações. Busque novas atividades que ocupem a sua mente. Uma leitura elevada antes de dormir também é aconselhável.

  58. Ola Morel, foi a 1ª vez que vim ao site, e achei-o muto esclarecedor, em diversos assuntos.
    Preciso de seu conselho, ultimamente sinto-me atacada por sentimentos e vontades que não são minhas, acordada sinto a presença de algo perto de mim que fica a tentar-me sexualmente, e na cama à noite, eu consigo ver e sentir essa presença, e é alguém que eu conheço, os sentimentos começam por ser agradáveis, de amor, e eu sinto-me muito bem, feliz e sinto-me amada, e passa para um sentimento mais sexual, e eu deixo-me levar, e sinto que estou a fazer amor com essa presença, essa força energética, e é muito forte, não consigo resistir, já tentei mas é muito difícil. A minha dúvida é se essa presença será dessa pessoa que conheço, ou será um espírito inferior que encontrou caminho em mim e agora não me quer largar.
    Neste momento ando psicologicamente abalada, porque tento lutar contra esses sentimentos, mas parece que sou castigada por essa luta, e toda a gente ao meu lado diz que eu estou com mau ar, que estou muito em baixo, e essas pessoas não sabem do que se passa, por isso acho que tudo isto me afecta para além do que me apercebo.
    Já pensei em recorrer a um centro espírita, mas tenho muito receio de que seja apenas fruto da minha imaginação. Será que me pode ajudar?

  59. Geraldo, sempre que estamos prestes a subir de nível somos defrontados com provas. É assim em todos os setores de nossas vidas, a começar pela escola, em que desde crianças somos submetidos a provas para ver se aprendemos o suficiente. Temos que resistir…
    “Não nos deixeis cair em tentação…”

  60. Morel, estou na minha reforma íntima e reeducando meus pensamentos sexuais para que eles não se transformem em sentimentos e, consequentemente, ações.
    Estou num processo de desobsessão na minha casa espírita e na mesa o obsessor me disse que está vendo em mim mudanças e que estou determinado a mudar e que ele irá me acompanhar para ver meu crescimento e com isso ele irá crescer também (palavras dele). Sinto então a responsabilidade que eu tenho com nossos irmãos desencarnados. Esta semana está sendo muito difícil, tenho momentos de altos e baixos neste aspecto, mas sei que meu passado nessa e noutras vidas foram complicados, consequentemente, minha reforma íntima também está sendo dolorosa. Ontem, recebi um e-mail de uma menina que eu sempre gostei muito e que nunca tinha manifestado interesse por mim e disse de sonhos que ela está tendo comigo, a conversa rolou um pouco, mas eu sempre na retaguarda, mas vacilando algumas vezes (como é difícil mudar), mas graças a Deus tudo ficou esclarecido. Sei que eu não consegui cortar a conversa num primeiro instante, sei que deveria, mas não consegui, mas buscando no fundo de meu coração eu sabia que não poderia rolar nada. Aí vem a minha pergunta. Essa situação foi um teste da espiritualidade maior para ver minha reação, ou seja, uma expiação?

  61. Sergio, quando uma pessoa que desconhece completamente o Espiritismo lê alguma coisas deste tipo pode confundir com superstição. Mas estamos todos interligados, encarnados e desencarnados, nos influenciando uns aos outros constantemente. Assim como os governos, os partidos políticos, os megaempresários, os grandes veículos de comunicação fazem planejamentos de longo prazo, do mesmo modo acontece na espiritualidade, tanto em relação aos espíritos superiores como em relação aos espíritos do astral inferior. Há líderes na espiritualidade inferior assim como há líderes do tráfico de drogas, do tráfico de crianças, da prostituição etc. A pornografia e as músicas de cunho pornográfico que são comuns hoje fazem parte de um planejamento da espiritualidade inferior. O apelo à erotização exagerada, ao sexo sem limites é a forma mais fácil de dominar esses muitos milhões de espíritos encarnados que não se questionam nunca e que não têm outra coisa na cabeça que não seja o desejo de satisfazer os seus instintos.

  62. Morel, mais um excelente artigo…

    Tenho uma pequena dúvida… -Se a pornografia está diretamente ligada com o plano astral inferior… estariam alguns determinados tipos de música, de certa forma, ou indiretamente, também sentenciadas às trevas????

    Obrigado pela atenção de sempre.

    Sergio

  63. Olá!

    Tenho 23 anos e desde muito cedo tenho interesse por sexo, embora quando eu faça não sinta nada. Me canso rapidamente de namorar alguma pessoa depois da primeira relação.

    Com muita meditação, consegui desviar a atenção da pornografia suja…

    Algumas vezes me excitava durante o sono e na noite passada aconteceu uma coisa estranha. Às vezes vejo “pessoas” (não sei ao certo o termo a ser usado), que julgo serem espíritos e na noite passada, vi alguém do meu lado na cama… eu tentava esconder meu corpo e essa pessoa tentava algo comigo.

    Alguma explicação? Por favor, preciso de ajuda!

  64. Como vim parar aqui às 06:18 da matina, e não me refiro apenas a esse texto, mas a muitas outras coisas! Meu namorado é espírita… Eu ateu… Mas vocês sempre me convencem! Poxa vida… Estou eu vivendo uma reencarnação e fazendo jus ao meu crescimento e débitos de vidas passadas?! Isso me assusta…

  65. Reginaldo, será que você é realmente viciado em sexo? Ou apenas se rotula assim porque sente atração por pessoas do mesmo sexo?
    Não podemos tratar o homossexualidade como algo errado, pecaminoso. O que deve ser trabalhado internamente é o desejo desenfreado, mas não o fato de gostar de pessoas do mesmo sexo ou do sexo oposto. Essas questões são pequenas perto de outras que temos que desenvolver.
    O seu posicionamento parece fruto de preconceito, talvez isso venha lhe incomodando há muito tempo, desde outras existências, por isso o assédio sexual por parte de espíritos desencarnados. Todos nós temos inúmeros envolvimentos com espíritos encarnados e desencarnados, e é natural que, como somos pessoas falíveis, estejamos ainda sob a influência negativa de alguns espíritos.
    Procure se esclarecer. Estude o Espiritismo, de preferência as obras de Allan Kardec e André Luiz (nesta ordem). Perceba que todos somos, ainda, falíveis, todos temos reajustes a fazer, estragos a concertar, mas a preocupação com isso, o medo e o preconceito não ajudam em nada, só atrapalham. Estude o Espiritismo, procure participar de um grupo de estudos em centro espírita kardecista. Você pode trabalhar em benefício do próximo, ser útil a muitas pessoas, e conquistar o equilíbrio em todos os aspectos da sua vida.
    Estude. Sem o esclarecimento você não vai a lugar algum. É preciso mudar o seu modo de pensar e consequentemente a sua postura, e isso você só vai conseguir através do esclarecimento.
    Não espere se tornar uma pessoa melhor para só então cuidar do lado espiritual. O caminho é o inverso. Cuide do lado espiritual e automaticamente você vai se tornar uma pessoa melhor.
    Fique com Deus, acredite em si mesmo e seja feliz. Tenho certeza que será.

  66. Sabe, esse tema de sexo me atormenta há muito tempo, desde criança me sentia atraído de forma absurda por isso, outrora, cresci sofrendo, até meus 18 anos escondi meus desejos sexuais, principalmente porque sentia culpa, vergonha, mas não deixava de sentir atração por outros homens, fui para uma igreja evangélica e parece que minha vida piorou, o que antes era comum se tornou algo tenebroso de conviver, sonhos, desejos sexuais aumentavam à medida que eu tentava me desvencilhar daquilo, certos dias ou noites parece que quando eu começava a adormecer algo me atacava e tentava me violentar ali mesmo, e eu relutava com aquela força, apesar de tudo, ouvia vozes que me chamavam, sussurram no meu ouvido. Com tantos problemas, que não vou relatar aqui, saí de tal igreja, aquilo não era para mim, fui morar em outra cidade, e devido talvez a eu me jogar nesse mundo do sexo essa força me deixou em paz, entre aspas, sei que agem de forma espiritual, por ter contato com uma amiga que frequentava um terreiro, pois a mesma recebia um santo, no fundo eu não queria que ninguém me possuísse, mesmo assim estava ficando inevitável, minha amiga me dizia que de alguma forma o canal foi aberto, e não bastava ouvir vozes, os espíritos tentavam a todo custo baixar em mim. Expondo de forma mais direta o que ocorreu, me falaram da casa espírita, então fui, mas apesar de ir, me sinto melhor, mas como todo mundo às vezes caio na tentação, até me falaram que sou médium, e acredito que sim, mas me sinto culpado, envergonhado, sem força pra assumir algo tão lindo como um trabalhador médium, talvez até hoje estou assim por esse fato, estou lutando, se fiz algo no meu passado, hoje não lembro. O que faço, como assumir posição dessa mediunidade, deixar o vício sexual, e me sentir liberto, o mais engraçado é que não tenho coragem de falar diretamente, mas aqui com esse texto vejo que não é só eu que sofro com isso. obrigado pela atenção.

  67. Lucineia, é provável que você tenha mediunidade de cura. Muitas pessoas são preparadas, antes de reencarnarem, para trabalharem em benefício do próximo. Você talvez tenha se comprometido a ajudar as pessoas no seu processo de cura. Você deve estudar sobre a sua mediunidade. Procure um centro espírita e faça parte de um grupo de estudos. Não recebemos essa capacidade como um “presente”, mas como um meio de resgatarmos erros graves que cometemos no passado, em outras existências.

  68. Olá, sou de escorpião tenho 23 anos.
    Há algums meses eu ainda tinha esses ditos sonhos eróticos… algumas vezes em lugares horríveis de formas violentas… e em algumas me encontrava em uma mansão com muitas moças realmente muito lindas, muito ouro e fontes belíssimas… de ums tempos pra cá tenho frequentado a igreja… desde então eu percebi meus erros com relação a esses obsessores de forma que eu não lhes permito mais essas imundícies.

  69. Eu entrei neste site pra me aprofundar mais porque desde pequena que eu me sinto diferente. Olha, depois que eu comecei a buscar Jesus deixei esse mundo e estou em outro, coisas me aconteceram, tipo antes eu ouvia vozes e coisas estranhas aconteciam, depois eu entrei em depressão, depois Deus me livrou desse tipo de doenças, agora vieram as linguas que não entendo e quando oro em uma pessoa enferma ela fica boa, ainda não entendo, se eu sou falha, será que me podem explicar???

  70. Certa vez tive dois sonhos reais e interessantes, os dois senti enquanto dormia e quando acordada.
    O primeiro, estava em uma casa, deitava na cama com um vestido branco, dormia tranquilamente, até que um homem com capa preta entrou pela janela, se aproximou e mordeu meu pescoço. Eu sentia um misto de medo e sensualidade, até de paixão, acordada, eu sentia meu pescoço doer.

    Já o segundo foi bem estranho e mais real, sonhei que estava dormindo e entraram duas pessoas no meu quarto, um homem e uma mulher. Esta disse para o homem, “Vai logo, ela está quase chegando no ponto G ( por assim dizer, ela usou uma palavra mais vulgar).
    Enquanto ela dizia, sentia esse homem me tocando na parte íntima. Eu acordei com um susto, mas ainda sentindo aquela energia.

  71. Rosy, isso tem tudo a ver com a pornografia. A proliferação da pornografia foi cuidadosamente planejada por lideranças espirituais negativas; isso vem sendo feito há décadas.
    O sexo durante o período de sono físico, quando ocorre, quase sempre conta com o nosso consentimento, embora, em estado de vigília não concordássemos com isso. Temos que considerar que muitas vezes o espírito a quem chamamos e consideramos como obsessor é na verdade um “parceiro” de outras existências, é alguém com quem cometíamos muitos erros. O único modo de nos mantermos imunes ao assédio espiritual é seguindo a recomendação de Jesus: “Orai e vigiai”. Orar com sentimento e recolhimento e controlar os pensamentos.

  72. Fiquei impressionada com a matéria, Hoje falava com minha filha sobre o aumento de estupro no mundo, na Índia etc. Isto tem a ver com esta obsessão do mundo pelo sexo pornográfico? Com a internet as pessoas ficam direto em páginas de sexo virtual. E outra pergunta. Um espírito obsessor pode vir até nós enquanto dormimos e fazer sexo com o nosso corpo? Obrigada desde já pela matéria.

  73. Olá Morel,
    Ontem li esse artigo e fiquei bem preocupada com o que acontecia comigo durante o sono. Fiquei me imaginando inativa parecendo um zumbi e isso me angustiou muito. Então fiz uma prece antes de dormir e pedi para ser levada para estudar.
    Na mesma noite sonhei que estava num local de campo aberto. No sonho, todos os dias eu levantava as seis da manhã para ir para esse local assistir palestras… o curioso que o palestrante era ninguém menos que VOCÊ!!! rsrsrs

    Abraços fraternos.

  74. Todos nós sofremos a influência dos espíritos. Essa influência pode ser boa ou má, conforme os nossos pensamentos habituais e conforme o envolvimento que formamos com eles no passado e no presente. O sentimento de culpa não resolve nada, deixe-o de lado. Só conseguimos nos livrar de pensamentos doentios e de companhias espirituais indesejadas através do esclarecimento. Não se muda uma situação que existe há muito tempo com truques ou mágica. É preciso esforço e determinação. O primeiro passo é o estudo. Você precisa frequentar um centro espírita, procurar atendimento espiritual e participar de um grupo de estudos. Se essa ideia não lhe agrada, procure psicoterapia. Ninguém pode lhe ajudar se você não fizer a sua parte. E a sua parte é agir…

  75. Olá, preciso de ajuda. Desde criança tenho pensamentos impuros sobre sexo, me masturbava e sentia muita culpa, semanas atrás sonhei com um homem me acariciando intimamente, senti prazer e culpa, o sonho foi muito real, tive medo e acho que pode ter sido um espírito que me atormenta, pois ele me segurava e não queria me soltar, não conheço bem o espiritismo, preciso de ajuda mas tenho muita vergonha de falar sobre isso.

  76. Eu acredito nesta teoria de nos mantermos espiritualmente acordados… logo que passei a frequentar um centro espírita aqui na minha cidade, passei a ter essas experiências com o meu mentor bem reais… todas as noites ele vinha me buscar e andávamos por locais conhecidos por mim e conversávamos muito sobre a minha nova vida como espírita… das responsabilidades que me chamavam… em um outro momento passei a me cobrar de fazer o Evangelho no Lar (que havia abandonado depois de passar a ouvir barulhos na minha casa e desenvolver um medo sem explicação) naquela noite, por algum motivo, antes de dormir coloquei meu Evangelho do lado da cama e quando meu corpo adormeceu… e meu espírito se libertou, me vi dormindo, olhei para o lado e peguei o evangelho fiquei por um tempo lendo o texto, até que veio meu mentor… tomei o cuidado de mudar o marca-página de lugar e fui embora com ele, para o aprendizado…
    Uma outra vez enquanto caminhávamos em um bosque escutei gritos de uma pessoa que me era familiar e corri para socorrê-la, embora meu mentor me dissesse para não interferir… era uma prima, que na época se prostituía e estava sendo esganada por um homem… naquela noite retornei para o meu corpo como num choque…
    Depois que me afastei das reuniões, parei de ter essas recordações das minhas aventuras espirituais… até que quinta-feira antes do meus pais e irmãos viajarem eu tive um sonho com um homem em aspecto de zumbi vindo a minha casa, no meu sonho eu sabia se tratar de um espírito conhecido, embora eu não o reconhecesse… naquele momento vi ele olhando para o meu marido (que na atual reencarnação é meu irmão) e eu implorei para que não fizesse mal a ele… na sexta eles viajaram para a praia, no sábado meu irmão mais velho e sua esposa sofreram um acidente de carro próximo a minha casa e no domingo meu sobrinho quase morreu afogado na praia com meu, irmão foram resgatados por surfistas… e nem era para eles terem ido para Guaratuba, pois combinaram de ir em Caiobá, aqui no Paraná Caiobá é uma praia mansa… se tivessem ido lá e o mar se agitasse não haveriam os surfistas para salvá-los… e eu entendi que como eu pedi para que nada acontecesse tanto no acidente quanto na tragédia, a espiritualidade amenizou as coisas…

  77. Há pouco tempo vi na televisão uma “sensitiva” falando a uma mulher que a procurou que espíritos, exus, “gostavam” dela, quero dizer, a procuravam em sua hora de sono para ficarem muito próximos a ela, como se tentassem manter relações sexuais.
    A mulher disse que em muitas noites acordava assustada, porque sentia a cama balançando.
    Acredito na veracidade do que esta mulher disse e se encaixa bem, sobre o assunto do texto

  78. Paulo, você tem razão. A preocupação excessiva com a vigilância pode gerar sentimento de culpa em quem não estiver pronto para obedecer àquilo que considera correto. E o sentimento de culpa é tão prejudicial quanto os eventuais abusos cometidos. Mas devemos lembrar que os ambientes dependem, em grande parte de nós mesmos. É questão de esclarecimento e Vontade, mas isso, realmente, não se adquire da noite para o dia.
    Obrigado pela colaboração, Paulo.

  79. É um trabalho curioso, mas existem coisas quase inevitáveis na vida. A masturbação antes da vida sexual durante a adolescência, as fantasias sexuais que a cabeça gera, os desejos sexuais diversos… Ainda não estamos em um nível de evolução suficientemente adequado para a vigilância constante a todo momento. É claro que é louvável tentar, pois cada um faz seu tempo na escala evolutiva, mas sempre nos envolvemos nas atmosferas dos ambientes que frequentamos, daqueles que convivemos, e somos reféns de nossas próprias emoções. E nem sempre elas são boas ou evitáveis de se sentir.

  80. Oi, Morel. Muito bom esse seu artigo, discute o sexo com a responsabilidade que ele necessita sem cair na culpa e no puritanismo.
    Acho que as pessoas têm que entender que o problema não é o sexo em si, mas o vício! Vício sempre é um mal. Seja ele de álcool, cigarro, comida, atenção, jogos ( incluindo os jogos eletrônicos, um vício novo e por isso pouco percebido) e é claro, o sexo. Tudo o que provoca prazer pode se tornar um vício, o que não torna o prazer um mal em si. O prazer é bom, mas quando procuramos o prazer para evitar um sofrimento, uma obrigação ou um problema não resolvido, estamos na verdade trocando um sofrimento por outro. Pois isto irá conduzir-nos a um comportamento viciado e embora sintamos alívio nisso, ele será temporário. Só precisamos prestar mais atenção em nossos sentimentos e ter a sabedoria e a coragem de encarar nossos problemas de frente a fim de resolvê-los.
    O mal não existe. A escuridão é só a ausência de luz.
    Até.

  81. Não acredito que haja algum mal relevante em masturbar-se. Em certas circunstâncias, se o desejo é muito grande, a masturbação é uma válvula de escape. Se há algum problema, ele está no pensamento, não no ato. A pornografia e a imaginação podem gerar sintonia com espíritos afins, que se aproveitam da energia dispendida no ato. A masturbação não deve se tornar um vício. Mas o sentimento de culpa deve ser evitado. A culpa é um convite para espíritos aproveitadores. Como em tudo, é preciso equilíbrio. Se há excesso de energia sexual, a masturbação pode ser uma forma de regular o nível energético. O cuidado deve estar no pensamento.

  82. Será que você poderia me esclarecer mais sobre a masturbação? Todas as vezes que me masturbo, me sinto culpado e meu campo energético fica muito baixo…
    Por favor, seria muito importante pra mim.
    Obrigado!

  83. Isso é muito mais comum do que possa parecer. Temos vários níveis de consciência, não somos o que a nossa superfície mostra. Por algum motivo temos o que a apometria convencionou chamar de frequências, termo emprestado da física, abertas. Essas frequências abertas se referem a personalidades que animamos no passado ou em um intervalo entre uma reencarnação e outra. Pode ser uma personalidade de uma reencarnação antiga, distante no tempo, mas, por ter sido muito marcante, permanece ativa no astral. Quando desdobrados pelo sono físico facilmente assumimos essa personalidade passada e agimos como se não fôssemos nós mesmos. Estranhamos nossos atos por termos nos proposto a abandoná-los, tanto é que não os praticamos em nossa vida de relação. Podemos ter vidas paralelas no astral, convivendo e revivendo episódios passados com outros espíritos interligados, seja desencarnados ou encarnados também desdobrados.

  84. Oi, tudo bem? seu texto e seu site é ÓTIMO! Apesar de eu já saber disto, e ser espírita (desde sempre rsrs), gostaria de fazer uma pergunta.
    A pergunta é a seguinte: quando desligados do corpo vamos à lugares onde nos afinizamos, gostamos, libertos do corpo, buscamos fazer o que queremos em liberdade. É claro que precisamos cuidar de nossos pensamentos, sentimentos, ações na vida, buscando o caminho correto de Jesus.
    Bom, como você explicaria uma pessoa virgem, que além disso nunca pensa em sexo durante as 24 horas de todos os dias (ok isso pode não ser normal também), e logicamente não faz nenhuma prática, nem mesmo as coisas mais simples, beijos, namoro etc. (não estou querendo ser preconceituoso ou qualquer coisa, apenas contando fatos, e pedindo uma explicação); bom, essa pessoa sempre foi heterossexual, e por quê: porque essa pessoa nunca sentiu atração sexual, muito menos sentimental, ou seja, apaixonar-se ou coisas do gênero, esse tipo de sentimento, o tal sentimento de ‘amor’ (nem sempre é, nem sei se sabemos o que é esta palavra), mas entende o que quero dizer, aquele sentimento que todos sabem, já sentiram, que pode iniciar-se com a paixão, mas que pode ser muito mais do que isso. Bom, esta pessoa já sentiu tudo isso, mas sempre por pessoas do sexo oposto, desde sempre, e por toda a sua vida, e jamais sentiu os mesmos por pessoas do mesmo sexo, o que comprova que ela é heterossexual. Porém esta pessoa sempre teve sonhos durante o sono, e ainda tem, sem mesmo pensar nada sobre isso durante o dia, nem nunca, leva uma vida totalmente diferente a isto, e tem sonhos de sexo, de práticas sexuais, principalmente homossexuais, e quando ela acorda não concorda e não entende, e não gosta dos sonhos que teve, porém esquece logo e segue a vida, nunca se importa porque não é o que quer na sua vida, não é o que gosta, pois ela é outra pessoa durante a sua vida. Sei que há as influencias espirituais, e que também eles estão sempre conosco, acordados, e principalmente no sono, desligados do corpo, como foi dito aí no texto. Porém, “quando um não quer dois não brigam”. Sei que pode ter a ver com o passado, as encarnações passadas deste espírito, mas será que esta pessoa que tem outros pensamentos e forma de pensar, como pode quando em sonho ser diferente? Será que seu espírito mudou realmente? Qual a explicação pra isso? Contraditório sim, eu sei, e é por isso que gostaria de uma luz, um auxílio se for possível. Será que ela não superou algo do seu passado que não se pode lembrar? Como isso pode ainda estar nela? Tenho estas dúvidas. Como é que dizem que um espírito mesmo não podendo lembrar o passado mostra quem ele é na encarnação presente, e tal, tudo o que ele é interiormente, enfim, já falei demais…
    Então o que você acha disso? Não precisa ter a resposta, é claro, mas de sua opinião Morel, por favor, se não souber tudo bem, mas se puder ajudar com esclarecimentos do que pode significar agradeço, Muito Obrigado!

  85. Ótima leitura, Renan. É isso mesmo… Isso é mais comum do que se costuma imaginar. Se os viciados em pornografia soubessem para quem estão servindo, iriam buscar maior domínio sobre si mesmos.
    Obrigado pela colaboração.

  86. Morel, estou lendo o livro “Sexo e Obsessão” de Manoel Philomeno, e eis a minha surpresa em descobrir que existem verdadeiras “cidades da perversão” no plano espiritual, onde há desfiles horrendos e cheios de depravação sexual de todos os tipos que podemos imaginar. Durante o sono, muitas pessoas viciadas no sexo são atraídas para estas cidades obscuras, de baixa vibração, e se comprazem em atos vis. E eu te digo que já tive este tipo de sonho, na época eu não poderia imaginar que aquelas cenas foram mais reais do que eu imaginava…
    Hoje em dia, graças a Deus, estou evoluindo cada vez mais neste aspecto, cada vez mais equilibrado – embora ainda haja o que consertar.
    Abraços

  87. Agradeço não só ao Morel com sua matéria, como também aos leitores que colocam suas situações nos abrindo ainda mais a visão.

    Obrigado.

  88. Muito obrigado! Palavras como a sua me confortam e me impulsionam a sempre vencer, como você disse, dia após dia. Tenho ultimamente tentado essa prática e me ocorreu que a masturbação com fantasias pode levar para outro caminho, ou seja, não é a masturbação e sim a forma do pensamento, mas dia a dia aprendo um pouco. Espero talvez que um dia o mundo e as pessoas possam falar de sexo de uma outra maneira, digo, sem poder ter vergonha de colocar xxxx em seus nomes e mostrarem que estamos doentes e não mais pervertidos, isso quando buscamos de coração por mudanças, mas até lá peço a Deus que ajude a todos nós que não sabemos recorrer, nos sentindo solitários nessa situação. Obrigado!

  89. A culpa é prejudicial. O sentimento de culpa é uma das maneiras mais fáceis de acesso a nós por parte da espiritualidade inferior. Deus não desiste de ninguém. Jesus disse que “nenhuma das suas ovelhas se perderá”.
    É preciso uma mudança de hábitos. Um maior preenchimento do tempo com coisas úteis. O impulso sexual, com o acesso à pornografia como se tem hoje, é um vício. E, como o vício do álcool ou do cigarro, por exemplo, é preciso vencê-lo dia após dia. A masturbação é uma válvula de escape muito útil. Uma maneira legítima de extravasar o excesso de energia densa. A prática masturbatória sem o auxílio psicológico de fantasias ou imagens, aliada a uma radical mudança de hábitos, costuma resolver a cedência aos impulsos. Mas é preciso Vontade. Lembre-se de que você não está sozinho. Trocando seus hábitos estará também trocando suas companhias espirituais.

  90. Sei muito sobre a vida espiritual, reencarnação, processos obsessivos, mesmo assim, tenho muita dificuldade em me libertar dos desejos e impulsos que tenho em relação a sexo. Ficava há muito me martelando sobre o que fazer ou como fazer para escapar, fugir desses desejos, me culpava demais. Hoje, mesmo caindo, tenho observado mais do que me culpado. Tenho observado mais meus pensamentos e visto que é questão de escolha, sofria em não aceitar que estava doente (estou doente). Sei que um dia terei total controle sobre esses impulsos. Fico me perguntando até quando eu escolho sofrer, até quando escolho que os impulsos me levem a tal desatino. Os períodos de sobriedade são mais longos hoje, mas em outros períodos parece existir uma força sobre mim tamanha que me arrebata aos prazeres desvairados. Meus pensamentos se mostram como nessas palavras, atordoadas e confusas. Talvez esteja perdido, mas sempre estou buscando forças para poder continuar vigiando meus pensamentos. Espero que Deus me ajude e não desista de mim.

  91. Excelentes suas colocações, você é um espírito bem evoluído e sábio, continue assim e eu vou te acompanhar nos seus artigos, porque isso nos ajuda a evoluir, sem dúvida, estou admirada com seus artigos, bom adquirir experiências. Parabéns…
    Abraços…

  92. Olá Morel, muito bom esta matéria sobre sexo nos sonhos, acontecem muito comigo, acordo um pouco com a consciência pesada, mas luto para manter meus pensamentos equilibrados, mas muitas vezes…
    Grande abraço
    Gilberto

  93. Morel, parece realmente que meu guia me direcionou ao seu site. Li algumas coisas e parece que foram escritas pra mim. Gostaria de trocar algumas experiências, e para isso precisaria entrar em contato com você através de e-mail e não publicar como comentário. Como posso entrar em contato com você? Obrigado e muita luz em sua jornada.

  94. Parabéns! Seus artigos são muito esclarecedores! São fortes, mas necessários para muitos que, como eu, buscam a verdade e precisam da verdade, porque as explicações convencionais já não bastam… Muito necessário seus artigos. Desejo que gerem muitos frutos, e despertem muitas e muitas e muitas consciências. Deus o proteja sempre.

  95. Eu tenho sério problema com canalizar energias genésicas, mas ultimamente venho observando que o orar e vigiar é a melhor maneira de poder controlar tanto os pensamentos quanto as ações. Desejos vamos ter sempre, o importante, acho eu, é como está sendo motivado esse desejo; para o prazer ou para o amor? Muita paz e que Jesus nosso mestre nos conduza à disciplina do sexo.

  96. Obrigado pelo comentário, Léia; sua opinião é sempre bem vinda, concordando ou não comigo. Luz pra você também!

  97. Muito interesante esse assunto amigo Felipe orar e vigiar sempre para não cair em tentação como nosso mestre nos ensinou, hoje com tanta facilidade nas redes sociais esse sábio lembrete deve ser repensado com muito mais atenção ainda, para que futuramente não venhamos a chorar lágrimas sem fim do arrependimento de atos impensados. Parabéns amigo pelos artigos, cada um mais inspirador que o outro.. LUZ na sua vida, abraço.

  98. Não me preocupa isso. Só vejo que nossa responsabilidade é grande. “A quem muito foi dado, muito será cobrado”.

  99. Maria Clara e Monique, acessei o link e dei uma olhada superficial. Achei muito bom o que vi; certamente irei divulgar depois de ler. Precisamos de obras objetivas e sucintas, pois poucos têm tempo ou disposição para ler obras longas.

  100. Olá Morel!
    Excelente artigo!
    Temos que orar e vigiar constantemente, para evitarmos cair em certas armadilhas. O livro que te indiquei “PAz e amor, bicho!”, fala sobre a vampirização ao sangue de boi durante o abate e durante a refeição. Repugnante só de imaginar. Segue a indicação de um filme, baseado no relato fiel de uma série de selvagens assaltos sexuais testemunhados pela família da vítima, registrados por uma equipe de pesquisadores no campo psiquiátrico e psíquico.
    Paz.
    Monique
    http://www.uema.com.br/filmes/159/
    http://www.youtube.com/watch?v=zbM5Y7UJiN8

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.