Leis cósmicas, Mentalismo

Pedi e obtereis

Pedi e obtereis
Pedi e obtereis

 Ouça este artigo na voz do autor

Pedi e obtereis, buscai e achareis, batei e abrir-se-vos-á.

A Vida é uma experiência maravilhosa. Todos os dias temos oportunidade de aprender coisas novas, de fortalecer virtudes, de aperfeiçoar nossos traços de caráter, de desenvolver nossa inteligência. Às vezes essas oportunidades se apresentam disfarçadas de grandes problemas, e nem sempre sabemos como agir com os problemas que nos desafiam.

Na maior parte das vezes em que alguém me pede conselhos, eu não tenho conselhos a dar. A não ser este: Ore. A oração é o recurso universal de contato com Deus. Se você acha que Deus não ouve suas orações, porque você é insignificante demais para ocupar o tempo de Deus, você esqueceu que Deus está dentro de você. Deus está no seu íntimo, nos recônditos do seu ser. Sempre. Basta você perceber isso e se dispor a contatá-lo.

Minha mãe orava sempre antes das refeições. Orava tanto que, quando terminava, a comida já estava fria. Lembro que já na infância eu me questionava se era realmente necessário orar a Deus. Pois não diziam que Ele sabia tudo? Se Deus sabe tudo, qual a importância da oração?

Deus sabe o que precisamos, Deus sabe o que é melhor pra cada um de nós. E sempre disponibiliza o melhor pra nós. Nós é que não O acessamos. Nós não vamos até Ele. Para que contatemos com Deus, é preciso nos desligarmos das preocupações terrenas, das picuinhas que tanto nos atormentam.

Como contatar com Deus? Pela oração. É para isso que serve a oração. Quando oramos, seja pedindo, seja agradecendo, estamos nos colocando em sintonia com Deus, estamos nos tornando receptivos a Deus. Ele está sempre com você. Você é que nem sempre está com Ele. Quando pedimos em oração estamos preparando o campo para ser semeado.

Não podemos entender Deus como se Ele fosse humano como nós. Ele não exige que nós peçamos muitas e muitas vezes. Nós é que precisamos pedir muitas e muitas vezes para conseguirmos alcançar um estado de receptividade. Lembra do que Jesus dizia no Evangelho? Pedi e obtereis, buscai e achareis, batei e abrir-se-vos-á. Temos que ser insistentes. O ideal é que aprendamos a viver em estado de oração. Permanentemente receptivos às dádivas de Deus, que são infinitas.

Mais importante do que pedir é agradecer. A gratidão é o sentimento mais belo e genuíno que eu conheço. Quando estamos em estado de gratidão estamos prontos para receber o que pedimos. Nossa mente subconsciente não sabe diferenciar o que é, o que foi e o que será. Nossa mente subconsciente não diferencia o sim e o não. Nossa mente subconsciente não distingue a verdade da mentira. Para ela é tudo uma coisa só. Toda imagem que chega a ela é tida como real, e tende a se manifestar como realidade material.

Por isso é melhor agradecer do que pedir. Quando pedimos, se estivermos pensando na carência, pensando no que nos falta, é isso o que obteremos: mais carência. Ao agradecermos, nos colocamos numa disposição de receptividade e confiança que atrai mais e mais daquilo que agradecemos.

Não há remédio melhor para os nossos males morais, para os problemas do cotidiano, para a superação de nossas fraquezas e falhas de caráter.

Ainda não damos o devido valor ao que somos, filhos de Deus, feitos à sua imagem e semelhança, portanto, perfectíveis. Nós temos o poder de Deus, nós herdamos de Deus o poder creador. Tudo no Universo é perfeito, tudo obedece a uma ordem preestabelecida e inalterável. Milênio após milênio, a Terra continua girando ao redor do Sol. Nós também somos sujeitos a Leis cósmicas eternas e imutáveis, mas temos algo que se chama livre arbítrio, que nos dá o poder. O poder de escolha, o poder de modificarmos a nós mesmos e ao nosso ambiente. Nosso poder é tanto que não sabemos o que fazer com ele, não sabemos usá-lo. Nada melhor que a oração para começarmos a canalizar esse poder, para usá-lo a nosso favor. Ore. Sintonize-se com o que há de melhor em você. 

Conheça meu canal no Youtube!

Artigo AnteriorPróximo Artigo

16 Comentários

  1. Que bom encontrar respostas para tudo o que precisamos, e isso é possível através da doutrina espírita tão bem elucidada por vocês.
    Abraços, luz e paz.

  2. Eu pensava que não sabia me comunicar com Deus, mas você nos ensina que é pela oração, e eu te agradeço de nos informar, que podemos em qualquer lugar, com uma oração, estar na presença de Deus. Obrigada.

  3. Muito bom este artigo. Interessante, são coisas da vida que passam despercebidas, coisas simples de se fazer e que não fazemos, e só lendo esse tipo de artigos de pessoas tão boas e inteligentes é que tocamos o coração e dá vontade de mudar…

  4. Agradeço a Deus por existirem pessoas que iluminam as nossas mentes. E você é uma delas. Obrigado por saber nos transmitir de forma esclarecedora tantos temas maravilhosos da Doutrina Espírita. Muita paz!

  5. Lindo! Não há outra palavra que eu possa usar para expressar meu contentamento ao ler o texto e refletir com ele. Hoje, eu agradeço muito! Dou graças pela vida dos meus e pela minha própria vida. Pela oportunidade de estar encarnada e melhorar sempre. Orai e vigiai! Assim converso com meu pai celestial. Felipe, seus textos são um presente! Obrigada por dividi-los conosco! Abraços fraternos!

  6. É muito reconfortante quando percebemos o resultado prático de nossas mudanças, como no seu caso. Obrigado por participar, Silvoni.

  7. Muito bem colocado, Morel. Temos o hábito de pedir e na maioria das vezes esquecemos de agradecer, desde que comecei a estudar a doutrina venho tentando mudar esse hábito, agradeço pelo dia, pelo Sol, pela chuva, pelo trabalho, e as coisas têm fluído.
    Seus temas sempre tocam e me auxiliam muito.
    Fique em paz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.