Mídia e sociedade

Uma visão espírita sobre a visita do papa Francisco ao Brasil

papa francisco brasil

Morel Felipe Wilkon

Foi grande a repercussão da visita do papa Francisco ao Brasil. Não pretendo falar sobre catolicismo, mas sobre a minha visão espírita sobre o maior líder cristão do planeta.

O papa Francisco apresenta as qualidades dos grandes líderes carismáticos. Popular, sorridente, espontâneo. Tempos atrás escrevi sobre a falta que faz um líder assim no Espiritismo. Um comunicador eficiente, que saiba se fazer entender. Você pode ler o artigo aqui:

Um Sílvio Santos para o Espiritismo

Noto um diferença fundamental entre Francisco e seus antecessores. Menos doutrina e mais prática, menos poder e mais alegria. Oferece um discurso claro e sucinto, mais parecendo um padre do interior. Fala muito na misericórdia infinita de Deus, prega o perdão, a busca pelo perdão.

Embora não mude a doutrina, sua ênfase recai em pontos que falam mais diretamente às pessoas. Mais compreensão e menos condenação. Francisco é um homem simples. Já havia falado sobre isso neste artigo:

Espiritismo e o novo papa, Francisco

papa francisco
O maior líder cristão do planeta

Acho muito positivo o papa pedir oração aos fiéis como uma pessoa qualquer. É um líder, mas é humano e falível como qualquer outro. A tradição católica afirma que o primeiro papa foi o apóstolo Pedro. Pois o próprio Pedro decepou a orelha do servo do sumo-sacerdote, e acho que a intenção não era cortar só a orelha, o que faltou foi destreza.

A linguagem coerente e animadora do papa Francisco entusiasmou milhões de cristãos brasileiros, não só católicos, conforme o site de notícias UOL:

Não são apenas os católicos que se emocionaram com a presença do papa Francisco durante sua visita ao Brasil. O argentino que ocupa o lugar mais importante da Igreja Católica também conquistou a graça de brasileiros de outras religiões.

“Ele é o cara”, disse a espírita Alessandra Viegas Josgrilbert, 43. A carioca mora atualmente em Mato Grosso do Sul, mas veio visitar a avó coincidentemente na semana em que o pontífice participa da Jornada Mundial da Juventude. “Não pelo cargo que ele ocupa, mas principalmente por suas atitudes e sua humildade”, explica ela.

Opinião compartilhada pela estudante Maria Fernanda Pellon de Castro, 26, que também é espírita. Ela confessa ter ficado toda arrepiada quando o viu passar de papamóvel na evenida Atlântica, em Copacabana. “E olha que nem o vi de tão perto. Mas vou tentar ficar mais próxima da grade da próxima vez”, conta ela, já fazendo planos para repetir a dose da experiência.

Segundo Maria Fernanda, seu apreço por Francisco começou desde sua eleição. “Me passa uma energia tão boa, e as mensagens deles são ainda mais entusiásticas”, afirmou. O evangélico Ronaldo Sinquini, 49, também não disfarça a afeição pelo líder da Igreja Católica. “Muito mais do que ser uma figura importante, é tão carismático que me chamou a atenção. Tem mobilizado tanta gente, que é muito bonito de ver.” 

Seu apoio aos protestos pelo Brasil também merece consideração:

“Tenho acompanhado atentamente as notícias sobre tantos jovens que saíram às ruas para expressar o desejo por uma civilização mais justa e fraterna. São jovens que querem ser protagonistas da mudança. Eu os animo a que, de forma ordenada, pacífica e responsável, motivados por valores do Evangelho, sigam superando a apatia e oferecendo uma resposta cristã às inquietudes sociais e políticas presentes em seus países”. 

A espiritualidade superior deve estar vendo isso com bons olhos…

Conheça meu canal no Youtube!

Artigo AnteriorPróximo Artigo

33 Comentários

  1. O papa Francisco veio fazer a diferença na Igreja católica e para a humanidade, não cai uma folha de nenhuma árvore se Deus não quiser, tudo chega no momento oportuno, quando o servidor está pronto o serviço aparece! Deus abençoe o Papa Francisco!

  2. O espírita atento à obra de Chico Xavier já sabia que a Igreja Católica iria passar por uma “reforma franciscana”. Humberto de Campos, no livro “Brasil, coração do mundo, pátria do Evangelho”, psicografado por Chico em 1938, asseverou: … “a Igreja Católica se desviou da sua obra de salvação, por um determinismo histórico que a compeliu a colaborar com a política do mundo, em cujas teias perigosas a sua instituição ficou encarcerada e que, examinada a situação, não é possível desmontar-se a sua máquina de um dia para outro. Sabemos, porém, que a sua fase de renovação não está muito distante. Nas suas catedrais confortáveis e solitárias e nos seus conventos sombrios, novos inspirados da Úmbria* virão fundar os refúgios amenos da piedade cristã”.
    *Em “novos inspirados da Úmbria”, Humberto de Campos nos remete ao modelo evangélico de caridade e vida simples de São Francisco, nascido na cidade de Assis, dentro da região umbriana, na Itália.
    Muita paz e união para todos.

  3. Estou realmente envergonhada quando fiz críticas severas no momento que ele foi eleito, pois eu o julguei um falso Humilde o tempo todo, até ao momento da chegada que ele pediu um carro simples, senti hoje a vergonha dos meus sentimentos de Espírita bem arrogante… hoje respiro feliz em ver e reconhecer meu erro, ele deu a maior lição de amor cujo país está morrendo de fome de perdão e amor, justiça. Obrigada Papa Francisco!!!Perdoa-me? O Brasil saiu ganhando com tua visita e eu aprendi muito contigo!!!

  4. Elza, obrigado pelo carinho e pela colaboração. Eu também acredito em dias melhores. Aliás, tudo já está melhorando.

  5. Olá irmão Felipe, bem-vindo de volta das férias que você merece, mas que nos priva da sua importantíssima presença aqui no site.
    Contrariando as expectativas de muitos cristãos de outras alas, o papa Francisco deu um show de carisma e usou a linguagem universal do amor aos cristãos do Mundo todo… O cristianismo anda carente de líderes, sentem-se como ovelhas sem pastor, aliás, a bíblia diz que as ovelhas conhecem o seu pastor, e não foram poucos os que nele reconheceram a liderança nata de um elevado espírito preparado para isso.
    Confesso, fiquei encantada com aquele sorriso franco e alegre falando à minha alma e ao meu coração… Não somente eu “arriei os pneus” por causa dele, veja o que escreveu meu amigo Danilo Fernandes (pastor luterano):
    “Confesso aos irmãos certa vergonha de nossos líderes mais conhecidos diante da mensagem do papa vis a vis a insignificância, irrelevância e altíssimo interesse financeiro do discurso dos super-pastores. Vergonha e ira.
    É evidente que as nossas diferenças teológicas seguem consideráveis e, em alguns pontos, ainda irreconciliáveis. Contudo nunca estivemos tão próximos. De minha parte, sigo protestante, mas revelo, desde já, o desejo da oportunidade de trabalhar junto com nossos irmãos católicos romanos naquilo que nos une, em prol da causa de Cristo.
    O papa Francisco é promessa de dias melhores.”

    —-

    Eu acredito nesses dias melhores, Felipe, tenho certeza de que a mensagem do Francisco atravessará as couraças mais empedernidas de nosso tempo. Amei!
    Abraço, beijo.

  6. Gostei do seu comentário sobre o papa. Também gostei do papa, da forma carinhosa que se dirigiu ao povo, suas palavras carregadas de boas energias, foi muito bacana mesmo. Muita paz!

  7. Ricardo, concordo com você. Mas Pedro era muito humano, e a intrepidez era uma de suas qualidades. O episódio é narrado em João 18:10. Obrigado pelo comentário, Ricardo. Que Deus nos abençoe a todos.

  8. Bom seu comentário, agora quanto ao comentário de Pedro, achei infeliz, porque Pedro fundou a maior casa de esperança, a Casa do Caminho, isto sim foi magnífico. Que Deus continue te abençoando.

  9. Belos comentários, vejo que o Papa Francisco revolucionou.
    Conseguiu passa na íntegra a essência do Cristianismo, espero que perpetue.

  10. Olha, acredito que o espiritismo precisa sempre de pessoas que vivenciem o que pregam, humildes e moralmente valorosos, Jesus era humilde e valoroso moralmente, são esses os líderes que respeito.
    Dentro desses critérios tivemos Chico Xavier e hoje ainda temos Divaldo Franco, precisamos é de exemplos vivos. ” A palavra ensina e o exemplo arrasta”.
    Abraços

  11. Me encantam o coração todos que se manifestam dentro da coerência cristã. O líder Frnacisco me transmitiu, além de coerência, uma energia que não sei explicar. Me emocionei de forma surpreendente e até achei-me exagerada. Acredito que o catolicismo não será o mesmo e sua mensagem simples, pautada na mensagem de Jesus, ficará marcada em muitos corações. Constatar a presença de criaturas compromissadas com os ensinamntos de jesus promove otimismo e ânimo, pois as ruínas morais tão exaltadas pela mídia fazem parecer que não tem mais jeito e o mal sobreporá sempre ao bem. Que possamos todos nos unir em orações, pois o objetivo em comum que nos une, crescer espiritualmente, fala mais alto que qualquer diferença ideológica.

  12. Outra coisa que me chamou atenção nele e que tem muito em comum com o espiritismo, é pregar a caridade. Acredito que além da simpatia, humildade e simplicidade, o que fez o Papa Francisco cativar gente de outras religiões foi justamente isso, ele não recrimina religião A, B ou C, ele busca o bem em comum.

  13. Realmente ele é diferente dos outros papas. Ele é espiritualizado e não tem medo de expor suas ideias. Eu estava esperando você publicar alguma coisa a respeito dele, valeu! Fique com Deus!

  14. Outra coisa importante, quando a gente está de mal com os nossos jovens, o Papa Francisco chega e atrai-os para próximo dele com amor e misericórdia, assim fazia Jesus.

  15. Gravei a entrevista dele que saiu no Fantástico, aliás, gravei tudo, porque cada frase dele tinha uma mensagem importante, e fiquei meditando no teor delas, pedindo a Jesus pra entendê-las com toda sua profundidade, embora as palavras fáceis de entender. Pois é, Jesus não esquece de nós, aí está Francisco com sua humildade e sabedoria, mas um gigante! Todas as religiões precisam de um líder como o Papa Francisco.

  16. Curioso é notar que esse magnânime encontro se deu aqui no Brasil. No prefácio do livro de Humberto de Campos intitulado “Brasil, coração do mundo, pátria do Evangelho”, psicografado por Chico Xavier em 1938, Emmanuel já nos alertara: “Se outros povos atestaram o progresso, pelas expressões materializadas e transitórias, o Brasil terá a sua expressão imortal na vida do espírito, representando a fonte de um ensimento novo, sem as ideologias de separatividade, e inundando todos os campos das atividades humanas com uma nova luz.”

  17. Realmente eu acho que não é por acaso a visita do papa em um tempo de manifestações dos brasileiros, a espiritualidade maior deve estar completamente comprometida com a nossa transição e particularmente penso que essa transição começará por aqui, sim, por este país sofrido. Um bom dia a todos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.