Reencarnação, Reforma íntima

Reencarnação e o esquecimento do passado

Reencarnação e o esquecimento do passado
Reencarnação e o esquecimento do passado

Ouça este artigo na voz do autor

Mesmo entre os que compreendem a reencarnação, há aqueles que não entendem ou não aceitam o esquecimento do passado.

Quem desconhece a realidade da reencarnação alega que, se já houvesse vivido antes, deveria lembrar. Acha que reencarnação não existe, pois não se recorda de nenhuma vida anterior a esta. Quem pensa assim não percebe que o cérebro físico não poderia arquivar lembranças de algo que não viveu, algo de que não participou. O cérebro físico só guarda registros de fatos que chegaram a ele através dos cinco sentidos físicos. Lembra quais são eles? Isso eu decorei aos sete anos: visão, audição, paladar, olfato e tato. São os sentidos que captam informações exteriores e transmitem essas informações ao cérebro.

Entre os que compreendem a reencarnação também há os que acham que deveríamos lembrar de nossas vidas passadas. Cada um pensa como quiser. Mas o esquecimento do passado do espírito imortal é uma das maiores dádivas que a Vida nos oferece. É talvez o mais precioso exemplo da misericórdia divina. Deus sempre nos concede novas oportunidades de aprendizado. O que não aprendemos numa etapa, podemos aprender na etapa seguinte.

Acho que é normal ter curiosidade de saber quem fomos, o que fizemos, onde vivemos, com quem convivemos. Você sabe que muitos espíritos reencarnam juntos várias vezes, ligados por fortes laços de união ou discórdia.

Numa mesma família quase sempre ocorre o reencontro de antigos desafetos em busca de reajuste e rearmonização.

Não estamos preparados para lidar com essas informações. Não estamos prontos para reconhecer em nossos familiares pessoas que nos prejudicaram ou que foram prejudicadas por nós em outras vidas. Como você se sentiria se lembrasse, de repente, que você cometeu verdadeiras atrocidades contra uma pessoa que você ama? Melhor deixar assim por enquanto…

Também há quem gostaria de lembrar de suas vidas passadas para compreender melhor a si mesmo, para descobrir a origem de seus medos, seus males, suas dificuldades. Muitos fazem regressão de vidas passadas nessa tentativa de resgate de si mesmo. Não posso falar com profundidade de um assunto que desconheço. De qualquer modo, não me parece que seja necessário fazer regressão para conhecer seu íntimo.

Por que buscar a causa de nossos males no passado se essas causas estão conosco, onde quer que estejamos? As razões dos seus medos, dos seus males e de suas dificuldades estão em você, não precisa ir longe para encontrá-las.

Aprendemos vagarosamente. Cada falha de caráter, cada defeito, cada traço negativo que você tenha desenvolvido em sua trajetória milenar exige de você uma profunda mudança interna, uma vontade firme e forte de realizar a sua reforma íntima. É provável que você esteja tentando se livrar dos mesmos defeitos há várias reencarnações.

O espírito é sempre o mesmo. Não importa se você foi membro da nobreza, bruxa, soldado, camponês, cortesã, monge. Você é você. Você é espírito imortal. E por mais que mudem os cenários, por mais que sejam diferentes os costumes, as ocupações ou as pessoas  que você conheça ao longo da sua experiência espiritual, você é sempre você. Em essência, você é sempre o mesmo. Você é um ser individual, único.

Os defeitos que você tem hoje são os mesmos defeitos que você tinha ontem. Eles acompanham você há muitas vidas. Antes que você reencarnasse, antes que você retornasse ao planeta para ser quem você é hoje, você estava plenamente consciente dos seus defeitos.

Você veio com o firme propósito de se corrigir, de dar um fim a essas características que têm lhe atrasado o progresso moral.

Quer conhecer esses defeitos? Quer saber o que falta para você superar o estágio em que se encontra hoje? Procure responder a si mesmo quais são os desejos que você não consegue controlar. Desejos, em nosso estado evolutivo, são tentações. São barreiras que devemos superar para vencermos a nós mesmos. Essas tentações podem ser o dinheiro, o poder, o sexo exacerbado. São pontos fracos que devem ser desenvolvidos, equilibrados. Se cada um de nós conseguir superar um só defeito, nesta passagem pela matéria, já teremos conquistado um grande avanço.

Conheça meu canal no Youtube!

Artigo AnteriorPróximo Artigo

32 Comentários

  1. Acredito na reencarnação, porém acho vago a ideia de que temos que renascer sem ao menos lembrar quais foram seus erros do passado. Ou seja, como corrigir algo de que não se lembra? Não faz o menor sentido. Dentro de nossa percepção materialista, é impossível tirar nota boa no curso que estamos fazendo se não estudarmos aquele assunto, certo? Então, como fazer o exercício direito nessa vida se não se tem ideia alguma de quais foram os erros pregressos?

  2. Só vim aqui deixar uma palavra de conforto, obrigado, obrigado pelo seu trabalho, é tao gratificante ler tuas postagens, é tão instrutivo, faz também, parabéns pelo trabalho que você exerce, tudo muito esclarecedor!!!

  3. Cellyna, também é possível que você tenha sido a autora disso. Gravamos em nosso íntimo o que fazemos para os outros. Não se preocupe com isso. Ore sempre perdoando e pedindo perdão a todos os espíritos, encarnados e desencarnados, que possam ter prejudicado você ou a quem você possa ter prejudicado, em qualquer tempo, conscientemente ou não.

  4. Oi, comigo já aconteceram diversas coisas, mas uma que sempre me deixou intrigada e com medo, foi o fato de eu sempre sonhar que estou levando um tiro nas costas, eu já sonhei diversas vezes com isso, sempre é o mesmo sonho e a pessoa é sempre a mesma e sempre me atira nas costas, e eu então consigo remover a bala, e fico segurando ela nas minhas mãos cheias de sangue. É provável que isso tenha ocorrido comigo em uma de minhas vidas passadas?

  5. Maria, não há uma causa específica. Provavelmente os fatos ocorridos marcaram você tão fortemente que atravessaram a barreira vibratória entre os planos astral e físico. Mas isso denota mediunidade; seria bom você esclarecer-se a respeito.

  6. Eu me lembro perfeitamente de minha vida anterior. Isso complicou muito meu relacionamento com meus pais e irmãos mas aprendi a conviver com esse fato há muito tempo. Sei que poucas pessoas vêm ao mundo com esse conhecimento. Você poderia me dizer por que isso aconteceu comigo?

  7. Amei tudo isso, acredito muito na reencarnação e que com certeza colhemos exatamente o que plantamos.

  8. Larissa, tudo o que já vivemos, em nossas muitas existências, está gravado em nosso subconsciente. Algumas lembranças, por serem muito fortes, vêm à tona durante o período de sono físico, são os sonhos subconscientes. A terapia reencarnacionista pode facilitar a compreensão e a lembrança selecionada de fatos passados que influenciam no no presente.
    Quase sempre reencarnamos no mesmo grupo familiar. Somos atraídos para onde temos vínculos fortes, sejam eles positivos ou negativos.

  9. Morel, já senti uma vontade imensa em fazer regressão, mas confesso tive medo. Mas eu sempre acreditei em coisas que não poderia provar, como por exemplo a sensação de já ter vivido aquilo, já ter passado por um determinado lugar que nessa vida certeza nunca tinha ido, não ir com a cara de algumas pessoas de cara, tipo o famoso “não bater o santo” rsrs. Bom, o fato é que quando pequena e se me recordo bem até uns 07 anos porque nessa época meus pais eram casados ainda, eu sempre tinha um sonho de que eu queria ser mãe, queria ter 03 filhos (ainda tenho esse desejo inconsciente), mas eu sempre tinha a “visão” de uma pessoa adulta batendo muito em uma criança no berço, tirando sangue mesmo. Eu sentia aquilo, não sei definir quem eu era na cena, mas eu via nítido isso, e isso nunca me aconteceu nessa vida. Outra coisa também era o medo absurdo de água, eu entrava em pânico, toda vez que era pra eu ir pra praia eu lembro que adorava, mas tinha pesadelos comigo me afogando na praia, eu me via embaixo d’água me afogando mesmo, borbulhas e acordava sentindo falta de ar, depois dos 10 anos isso passou… Com o tempo fiquei pensando, será que eu não vivi isso em outras vidas, e depois do tempo que minha vida acabava eu parava de ter as visões. Além de outras coisas que sinto, quando eu penso na minha priminha que morreu com 09 aninhos, que era quase uma irmã pra mim, eu sempre tenho notícias da minha tia, mãe dela, que não mora mais em minha cidade, mas depois que o irmão dela nasceu eu parei de ter os sonhos… É possível reencarnamos na mesma família?! Ou podemos reencarnar em outro lugar com famílias diferentes da nossa, tipo eu morri agora, e minha família ainda está aqui, eu posso reencarnar em outra em outro lugar?! Será que meus sonhos eram lembranças de outra vida?! Aconteceu uma vez de eu me sentir sufocada, estava dormindo só que eu via uma sombra preta me apertando, eu me via na cama, meus filhos em volta, tentava orar e não conseguia, daí uma hora eu consegui orar o pai nosso inteiro e abri os olhos sentindo aquele peso saindo de cima de mim. Obrigada pelas palavras e temas que aborda, é muito esclarecedor.

  10. Deise, mesmo depois de desencarnados não temos condições de lembrar de todo o nosso passado. Geralmente só se tem a lembrança da última reencarnação. Só os espíritos mais adiantados, com maior capacidade mental e com condições morais de lidarem com seus erros passados têm acesso a um tempo mais remoto.
    Não existe regra para o tempo que um espírito leva para reencarnar novamente. Depende de uma série de fatores. Pelo que observo, algumas décadas.
    Reencontramos com aqueles com quem temos real afinidade. Há pessoas que passam pela nossa vida, mesmo que muito próximos, sem deixarem marcas.

  11. Realmente tenho muita curiosidade de saber o que fiz e o que fui na encarnação passada…
    Questiono o seguinte: Quando morremos, lembramos do nosso passado??? E quanto tempo demora para um espírito reencarnar novamente? Minha avó morreu há 30 anos, um tio há 11 e outra tia há 7 anos… Se morrer amanhã, vou reencontrá-los ou pode ser que isso nunca ocorra?

  12. Caro amigo, palavras tão sábias e abençoadas me fazem até pensar que sei raciocinar…..

    As qualidades são realmente adquiridas ao longo da vida, das vidas, de cada reencarnação… Se o milagre da vida é a evolução do espírito, então estamos a viver para ganhar qualidades. Em contraponto, a medida em que ganhamos qualidades, é porque estamos a substituir antigos defeitos… vícios que temos ou tivemos.

    Logo, o paradoxo que nos é apresentado do BEM x MAL é exatamente QUALIDADES x DEFEITOS, VIRTUDE x VÍCIO. Este sim é o GANHAR x PERDER que deve ser levado em conta.

    Aí consiste o grande benefício da vida, que nos concede sempre a chance do aperfeiçoamento. A cada conhecimento adquirido, acerca do verdadeiro objetivo evolutivo, ganhamos conhecimento x ignorância, sendo que o conhecimento é a luz para o bem e a ignorância a raiz de todo o mal. A luz sobe, a ignorância desce… compreendemos o bem, nos livramos do mal; substituímos maus hábitos por bons hábitos e o que é bom nos fica “gravado” no espírito.

    Somos espíritos de luz, logo absorvemos a luz e ela passa a fazer parte de nós. Por isso as trevas nos perturbam a alma, porque ela é contraponto à luz que nos é característica. Ao entrarmos em contato com as trevas, entramos em estado de perturbação de frequência e nos desajustamos, pois somos predisponíveis para a luz.

    Vamos apagando os erros e defeitos (as trevas do espírito) à medida em que ganhamos luz. É como se no decorrer da jornada fossemos recuperando algo que nos é parte.

    A luz é nossa, a treva não… o bem é nosso, o mal não. Encarnamos para o bem, para a luz. Esta é a nossa caminhada…. para a LUZ

    Muito obrigada por estar fazendo parte da minha caminhada e de muitos outros.

  13. Leticia, algumas pessoas têm mediunidade mais acentuada, e podem sentir, ouvir ou ver espíritos. Não recomendo regressão, mas há excelentes profissionais habilitados terapeutas reencarnacionistas, que fazem terapia de vidas passadas.
    Se você desconhece o que seja mediunidade, pesquise a respeito. Comece lendo O Livro dos Espíritos e O Livro dos Médiuns. Sem esclarecimento não há como resolver problemas, não se chega a lugar algum.

  14. Existe essa possibilidade de fazer uma regressão? Desde que era pequena vejo espíritos. Sinto eles. Gostaria de saber o porquê de isso acontecer comigo. Eu não gosto, tenho medo.

  15. O esquecimento do passado é benção do pai onisciente para não acumularmos mágoas e ressentimentos, se vivemos desde o tempo das barbáries, se lembrássemos de tudo a carga seria demasiada. Então consiste na providencial concessão dos meios de resgate para todos os males praticados.

  16. Então é errado fazer regressão? E quando é espontânea como uma vez que me vi como um soldado da idade média em um sonho?

  17. Sergio, obrigado pela companhia. Algumas pessoas me relataram esse problema do fundo cinza. Testei em computadores diferentes e só o que pude constatar é que o problema costuma ocorrer nas versões antigas do Windows Explorer.

  18. Sempre bons os seus textos Morel e também os comentários dos nossos irmãos. Estou sempre por aqui pra “conferir” o site. Só uma pequena sugestão: – tente mudar a cor cinza do fundo pois isso dificuta um pouco a leitura dos textos (pelo menos aqui na tela do meu lap top).

    1 abraço e fiquem com Deus!

  19. E você precisa de definição? Acredito que religião é um modo de organizar o pensamento em torno da ideia de religação com Deus. Mas não é imprescindível, de maneira alguma. Acho mesmo que no futuro não existirão religiões como conhecemos hoje. Admiro muito a sua postura.

  20. Então, eu não tenho nenhuma religião, não me encaixo em nenhuma delas, mas creio muito em Deus, costumo dizer que em Deus posso tudo, não tenho medo de nada, e sempre procuro respeitar o próximo, e levo minha vida muito bem ajudando as pessoas no que posso. Como definir meu espírito?

  21. Acho este um assunto muito interessante. Muitos querem saber com certeza sua vida passada, mas é tão simples! Somos uma ‘continuidade’ dela ( se é que posso dizer assim.) Talvez a situação econômica, lugar, ambientação mude, mas é só olhar pra nossa vida que temos registrado. Importante dizer que tambémm trazemos coisas boas de nós mesmos, superações. O nível de ser continua e por isso é importante crescer nele. Abraços.

  22. Na verdade o esquecimento do passado foi uma dádiva que DEUS nos proporcionou para que pudéssemos ter a chance de nos reconciliarmos com nossos desafetos sem termos a consciência do que nos fizeram e do que fizemos de mal para com as outras pessoas. Não nos compete querer saber de uma coisa que DEUS nos ocultou por infinita bondade.Temos que procurar amenizar nossas más inclinações mudando nossas atitudes, sendo mais fraternos, enfim, nos reformando intimamente.

  23. Eu já pensei diversas vezes em fazer regressão por causa do meu medo estúpido de dirigir. Mas fui desaconselhada por um médium pelos motivos que você abordou… afinal, se fosse para nos lembrarmos do que fomos no passado nos já teríamos nascido com essa memória. Enfim… resolvi não fazer e lutar com a ajuda de Deus para superar este medo
    ps: bela voz hein sr Morel rs… parabéns pelo site, visito todos os dias e está ajudando muito na minha reforma íntima.

  24. O esquecimento das existências anteriores é uma graça de Deus que, em sua bondade, quis poupar ao homem lembranças freqüentemente penosas. Em cada nova existência, o homem é o que ele fez de si mesmo; é para ele um novo ponto de partida – ele conhece seus defeitos atuais, sabe que esses defeitos são a conseqüência dos que tinha, tira conclusões do mal que pôde ter cometido, e isso lhe basta para trabalhar, corrigindo-se. Se tinha outrora defeitos que não tem mais, não tem mais que preocupar-se com eles; bastam-lhe as imperfeições presentes.

  25. Sempre achei que os erros de encarnações passadas é o que algumas religiões chamam de “Pecado Original”. Com um pouco de conhecimento conseguimos perceber quem são nossos inimigos do passado e amá-los na posição que eles se encontram hoje. Olhando nossas atitudes, nossos desejos mais íntimos, nosso inconsciente que aparece nos sonhos, também podemos saber quais são nossos maiores defeitos e razões de nos levar a cometer erros que iremos nos arrepender por muito tempo. (Deve ter ficado confuso porque estou digitando do celular).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.