Pensamento e disciplina, Reencarnação

Espíritos protetores

Espíritos protetores
Espíritos protetores

Ouça este artigo na voz do autor

Os espíritos protetores acompanham com grande interesse os seus passos, lamentam suas escolhas erradas, comemoram seus progressos.

Você está contente com a sua família? Tomara que sim. É normal que nos ocupemos em primeiro lugar com a família, afinal, são os nossos próximos mais próximos. Por outro lado, nem sempre é agradável o convívio em família. Antigos desafetos costumam reagrupar-se numa mesma família na tentativa de rearmonização.

Por isso nem sempre os nossos maiores laços de afeto estão na família terrena. Nossa família espiritual é muito mais sólida do que a família representada por consanguinidade e convencionalismos sociais.

No decorrer dos séculos, atravessando várias reencarnações, vamos formando vínculos de amizade e amor. Como não fazemos só amizades, mas também criamos desavenças, acabamos nos separando às vezes por longo tempo desses seres que amamos. Se não cometêssemos tantos erros, talvez pudéssemos reencarnar rodeados de espíritos afins.

É verdade que os espíritos pertencentes a um mesmo grupo reencarnam juntos muitos vezes, trocando os papéis. Mas não é menos verdade que você já teve outra mãe, outro marido, outros filhos, talvez numa relação de muito mais amor do que você vive hoje.

Alguns desses espíritos se adiantaram mais do que você. E zelam por você. Acompanham com grande interesse os seus passos, lamentam suas escolhas erradas, comemoram seus progressos.

É muito provável que sua vinda pra cá tenha passado por um planejamento. Você se comprometeu a fazer uma série de coisas, a se reajustar com alguns espíritos que reencarnaram perto de você. Esse planejamento dá trabalho, não é coisa que possamos fazer sem a ajuda de espíritos bastante superiores a nós. Fico imaginando o desapontamento de nossos amigos espirituais quando nos veem falhando em nossa tarefas!

São espíritos que nos amam, que querem o melhor pra nós. Coloque-se no lugar deles. Imagine-se observando alguém que você ama, alguém por quem você se sinta responsável, alguém que esteja enfrentando provas um pouco difíceis, e você não pode fazer nada. Ou você acha que os espíritos protetores podem interferir em nossas vidas?

Tenho um amigo que se queixava muito de seu anjinho, como ele o chamava, porque o anjinho não o avisava dos perigos e dos caminhos errados. De que serviria nossa passagem pela matéria se recebêssemos tudo de mão beijada? Onde estaria o nosso mérito? O que aprenderíamos? Sem falar que nenhum “anjinho” pode saber exatamente o que vai nos acontecer. Por sua relativa liberdade e por sua possível superioridade, é possível que ele preveja, através do cálculo e da experiência, o que nos aguarda logo mais à frente. Mas ninguém sabe o futuro. Não existe determinismo. O futuro é construído por nós a todo instante, e podemos mudá-lo de uma hora pra outra.

Confesso que às vezes tenho vergonha dos amigos espirituais que se interessam por mim. Sinto vergonha por tantos erros cometidos, por tantos maus pensamentos, por tantas más palavras, por tantas más ações. Vergonha dos queixumes, do mau humor, da descrença, da indiferença com a Vida.

Sei que com eles não vai adiantar um monte de explicações, um monte de desculpas. Até porque sei que aceitei um fardo possível. Você também, antes que eu me esqueça! Sabe aquele negócio de que Deus não nos dá um fardo que nossos ombros não possam carregar? Pois é, é disso que estou falando. Aceitamos encargos plenamente possíveis de serem executados. Uns mais fáceis, outros mais difíceis, mas todos possíveis.

Somos privilegiados por reencarnarmos em condições de realização. Milhões de espíritos desejariam estar em nosso lugar, vivendo isso que chamamos de “problemas”…

Conheça meu canal no Youtube!

Artigo AnteriorPróximo Artigo

11 Comentários

  1. As Manifestações dos Espíritos e sua identidade.

    1) Como podemos avaliar se um espírito desencarnado que se apresenta numa reunião mediúnica é um Espirito Elevado ou atrasado?
    Se ele é um Espirito Sábio ou ignorante?
    Se ele é um Espirito bom ou mal?
    O Mestre Allan Kardec fala em seus Livros que é pela LINGUAGEM que vamos avaliar o estado moral evolutivo dos espíritos desencarnados.
    Os Espiritos Elevados possuem sempre uma Linguagem pura, digna, elevada, lógica e sublime de moralidade e seus ensinamentos visam sempre a melhoria moral e espiritual das pessoas, os Espiritos Elevados são Virtuosos em seus ensinamentos, eles pregam a pratica do Bem e das Virtudes.
    Eles procuram moralizar, disciplinar, educar, instruir e iluminar as pessoas.
    Portanto, a LINGUAGEM é o ponto chave, que devemos avaliar nas comunicações mediúnicas, devemos analisar o teor moral e racional dos ensinamentos dos espíritos desencarnados.

    Os espíritos apegados a matéria possuem sempre uma LINGUAGEM vulgar, chula, trivial, grosseira, pesada, agressiva e ímpia, na linguagem desses espíritos se reflete as paixões humanas, como o ódio, a raiva, a inveja, o ciúme, o fanatismo, o desejo de vingança, o apego aos vícios terrenos, como o vicio de beber, fumar, jogar e o vicio das drogas, eles possuem uma LINGUAGEM moralmente pesada e suja, outros espíritos já possuem uma Linguagem de sofrimento, angustia, medo, incertezas, tristezas, arrependimentos.
    Portanto, basta avaliar o nível Moral e Racional da LINGUAGEM que os espíritos desencarnados usam em suas comunicações, para sabermos se eles são espíritos bons ou maus ou espíritos sofredores.
    A LINGUAGEM é o ponto chave.
    Também devemos avaliar o teor moral dos seus ensinamentos, vamos conhecer a árvore pelos seus frutos. Como disse antes, os Espiritos Elevados são Virtuosos e Moralizadores em suas comunicações, qualquer ensinamento vulgar, trivial, sem alcance moral e sem base racional, vamos concluir que são espíritos atrasados, apegados a matéria, que estão se comunicando.

    2) Os Espiritos Elevados possuem sempre uma Linguagem pura, digna, nobre, lógica, sem contradições e sem vulgaridades, tudo neles refletem bondade, paz, alegria, amor, elevação moral, fraternidade, respeito, dignidade, eles deixam o ambiente fluidicamente limpo, suave e luminoso.
    Os Espiritos de Luz são como flores, eles vão perfumar moralmente o ambiente.
    Os espíritos apegados a materia e as paixões humanas, possuem sempre uma Linguagem moralmente suja, ligada as coisas matérias.
    Seus ensinamentos ou mensagens só tratam de questões matérias terra a terra, sem alcance moral.
    É por isso que devemos estar sempre atento a linguagem e aos ensinamentos que os Espiritos desencarnados usam em suas comunicações mediúnicas.

    3) A Linguagem e os ensinamentos usados pelos espíritos desencarnados é o ponto chave para analisarmos o seu estado evolutivo, portanto, temos que observar com muito cuidado as mensagens mediúnicas.
    Existe no mundo espiritual ou plano astral, muitos espíritos que são mentirosos, hipócritas, embusteiros, sedutores e mistificadores, eles usam nomes importantes, pomposos para enganar as pessoas e também usam uma Linguagem melosa, doce e meiga, para seduzir e enganar, são os falsos profetas do plano astral.
    Para evitar os espíritos mentirosos e hipócritas, temos, que seguir a orientação do Mestre Allan Kardec que fala o seguinte, quaisquer mensagens ou comunicações que venha dos espíritos desencarnados, tem QUE PASSAR PELO CRIVO DA RAZÃO E DA LÓGICA para poder ser aceito.
    Temos que analisar tudo com muito critério, usando sempre, o crivo da Razão e da Lógica mais rigorosa, qualquer ofensa a Razão e a lógica, vamos analisar que é um espírito atrasado, portanto, pouco merecedor de confiança.
    Os espíritos mistificadores tudo fazem para seduzir e enganar as pessoas, todo cuidado é pouco nesses assuntos.
    Pela fé raciocinada, devemos sempre analisar tudo dentro de princípios morais e racionais elevados.
    Os Espiritos Elevados e os bons espíritos sempre indicam esse procedimento de analisar, pensar e raciocinar sobre as comunicações que vem do plano astral, somente os espíritos mentirosos, hipócritas e mistificadores, temem esse exame, eles querem ser aceitos sem nenhum exame racional, devemos acreditar neles cegamente e passivamente, isso é um sinal claro que eles são espíritos orgulhosos, mentirosos e hipócritas, devemos sempre desconfiar desses procedimentos.
    Só devemos colocar em pratica os conselhos dos espíritos desencarnados, quando eles forem eminentemente RACIONAIS e com uma Moral sã e elevada, devemos sempre esta alertas nesses assuntos, como diz o ditado popular, o desconfiado morreu de velho.

    4)Os espíritos desencarnados possuem um corpo fluídico chamado de perispirito ou corpo astral, esse corpo fluídico reflete as condições morais e mentais dos Espiritos.
    Os Espiritos Superiores e os Bons Espiritos possuem um corpo perispiritual leve, luminoso e radioso, são corpos de luz ou corpos luminosos, muitos médiuns videntes conseguem ver esses Espiritos Elevados envolvidos em emanações luminosas e coloridas, o seu perispirito é sutil, belo e luminoso e eles possuem um aroma ou perfume leve e agradável, muitos deles possuem um aroma de rosas ou flores.
    Conforme, os Espiritos vão evoluindo moralmente e intelectualmente o seu perispirito vai se eterizando, se tornando cada vez mais sutil e diáfano e luminoso, quando eles se apresentam numa reunião mediúnica, eles se apresentam com um perispirito ou corpo astral radioso e luminoso outros se apresentam como focos de luz ou esferas luminosas e coloridas.
    O perispirito é o cartão de apresentação dos espiritos desencarnados.
    Os espiritos apegados a matéria e aos vícios terrenos, possuem um perispirito denso, turvo, escuro ou deformado, os espiritos obsessores podem tomar formas fluídicas de bruxas, caveiras, duendes, anões deformados, animais deformados, demônios e outras formas moralmente degradantes, eles fazem isso para se impor pelo medo e pelo terror, são os espiritos do Umbral.
    O perispirito ou corpo astral é um corpo fluídico semi material e plasmavel ao pensamento dos espiritos, é por isso que eles podem plasmar formas fluídicas com o seu perispirito.
    Os espiritos inferiores, perturbadores e obsessores só não podem plasmar corpos fluídicos luminosos e radiosos, por que, isso é uma condição da elevação moral e espiritual dos Espiritos.
    Resumindo, corpos fluídicos luminosos e coloridos com um perfume sutil e agradável é uma condição evolutiva dos Espiritos elevados.
    Corpos fluídicos densos, grosseiros, turvos, escuros e deformados é uma condição de atraso moral dos espiritos inferiores.
    O perispirito ou corpo astral sempre vai refletir as condições morais e mentais dos espiritos desencarnados.
    Portanto, um médium vidente em boas condições morais pode avaliar o estado evolutivo dos espiritos desencarnados pela irradiação luminosa dos seus perispiritos.

    5) Os Espiritos Superiores e os Bons Espiritos possuem sempre uma LINGUAGEM pura, digna, elevada, lógica, nobre e sublime de moralidade, e seus ENSINAMENTOS visam sempre a melhoria Moral e Espiritual das pessoas.
    Os Espiritos Elevados são Virtuosos em seus ensinamentos e mensagens.
    Os espíritos apegados a matéria e as paixões terrenas possuem uma LINGUAGEM moralmente pesada e suja, uma linguagem vulgar, grosseira, agressiva, chula, ímpia, e eles só tratam de assuntos matérias sem alcance moral, assuntos terra a terra.
    Portanto, devemos sempre analisar o teor moral e racional da LINGUAGEM dos espíritos desencarnados, e só devemos aceitar o que tiver um nível Racional elevado e uma Moral sã.

    6) Um Espírito Superior ou um Bom Espírito, já mais vai usar uma Linguagem moralmente pesada e suja, uma linguagem vulgar, ímpia, trivial, grosseira, ele terá certamente uma Linguagem que reflete seu estado moral evolutivo.
    Porém, existe no plano astral muitos espíritos embusteiros, mentirosos e mistificadores, que procuram enganar as pessoas, eles tomam nomes falsos importantes, veneráveis e pomposos e também usam uma Linguagem melosa, doce, meiga para poder SEDUZIR e mentir, seduzir e enganar, seduzir e iludir.
    A tática é sempre tentar SEDUZIR.
    É POR ISSO, QUE DEVEMOS PASSAR PELO CRIVO SEVERO DA RAZÃO E DA LÓGICA TODOS OS ENSINAMENTOS QUE VENHA DOS ESPÍRITOS DESENCARNADOS.
    Só devemos aceitar o que a Razão, a lógica e sã Moral indica.
    Existe os espíritos mistificadores de Corpos fluídicos.
    O perispirito ou corpo astral é um corpo fluídico semimaterial que é plasmavel ao pensamento dos Espiritos, basta o Espirito pensar fortemente numa forma que seu perispirito vai plasmar fluidicamente tal forma, portanto, os espíritos desencarnados podem tomar varias formas fluídicas, eles podem conforme as suas condições psíquicas plasmar a forma fluídica de um índio, de um militar, de um medico, de um idoso, de um jovem, de uma criança, de uma pessoa famosa um cantor um artista, portanto, muitos espíritos embusteiros podem tomar formas fluídicas falsas para enganar os médiuns videntes, são os mistificadores de corpos fluídicos do mundo espiritual.
    Esse processo é chamado de IDEOPLASTIA ESPIRITUAL.
    É a capacidade que certos espíritos desencarnados tem de simular uma forma fluídica falsa para enganar os médiuns videntes que são invigilantes com a sua conduta moral.
    A matéria fluídica do perispirito é plasmavel ao pensamento do Espirito, o pensamento é uma força criadora muito importante, basta o Espirito se concentrar numa forma que seu corpo perispiritual vai plasmar fluidicamente tal forma.
    É por isso que entrar em contato mediúnico com o plano espiritual é algo muito serio, devemos sempre estar alertas nessas questões.

    7) O Pensamento e a Sintonia
    Existe uma lei chamada Lei de Sintonia vibratória ou a Lei de afinidade moral que o ser humano pratica com seus pensamentos.
    Essa Lei determina que os iguais se atraem e os diferentes se repelem, cada pessoa conforme seus pensamentos, sentimentos e atitudes, vão atrair bons ou maus espíritos conforme o Padrão Moral desses pensamentos, sentimentos e atitudes.
    Uma pessoa que se entrega aos seus maus pensamentos, maus sentimentos e aos vícios, vai estabelecer sintonia vibratória com espíritos desencarnados que pensam e sentem da mesma forma, ou seja, vai atrair uma assistência espiritual ruim.
    O nosso Pensamento tem que estar canalizado somente para coisas positivas e elevadas, o pensamento se propaga no mundo espiritual ou plano astral através de ondas vibratórias e ele vai sempre estabelecer sintonia com os espíritos desencarnados, pensamentos de ódio, raiva, ciúmes, inveja, egoísmo, falsidade, desonestidade, revolta, medo, hipocrisia, desejos de vingança vai sempre atrair espíritos inferiores, perturbadores e obsessores, por que, esses espíritos também pensam da mesma forma negativa, os semelhantes atraindo os semelhantes.
    Pelo pensamento entramos em contato vibratório com o plano astral e os espíritos desencarnados, podemos dizer que os espíritos se comunicam entre si pela irradiação dos pensamentos ou vibrações mentais, portanto, os espíritos desencarnados podem conhecer e ler nossos pensamentos, e os espíritos obsessores podem com isso descobrir nossos pontos fracos.
    É por isso que devemos cultivar pensamentos elevados, nobres e firmes no Bem, para podermos estabelecer sintonia com os Espiritos de Luz e afastar os espíritos das sombras, tudo depende das nossas condições morais e mentais.
    O Pensamento cria correntes fluídicas entre o plano espiritual e o plano material, e nessas correntes fluídicas vamos ter um canal aberto com o plano astral.
    Para resumir, o ser humano com seus pensamentos vai estabelecer sintonia vibratória com os espíritos desencarnados, pensamentos de raiva, ciúmes, medo, revolta, falsidade, egoísmo vai atrair espíritos que pensam e sentem da mesma forma, portanto, temos que disciplinar nossos pensamentos somente em coisas boas e positivas.
    Ler bons livros, ouvir boas musicas, manter contato com pessoas de boa formação moral, cultivar a prece sincera e ter pensamentos elevados e positivos, é a melhor forma de elevar o padrão vibratório dos pensamentos.

    8) O problema da Obsessão
    O Mestre Allan Kardec em seus livros, fala que são as nossas imperfeições morais que atraem os maus espíritos.
    Essas imperfeições morais são basicamente os maus pensamentos, os maus desejos, os vícios, os maus hábitos e as atitudes negativas.
    Cada imperfeição moral é uma porta aberta para os maus espíritos.
    Allan Kardec explica: assim como as moscas farejam as chagas do corpo, os maus espíritos farejam as chagas morais da alma, para afastar as moscas basta limpar nosso corpo de suas impurezas físicas, para afastar os maus espíritos temos que Limpar nossa alma de suas impurezas Morais, vamos concluir, que é na Limpeza Moral que esta a melhor defesa psíquica contra os maus espíritos.
    Essa Limpeza Moral consiste em:
    a) combater os maus pensamentos e os maus sentimentos
    b) combater os Vícios e os maus hábitos
    c)cultivar a prece sincera
    d)ter uma conduta reta no Bem e nas Virtudes
    e) cultivar a fé Racional para discernir as coisas

    O Mestre Allan Kardec fala em seus livros que o ser humano tem o Livre arbítrio para resistir ou ceder as influencias dos maus espíritos, portanto, nós podemos resistir as influencias dos espíritos inferiores, perturbadores e obsessores, por que, o Livre arbítrio é nosso.
    Os maus espíritos não tem nenhum poder sobre as pessoas de Bem, são as nossas imperfeições morais que permitem que eles se aproximem de nós, se eu procuro ter um Comportamento Moral reto em Cristo eu vou afastar qualquer espírito obsessor.
    O Bem repele o mal
    A Luz repele a escuridão

    9) Divaldo P Franco disse que esses espíritos que se apresentam como preta velha, preto velho, caboclos, podem ser espíritos bons mais são IGNORANTES.
    Espíritos Ignorantes.
    Vejamos, os Espíritos de luz, jamais vão pedir charutos, cigarros, cachaça, despachos e sacrifícios de animais, somente espíritos apegados a matéria é que pedem essas coisas, ou seja, espíritos ignorantes.
    Em muitos centros de macumbas se pratica sacrifícios de pobres animais, somente espíritos inferiores podem pedir tais coisas, os Espíritos Elevados e os Bons Espíritos jamais vão pedir esses absurdos, os animais merecem o nosso respeito e o nosso amor, eles são nossos irmãos menores na escala evolutiva.
    J Herculano Pires em seu Livro Mediunidade fala que o Movimento Espírita deveria se LEVANTAR contra a matança de pobres animais nesses centros de macumbas, candomblé e quimbanda, como disse Divaldo P franco, esses espíritos são IGNORANTES e muitos deles podem ser maldosos, vingativos, sedutores e obsessores, devemos ter muito cuidado nesses assuntos.
    Vamos conhecer a elevação dos espíritos desencarnados pela sua LINGUAGEM e pelos seus Ensinamentos, um espírito que se apresenta numa reunião mediúnica pedindo cachaça, charutos, despachos e sacrifícios de animais, vamos analisar pelo teor Moral das coisas que ele fala e pede, que são espíritos apegados a matéria e aos vícios terrenos, ou seja, espíritos IGNORANTES sem luz moral.
    Vejamos essa pergunta, devemos aceitar esses sacrifícios de animais como um ato religioso??
    Ou devemos respeitar e amar os Animais, condenando essas praticas primitivas e absurdas??
    Uma outra pergunta, o que vai atrair os espíritos de Luz, velas, despachos, charutos, cachaça, sacrifícios de animais ou são os pensamentos puros e elevados, a caridade, o amor, a elevação moral, a pratica das Virtudes???
    Essas são algumas questões para podermos analisar pela fé raciocinada.

  2. Isso serve pra várias circunstâncias. Orar para nos conectarmos com Deus e vigiar nossos pensamentos para mantermos nosso padrão vibratório o mais elevado possível.

  3. Muito obrigado pela colaboração, Márcia. E parabéns pela sua resolução de não mais reclamar. Valorizando os pontos positivos da vida, a tendência é ver coisas boas em toda parte, nas mais variadas circunstâncias. Um abraço carinhoso.

  4. Amigo Morel, que bom encontrá-lo novamente com suas reflexões.
    Na verdade acredito também que nossos amigos, que estão na torcida do outro lado da vida, ficam no mínimo entristecidos ao verem nossas quedas, o descumprimento de nossos compromissos outrora firmados. Saiba que não é único nessa postura de envergonhado, pois os pensamentos ainda não são continuados no bem, no correto, no justo e nem se realiza continuamente na coerência do que abraçamos e defendemos. Estamos todos no mesmo barco, meu amigo, conduzidos pelo muito pensar e pouco sentir. Mas sem culpas e sem punições a nós mesmos, vamos seguindo animados e otimistas com o fato de já sermos conscientes de nossa postura de alunos um pouco vagarosos, mas determinados a tirar notas boas e passar de ano. Quanto a reclamar, você tem razão, renascemos em condições não privilegiadas, pois isso não existe por parte de Deus que é todo justiça, mas inegavelmente temos muito a agradecer. As cruzes que fazemos referência aos nossos probleminhas, são totalmente possíveis de serem carregadas. Sabe Morel, nesse início de ano fiz uma lista, projetos que almejo nesses 365 dias, dos quais 26 já se foram, e um deles é não reclamar. Entendi que é um vício horrível e ante tantos sofrimentos nesse planeta, percebi o tamanho da ingratidão com a posição que estamos ocupando nessa caminhada. Brindemos à vida e nos vacinemos contra esse péssimo hábito de reclamar. Muito a agradecer é o que temos na verdade. Grande abraço, amigo.

  5. Muitas vezes também me pego pensando no quanto é complicado conviver com reclamações. Sim, as reclamações são insuportáveis. Não somos perfeitos, mas para os familiares deveríamos ser. Qualquer errinho, ou mesmo nenhum, já é uma falha para uma vida toda. Hoje, com os entendimentos que tenho depois de conhecer a Doutrina, sei que não devemos entender a família como “aqueles que preciso suportar ou tolerar” e sim como “aqueles que preciso abrigar, proteger” e seguir minha senda da evolução e progresso, passando pelas situações que apareçam, boas ou ruins, e aprendendo e melhorando sempre com elas. Exercício supercomplicado, mas reparador e reconfortante. Faz parte do processo!!!

  6. Rodrigo, não existe determinismo no que concerne ao espírito imortal. O espírito tem vontade e relativa liberdade de ação, ou seja, livre-arbítrio. Não há um determinismo mecanicista ou fatalista no que se relaciona a nós, espíritos. Quando afirmo que não existe determinismo estou me opondo ao pensamento materialista clássico que afirma que todos os acontecimentos, até as vontades e escolhas humanas, são causados por acontecimentos anteriores. É preciso saber diferenciar a Lei de causa e efeito e o determinismo. Pela Lei da causa e efeito, você sempre colhe o que você plantou. Mas você pode influenciar permanentemente na colheita de seus atos. Pelo determinismo, tudo já está escrito,o seu destino já está traçado. Pela Lei de causa e efeito, embora você deva sofrer as consequências de seus atos, você pode interferir nessas consequências de acordo com a sua Vontade.

  7. Olá, tudo bem Felipe, só me esclarece uma dúvida, sempre acompanho seus posts, são ótimos, mas neste eu fiquei com uma pequena dúvida, no 8º parágrafo você mencionou que não existe determinismo para o futuro de cada um, mas existe a lei do determinismo, que abrange em outras ocasiões, é isso mesmo? obrigado.

  8. Essa questão do planejamento antes da reencarnação é muito bem mostrado no filme Nosso Lar. E o filme “E a
    Vida Continua” mostra bem a questão de espíritos de um mesmo grupo que reencarnam juntos trocando os papéis, com o propósito de construir novas relações que possam corrigir problemas ou mágoas da vida anterior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.