Artigos mais lidos, Transição planetária

A transição planetária

A transição planetária

Estamos em plena transição planetáriaMuitos espíritos estão tendo sua última oportunidade de adaptação ao nosso planeta. Os que não conseguiram se ajustar à Terra são exilados em outros planetas. Para esses espíritos, o outro planeta será o mesmo que uma prisão.

Muitos conhecimentos difundidos pelo espiritismo já eram conhecidos antes da codificação de Allan Kardec, iniciada em 1857. Noções de reencarnação, imortalidade do espírito, poder do pensamento, tudo isso já era conhecido por alguns estudiosos privilegiados. Mas misturados com muita superstição.

Mas há um conceito inovador trazido pelo espiritismo. É o fato de que tudo o que há no mundo material é apenas cópia do que existe no mundo dos espíritos. Tudo começa no astral, somente depois é que vem pra cá. É assim com as invenções, com a tecnologia, com as grandes ideias. Todos os grandes movimentos políticos ou religiosos, todas as mudanças culturais, toda inovação nos costumes, tudo é antes planejado pela espiritualidade.

Trago essa reflexão pra abordar um tema muito comentado hoje em dia no meio espírita. A transição planetária. Muitos espíritos estão tendo sua última oportunidade de adaptação ao nosso planeta. Os que não conseguiram se ajustar à Terra estão sendo exilados em outros planetas. Para esses espíritos, o outro planeta será o mesmo que uma prisão.

Essa informação pode parecer estranha, por isso fiz questão de lembrar que a vida material na Terra imita o mundo dos espíritos. Se você acha estranho um espírito ser exilado num planeta distante, é porque pode parecer fantasiosa a existência de prisões no espaço. Mas só seria estranho se essa ideia fosse copiada da Terra. O que ocorre é o contrário; tudo na Terra é apenas um reflexo do que existe no mundo espiritual. Se há prisões aqui, é uma ideia copiada de lá.

A verdade é que a Terra se aproxima de dias melhores, há muito tempo esperados. Se compararmos com tempos atrás, já estamos muito melhores. Claro que não é essa a visão que a televisão passa. Televisão vive de vender tragédias e baixaria. Nós ainda temos algo de mórbido que se deixa atrair por desgraças e más notícias.

Ainda estamos longe do ideal, mas já é possível notar que nos encaminhamos para um mundo de menos preconceitos, menos injustiças, menos ódio; mais aceitação, mais compreensão, mais boa vontade. Perfeito não vai ficar; você sabe disso. A Terra está deixando de ser um planeta de expiações e provas para se tornar um planeta de regeneração. A dor vai continuar sendo uma das principais ferramentas de aprendizado.

Talvez seja mais animador se analisarmos como era a Terra quando chegamos aqui. Você e eu provavelmente chegamos à Terra antes do início da civilização. Nós fomos os responsáveis pela civilização, por tudo o que se fez, por tudo o que se construiu, por tudo o que se descobriu neste planeta. Estamos aqui há milênios. A cada reencarnação damos um passo na nossa escalada evolutiva, e a Terra nos abriga nesse processo.

Tudo o que há na Terra foi feito por nós. Levamos milênios para chegar aonde chegamos. Tudo indica que viemos pra cá como medida de reajuste. Alguns preferem dizer punição. Esse mesmo reajuste é o que irão enfrentar os espíritos que serão exilados. Terão que recomeçar do zero num planeta inóspito. Do mesmo jeito que era a Terra quando viemos pra cá.

Imagine ter que descobrir o fogo de novo? Inventar a roda, a agricultura, as ferramentas, tudo de novo? Talvez você não dê o devido valor às torneiras da sua casa. Basta girar um pouco a mão para que saia água limpa e potável. Você já parou pra pensar quanto tempo foi necessário para chegarmos a esse ponto? Talvez você não perceba o quanto é cômodo apertar um botão, à noite, e ter luz dentro da sua casa. Quantos milênios foram precisos para que isso acontecesse? Estou citando apenas as comodidades mais básicas, que grande parte da população tem à sua disposição.

Quem for exilado terá que começar tudo de novo. Ao mesmo tempo em que serão punidos por suas faltas na Terra, servirão de instrumento de progresso para esses mundos e seus habitantes, muito mais atrasados do que os da nossa querida Terra. A vida por aqui ficará muito boa, e quando eu voltar na próxima encarnação muitos problemas que enfrentamos hoje não existirão mais; pertencerão ao passado. Espero encontrar você aqui, da próxima vez.

Conheça meu canal no Youtube!

Artigo AnteriorPróximo Artigo

62 Comentários

  1. Olá Morel, descobri seu site há poucos dias mas já estou assídua. Seus textos são muito esclarecedores. Parabéns. Que Deus te abençoe.

  2. Marta, não adianta lamentar o que já foi. Você está consciente dos seus erros e da necessidade de mudança, e isso já é um começo promissor. Mude daqui pra frente; nada está perdido.

  3. Tenho a sensação que fracassei nesta vida, apesar de 45 anos, fiz tudo o que nao devia fazer, querendo destruir a minha propria família, e acabei desestruturando a mim e aos meus filhos. Agi com vinganca em relação a minha mãe, sempre me comparando com ela e tendo inveja, fazendo me de vítima, prejudiquei pessoas e não pensei em ninguem, hoje no meu consciente não queria ser assim, algo no meu inconsciente não me aceitou e quis me destruir, considerando me um monstro.

  4. Bom dia Morel, tenho uma dúvida. Acredito que o mundo esteja melhorando cada vez mais também. Que já houve tempos piores. Mas uma coisa que não entra na minha cabeça é: será que as pessoas do Oriente Médio um dia irão se “adiantar”? Eu não sou ninguém pra julgar, mas eles são tão atrasados e cruéis como o Estado Islâmico, é claro que nem todos são terroristas, não estou generalizando, mas pessoas que praticam o terrorismo, que não aceita a minoria, não aceita a diferença em pleno seculo 21, é muito triste de se ver. Tanta gente morrendo ao deixar seus países para fugir da guerra. Será que haverá paz nesses lugares um dia? Desde que o mundo é mundo esses lugares só vivem em guerra e conflitos. Fico muito triste quando penso neles.

  5. Rafael, a causa das desigualdades é do espírito, então ela estará onde estiver o espírito, seja em que plano for.
    A causa material, visível, de haver mais pobres na prisão é social, mas a causa rela por trás de tudo é o espírito. Ninguém reencarna destinado a cometer crimes. Reencarnamos com determinadas provas necessárias para o nosso adiantamento, e falimos por nossa própria fraqueza.
    Jesus nunca disse isso.
    Não me arrisco a falar sobre possíveis prisões em outros planetas. Não podemos generalizar.

  6. Morel, tenho uma dúvida. Se tudo que existe na terra é uma cópia do que existe no mundo espiritual, então no mundo espiritual existe desigualdade social? (afinal sabemos que a grande maioria dos que estão na prisão são pobres, fruto de problemas sociais, haja vista que os ricos nunca são punidos por seus crimes). Ou a lógica da justiça no mundo espiritual é diferente? (Tal como as promessas de Jesus uma vez que ele mesmo afirmou que enxugaria nossos olhos de toda lágrima)
    Uma outra coisa, estas pessoas que insistem em viver somente por coisas materiais (como os grandes ricos e capitalistas que insistem em oprimir economicamente os mais pobres) caso morram nestas condições, seriam candidatos a serem aprisionados em outros planetas?
    Agradeço desde já.

  7. Aurora, a adaptação a que nos referimos é ao próximo estágio evolutivo do planeta, que se aproxima. É como se uma escola de ensino fundamental estivesse em transição para se tornar uma escola de ensino médio. Os estudantes que não tiverem condições de passar para o ensino médio serão transferidos para outra escola. Não são aspectos determinados de mal que devemos vencer. Todos os males do espírito derivam do orgulho e do egoísmo. Quem não desenvolveu a capacidade de pensar no próximo não terá condições de se adaptar aos novos tempos que se aproximam. A Terra não se tornará um paraíso; longe disso. Mas esses males elencados por você terão que desaparecer. E, para que eles desapareçam, os espíritos responsáveis pela manutenção desse estádo de coisas serão afastados. Isso pode parecer algo fabuloso ou fantasioso, mas essa impressão é porque olhamos as coisas muito de perto.
    O Universo é infinito. Existem trilhões de estrelas, com trilhões de planetas orbitando essas estrelas. A Terra é um grão de poeira no espaço (na verdade, nem isso). Tudo se transforma com o tempo. Só o que é imutável é Deus. Imagine uma xícara de café. Uma xícara de café suporta, no máximo, no estado líquido, umas duas ou três colheres de açúcar. Mais que isso, e o açúcar excedente vai para o fundo da xícara. Não adianta misturar, mexer o café com a colher: quando o líquido parar, o açúcar excedente volta a se acumular no fundo da xícara. Esse açúcar excedente terá que ser retirado do café para que ele volte ao estado totalmente líquido. Assim ocorre com a Terra. Os espíritos de vibração muito “pesada” não mais se adequarão à média vibratória dos espíritos do planeta, logo, terão que ser afastados para um meio mais adequado às suas vibrações.
    Não haveria porque espíritos de um grau evolutivo semelhante ao da Terra encarnarem aqui. Há que haver uma diferença de nível para que haja um aprendizado diferente.
    Sei do incômodo que os males atuais nos causam. Mas fazemos parte disso. A nossa parte é, em primeiro lugar, mudarmos a nós mesmos. O coletivo é formado pelas individualidades.

  8. O que seria a adaptação no planeta Terra? A pessoa que pratica algum determinado tipo de mal estaria sujeita a ser exilada? Que tipo de mal uma pessoa dessas teria que fazer? É possível que espíritos de planetas com um grau evolutivo semelhante ao da Terra encarnem aqui também?
    Infelizmente, se tivesse uma fórmula ou uma receita certinha de coisas pra fazer pra nunca mais reencarnar nesse planeta eu tentaria seguir tudo à risca. Vejo muitas coisas que me incomodam, corrupção cada vez maior na política, crimes terríveis acontecendo a todo momento, atrocidades do Estado Islâmico, alguns judeus banqueiros e maçons comandando o mundo por debaixo dos panos, pessoas que querem trazer o socialismo para o Brasil, mesmo que essa ideologia tenha matado mais que as duas grandes guerras no século passado, dentre muitas outras coisas. Tenho ficado muito pessimista com esse mundo nos últimos anos, chego a me questionar se me obrigaram a encarnar aqui e principalmente na minha família, sei que isso não é possível por causa do livre arbítrio, mas sinto que vim pagar pelas coisas que fiz no passado. Não acho que tenho uma vida ruim, tenho alguns problemas, mas não são nada perto do que vejo outras pessoas passando. O que me incomoda mesmo é o coletivo, a situação da sociedade e o caminho que ela está trilhando, não sinto que esse mundo seja o lugar que eu quero viver.

  9. gostaria de saber por onde anda Hitler e todos os seus colaboradores que atuaram na segunda guerra mundial???
    estariam eles todos juntos habitando um mundo inferior???? muitos deles já teriam reencarnado?????
    existe obra falando sobre esse assunto????

  10. Sei e acredito que o planeta Terra é só um de muitos espalhados pela galáxia entre varias categorias que fazem parte da evolução astral no qual somos compostos e por muitas razões milhões como bilhões estão presos a este mundo Terra por ainda não atingirem grau de evolução na sua essência. Há de chegar o dia que razão proporcional das coisas enfim serão entendidos por todos.

  11. Morel, esses 25 bilhões de desencarnados são apenas os pertencentes a Terra ou são de todo o Universo? Se for a 1ª opção, quantos habitam o nosso sistema solar? E a nossa galáxia? E o nosso Universo? Qual é o planeta menos evoluído do sistema solar? Obrigado.

  12. Nilza, todos estamos sujeitos à Lei de causa e efeito, e, conhecedores deste fato, somos levados, às vezes, a tirar conclusões precipitadas.
    Assim, à primeira vista, podemos ter a impressão de que uma mulher que sofre reiterados abortos espontâneos vive isso em função de ter provocado abortos em outra existência. Trazemos, a cada nova existência, as características que provocamos ao longo das existências passadas. Se enfraquecemos o corpo ou parte dele com determinada prática, seja um vício, um mau uso ou, neste caso, a sustação de uma gravidez indesejada, esse enfraquecimento provocado permanece, por algum tempo, conosco, atravessando uma ou mais existências.
    Mas não podemos, de modo algum, generalizar. Somos 7 bilhões de espíritos encarnados e mais uns 25 bilhões de espíritos desencarnados. Cada espírito tem a sua trajetória, a sua história particular.
    Isso pode ser uma prova, um aprendizado, talvez, até, um ato de amor com determinado espírito que precise passar por essas experiências para reajustar determinados aspectos do seu corpo espiritual mergulhando, mesmo que por curto período, no mundo material.

  13. Olá, Morel. Tenho lido muito seus comentários, e me esclareceu muitas duvidas, sou católica mas o espiritismo me atrai muito. Gostaria que você me falasse algo a respeito do aborto espontâneo, por que isso acontece e algumas mulheres não conseguem realizar o sonho de ser mãe? A medicina explica que é má formação do feto, mas sinto que seja algo a mais, tem alguma coisa a ver com vidas passadas? Ou é apenas a natureza?
    Abraços.

  14. O artigo é muito interessante, mas a pergunta que coloco: será que há outros planetas que estão mais evoluídos que nós (terrestres) e nós fomos expulsos desse planeta?

    Acredito que nós somos uns exilados que precisam de melhorar muito ainda…

  15. Williams, os espíritos que são exilados por não conseguirem acompanhar a evolução do planeta vão para mundos inferiores ao nosso, onde terão grande utilidade levando o progresso material para os espíritos primitivos que habitam o seu planeta de destino. Assim deve ter ocorrido com a Terra no passado. Espíritos evoluídos intelectualmente mas que não se desenvolveram moralmente não conseguiram acompanhar o progresso do seus planeta de origem e foram exilados na Terra. Para eles foi como uma punição. Para os espíritos primitivos que habitavam a Terra foi uma oportunidade de aprendizado e progresso. Foram esses espíritos exilados que lideraram as descobertas, as invenções, a organização da sociedade e a civilização.

  16. Boa tarde Morel Felipe.

    Estava lendo essa matéria para minha equipe e ficamos com uma dúvida. Quando o espírito vai para uma “prisão” fora deste mundo, este mundo que ela vai é mais ou menos evoluído que a terra?

    Desde já agradeço toda sua atenção!

    Um abraço,

    Williams Diniz

  17. Tenho dúvidas quanto a falar em línguas, poderia me ajudar com este assunto me dizendo se independente da minha religião se eu tiver dom do espírito falarei em línguas e de onde surge isto, bons ou maus espíritos ?
    Grata .,
    Att.,
    Silvana

  18. Maria, não acho que o médium tenha um papel especial ou que deva ter cuidados especiais exclusivamente por causa do período em que vivemos. Os cuidados do médium devem ser os mesmos, sempre. Seguindo as orientações preconizadas por Allan Kardec, estudando sempre, orando e vigiando os pensamento, não há o que temer. O médium é um trabalhador com uma tarefa delicada que exige muita responsabilidade.

  19. Com relação à transição planetária qual é o papel do médium de incorporação que está começando o seu curso agora? Obrigada, aguardo resposta.

  20. Georgiana, O Livro dos Espíritos e o Evangelho são um ótimo começo. Depois O Livro dos Médiuns, O Céu e o Inferno e, se tiver disposição, A Gênese. As obras de André Luiz são melhor compreendidas se forem lidas na ordem; os treze livros que compõe a série A Vida no Mundo Espiritual.
    As colônias são formadas pelos espíritos pelas suas afinidades e de acordo com as necessidades de cada grupo. Não há uma colônia igual a outra, cada uma tem as suas características, conforme o estágio evolutivo dos seus membros. Não são, de modo algum, todos os espíritos que vivem em colônias. Muitos permanecem mais próximos dos encarnados. Distinguimos os bons dos maus espíritos pela sua linguagem, pelos seus conselhos, pelos pensamentos que nos inspiram, pelas vibrações que sentimos.

  21. Obrigada Morel!
    Como sempre você tão esclarecedor e sensato!
    Faltou apenas me responder quanto à minha dúvida sobre como funcionam as colônias, se os espíritos se alimentam, dormem, descansam? Sei que há muito trabalho, mas não só nas colônias e também em outros mundos, como são suas rotinas? É perguntar demais…???
    Acho que você já percebeu o quanto tenho muitas dúvidas e você me indicou há pouco sobre as obras de Kardec e André Luiz, mas são várias, por onde devo começar? tenho apenas o Livro dos Espíritos e o Evangelho.
    Morel, se existem as colônias, outros mundos, então por que há tantos espíritos próximos a nós, influenciando nossas vidas, o que fazem ainda na terra? E como distinguir quais os bons e maus?

    Abraços!

  22. Georgiana, que não podemos forçar ninguém a evoluir é uma coisa óbvia. Não seria justo se seres com históricos tão diferentes alcançassem a mesma posição ao mesmo tempo. Mas não há nada de egoísmo nisso. Compete a nós ajudarmos os nossos próximos para a sua evolução. Quando ajudamos, estamos sendo ajudados…
    Você citou Nosso Lar. O filme não aborda todo o conteúdo do livro. Aliás, as melhores fontes de conhecimento dentro do Espiritismo são as obras de Allan Kardec e André Luiz. Procure estudá-las. Em Nosso Lar há o caso na Ministra Veneranda, que, mesmo já tendo atingido um patamar evolutivo muito superior, podendo viver num plano mais elevado se assim desejasse, estava há MIL ANOS trabalhando em benefício do seu grupo, um grande grupo familiar construído ao longo de séculos ou milênios.
    Todos somos responsáveis uns pelos outros, mas só podemos mudar, memos, a nós mesmos.
    Dificilmente viveremos em mundos diferentes daqueles a quem amamos. Se os amamos, não os abandonaremos, onde quer que eles estejam; e, se eles são amados, é porque fizeram por merecer, têm algum crédito, “têm solução”. Trabalhando com ideias apenas hipotéticas, digamos que duas de cada três espíritos sejam afastados do planeta. Há espíritos que não reencarnam há séculos, tamanho o seu atraso. Muitos estão reencarnado agora, depois de séculos sem reencarnar. Não é difícil perceber que a maioria ainda é muito mais atrasada do que nós e aqueles com quem convivemos.
    Religião ou crença não tem nada a ver com “salvação”. O que importa é o nosso íntimo traduzido em atos. Há ateus muito melhores que eu.
    No exemplo do irmão que usa droga. Não é assim mesmo que funciona? Por acaso você pode fazê-lo mudar de ideia imediatamente? O que você pode fazer é não desistir dele, é estar ao lado dele quando a dor o apertar e ele estiver receptivo à mudança. Porque quase sempre nós despertamos para a verdade depois de experimentar a dor. A dor é experiência própria, não é apenas discurso alheio. E nestas horas é bom poder contar com alguém que nos oriente e apoie nossos esforços de regeneração.
    Fique com Deus.

  23. Oi, Morel bom dia! Ansiosa estava por sua volta das férias. Sem entender ao certo a razão pela qual me interessei muito por esse tema, mas por mais que eu leia, dúvidas pertinentes se formam em meu pensamento. Por exemplo, nos aproximamos de espíritos afins, a espiritualidade em favor à vida sempre encontra uma maneira de unir as pessoas que possuem algum vínculo, a união de nossa família é um exemplo. Então caso minha mãe, meu pai, MEU FILHO não atinjam um grau evolutivo e o merecimento, ou até mesmo eu… enfim, a ideia de séculos separados, vivendo em mundos distantes, isso assusta de certa maneira. E por mais que eu seja conhecedora da verdade, possa tentar espalhar essa verdade e convencer aos que amo, sou ciente de que há o livre arbítrio, e além de que mesmo dentro das famílias há aqueles que seguem outras crenças… Como ficam essas questões? E o amor que cultivamos em meio às diferenças? Até que ponto esse amor poderá ser relevante?
    Sabe, Morel, eu amo e sou realizada na doutrina espírita, mas às vezes o fato de crer na REFORMA ÍNTIMA, em NINGUÉM SALVA NINGUÉM (nem mesmo Jesus), passei essa vida até uns 2 anos atrás, crendo que Jesus é o SALVADOR, hoje sei que ele é o MAIOR EXEMPLO A SER SEGUIDO, NÓS É QUE NOS SALVAMOS. Mas isso tudo às vezes me leva a pensar que talvez sejamos egoístas… Então se eu for a uma festa com meu irmão e ele lá “fazer uso de uma droga”, mesmo que eu não feche os olhos e diga intimamente: “ainda bem que não curto isso!” E o aconselhe e tente ajudá-lo, e ainda assim ele não aceitar ajuda, então eu evoluo, e ele??? (é um exemplo, a droga aqui pode ser até mesmo uma situação.)
    É muito confuso pra mim esse fato de precisarmos uns dos outros para nossas provas e expiações, para os nossos ajustes e ao mesmo tempo é CADA UM POR SI???
    Outra coisa, quando você afirma que no mundo espiritual tudo é igual com relação até mesmo às tecnologias, lembro do filme Nosso Lar, há cenas em que pessoas estão à frente de máquinas, computadores, se alimentam. Enfim, espíritos comem e bebem, saciam suas necessidades fisiológicas? Dormem ou descansam? Sempre tive essa dúvida.
    Morel, pergunto ainda (estou eufórica por aprender mais em 2014, então prepare-se para um turbilhão de dúvidas rsrsr) além da reforma íntima, o que fazer para merecermos permanecer na Terra, em meio a tantos bilhões de espíritos que querem reencarnar na terra? Lembrei-me agora dos 10 mandamentos de Moisés, crescemos no catolicismo orientados sob essas leis. E os nosso irmãos de outras religiões?
    Abraços!
    Fique em paz!

  24. É claro que a Terra não é o melhor dos mundos, Eloisa. Mas é o planeta que temos condições de habitar, e temos que valorizar nossas conquistas.

  25. Você é otimista em relação à Terra. Tenho certeza que não é o melhor dos mundos. Por exemplo: às vezes sonho que estou ouvindo música e nesses sonhos os mesmos artistas cantam canções muito melhores e saudáveis. Talvez eu não saiba onde estou, mas acho que a verdadeira prisão é aqui.

  26. O termo é literal, Claudiana. A creação divina é incessante. É natural que na Terra, como em toda parte, haja espíritos de várias idades. Obrigado pela participação.

  27. Que belo texto! Eu confesso que ao ver notícias de tantas tragédias e coisas ruins, drogas, assassinatos e chacinas em família, filhos, pais e companheiros se matando, minha idéia é de que o mundo e a humanidade só pioram. Em relação a progresso e facilidades vamos bem, sim. Mas a alma humana ainda parece estar se debatendo nos sentimentos ruins e na falta de amor… Já fizeram leitura de mapa astral e tarô comigo e sempre me dizem que sou “espírito velho”, muitas vezes ressaltando que tenho coragem, vivência e experiência. Eu ao contrário, me vejo tão frágil e medrosa. Mas ao mesmo tempo me sinto cansada de tantas coisas daqui do mundo; essas intrigas de poder, de vaidades. Acho que a vida podia ser mais simples e às vezes sinto realmente que não faço parte desse mundo. Este termo “espírito velho” tem algum significado na doutrina espírita?

  28. É muito bom passar para as pessoas tudo o que refere ao espiritismo, muitos precisam estudar e conhecer, e é muito importante para o próprio aprimoramento e crescimento espiritual.
    Que Deus te dê a luz necessária para explicar aos nossos irmãos.
    Abraços.

  29. Douglas, nunca vi nada a respeito abordado por alguém ligado ao Espiritismo. Já vi alguns vídeos sobre o tema, mas são apenas especulações, embora dignas de credibilidade. Sinto decepcioná-lo, mas não posso opinar sobre um assunto que não conheço bem. Obrigado pela sugestão; fique com Deus.

  30. Olá a todos:
    Também sou simpatizante do espiritismo, embora ainda crente conservador, não vejo no Cristianismo e nem em nenhuma outra religião explicação alguma para injustiças de ordem social e orgânica, realmente tenho que admitir que o espiritismo é a doutrina que esclarece tudo e que nunca fica ultrapassada. Tenho uma questão bastante polêmica pra levantar pra ti Morel, a questão dos ILLUMINATIS, ou NOVA ORDEM MUNDIAL ou ainda ANTICRISTO: qual a visão espírita desse suposto grupo de famílias que estariam dispostas a eliminar a primeira e segunda parte da humanidade e escravizar a terceira parte de acordo com suas vontades? Qual será a situação futura desses pobres e ignorantes espíritos ao deixarem a vestimenta carnal? Seu blog me pareceu convidativo para estes assuntos por isso recebi publicar minha dúvida..
    Muita luz e paz!

  31. Cara, fui colocar a versão do áudio e ouvi um vozeirão a la Cid Moreira. Você é locutor de rádio? Só por curiosidade mesmo…
    Legal esse texto. Mostra uma visão bem otimista do futuro, compartilho desta visão também. 🙂

  32. Carmem, essa questão era uma dúvida que eu tinha antes de ler o Livro dos Espíritos.
    A criação é infinita, eterna, incessante. O universo é infinito, há milhões de mundos habitados semelhantes à Terra. Há um grupo de espíritos que habita a Terra há milênios, ora como encarnados, ora como desencarnados. Mas há intercâmbio com outros mundos. Assim como os primeiros espíritos a habitar a Terra vieram de outros planetas, também saem daqui espíritos que já cumpriram sua missão, ou que não se adequaram às condições exigidas para a sua permanência, que vão para outros mundos. Há, hoje, bilhões de espíritos desencarnados, na Terra, esperando uma oportunidade para reencarnar.
    Seria bom que você lesse o Livro dos Espíritos. Sua leitura pode parecer difícil, no começo, mas é só impressão. É a base do Espiritismo, muito esclarecedor.
    Você pode ler pela internet; deixo o link aqui: http://www.febnet.org.br/ba/file/Obras%20B%C3%A1sicas/le.pdf

  33. Olá.
    Sou simpatizante da doutrina espírita e tenho lido frequentemente seus textos, mas agradeceria se você pudesse me esclarecer um ponto. Se somos espíritos imortais, reencarnando seguidas vezes há milhares de anos, como se justifica que a população da Terra esteja sempre aumentando? Alguns que já cumpriram o seu papel não deveriam ficar em outro plano, não reencarnando mais e assim diminuindo a população da Terra? Ou há nascimento de outros espíritos?
    Peço desculpa se for uma dúvida muito ingênua.

  34. Carol, não tenho grande conhecimento do assunto. Este conceito nasceu na psicologia norte-americana, sendo adotado por alguns espíritas no Brasil, como Divaldo Franco. Logo que tomei conhecimento do tema o achei muito interessante, mas logo notei muitos exageros, como a afirmação de que 90 ou 95 por cento das crianças reencarnantes de tempos pra cá são índigos ou cristais. Você terá que recorrer a outra fonte…

  35. Caro Morel, aproveitando o assunto da Transição planetária, adoraria saber um pouco mais sobre as pessoas índigo ou cristais, pois me acho muito encaixada nesse grupo. Tenho dúvidas frequentes como: É possível ser índigo mesmo não sendo de outra dimensão? Como reconhecer se estou passando pela transição de índigo para Cristal? Como amenizar essa transição? Desde já agradeço.

  36. Claudio, sou eu quem devo agradecer à sua atenção e ao compartilhamento conosco de seus conhecimentos e experiências. Somos todos aprendizes. Aprendemos ensinando e ensinamos aprendendo.

  37. Bom dia Morel. Como sempre, assunto muito interessante.
    Gostaria de parabenizar o amigo Robis Dekfino da Rosa, sem esquecer os demais, por seu comentário.
    Fico contentíssimo por ter encontrado um espaço onde o nível de esclarecimento é tão grande, em que aprendemos incessantemente a cada assunto abordado.
    Não vou comentar pois nem o amigo Robis, nem a amiga Márcia, deixaram lacuna, fiquei mudo. rsrsrsrs
    Brincadeiras à parte, mais uma vez parabéns a você, por reunir, neste espaço, pessoas deste quilate.

  38. Obrigado, Alice. As críticas têm seu lado bom; fazem pensar e repensar. Já mudei de ideia algumas vezes por ser obrigado a rever meus conceitos a partir de críticas. Às vezes são desagradáveis, mas de tudo se pode tirar bom proveito. Espero contar com você aqui muitas vezes.

  39. Parabéns Morel, acabei de conhecer seu blog, li várias matérias. São muito boas, bem escritas e bem embasadas.
    Parabéns pela coragem de se expor, a mercê de eventuais críticas (achei injustas) e por colocar a sua visão do mundo de maneira tão coerente e também tão aderente aos ensinamentos da doutrina espírita, formando um material rico de ensinamentos a quem estiver aberto.
    Tem a minha admiração.
    Abraços fraternos.

  40. Concordo com você, Ana Cristina. Gosto muito da visão racional que o espiritismo permite e incentiva. Obrigado pelo comentário.

  41. Quando leio um texto deste, fico muito agradecida a Deus por ter me dado a oportunidade de nesta encarnação, conhecer a maravilhosa Doutrina dos Espírtitos pois só ela aborda o tema de forma tão bela e consoladora. Existe aí a coerência com a Justiça Divina e afasta toda aquela especulação de fim do mundo tão difundida e aguardada pela maioria da humanidade.

  42. Lindo texto Irmão! Através dele, muitos encontros na compreensão são possíveis na eternidade da jornada de cada um. Que nossos encontros diários sejam sempre baseados no Amor e Cooperação, compreendendo que todos nós Somos UM!!!

  43. MOREL FELIPE, MAGNÍFICO TEXTO, DE GRANDE CONSCIENTIZAÇÃO.EMBORA SÃO POUCOS OS QUE ESTÃO NESSA SINTONIA. PARABÉNS!!! ASSIM DÁ UMA MAIOR AMPLITUDE, NO ASSUNTO, PARA QUE AS PESSOAS POSSAM, ENTENDER MELHOR ESSE TEMA QUE ESTÁ SENDO, TÃO FALADO.

    . A Terra está deixando de ser um planeta de expiações e provas para se tornar um planeta de regeneração. A dor vai continuar sendo uma das principais ferramentas de aprendizado. ABRAÇOS!!!!!!!!!!!!!!

  44. Muito bom e esclarecedor o texto. Gostaria de apenas lembrar que Deus não pune a ninguem.Os espíritos que serão exilados em outros mundos simplemente não poderiam acompanhar o novo mundo que está nascendo e isto porque seu nível de vibração áurica não alcança mínimo necessário para se manter na nova dimensão.Seus pensamentos e atitudes são incompatíveis com a nova realidade que irá nascer. Por outro lado estes irmãos irão dar sua contribuição no desenvolvimento científico e moral à mundos tridimensionais de terceira dimensão em estágio de evolução inferior ao atual da terra.Este é um processo comum de migração entre planetas durante momentos como este que estamos passando onde há um salto evolutivo e os que evoluiram moralmente o suficiente acompanham o planeta enquanto outros continuam suas experiências em mundos mais atrazados contribuindo para a evolução do mesmos como aconteceu com os capelinos que migraram para a terra há mais de 20 mil anos. Após sua purificação estes voltam para ao planeta de origem aptos a viver em dimensões mais elevadas. Não há punição, este é um conceito humano que não existe em planos dimensionais mais elevados e sim sintonia vibratória. Tudo é aprendizado e nossos erros fazem parte do aprendizado por caminhos mais longos em direção a perfeição. Cada um faz a sua escolha exercitando seu livre arbítrio, uns seguemm mais rápido que outros, mas todos evoluem na direção da perfeição e comunhão com Deus.

  45. Tenho certeza que estaremos aqui, Márcia. Devemos cuidar de nos reformarmos cada vez mais para que o próximo passeio pela Terra seja mais ameno que esse, e devemos cuidar muito do próprio planeta, pois provavelmente ele sofrerá algumas mudanças e grande parte disso depende de nós. Obrigado por mais um participação enriquecedora, minha amiga Márcia!

  46. Também espero nos encontrarmos Morel, aqui nessas paragens, pois, afinal, acredito que sob a luz do evangelho muito já mudamos. Temer que não sejamos merecedores dessas comodidades que você citou e muitas outras não citadas,nos faz no mínimo caminhar mais atentos, voltar para nós, para nosso mundo interior, e lutar por mudanças, encontrar o equilíbrio certo. Sabe Morel, não temo esse exílio, não por me achar suficientemente evoluída, mas por saber que ajo com compromisso e responsabilidade ante a vida aqui nesse planeta tão belo, por estar voltada para o ideal de mudança, de crescimento e superação de mim mesma, afinal, ainda penso e sinto, em contramão às propostas do mais sábios dos homens,”JESUS”… bem sei que o desafio é grande mas estamos compenetrados e compromissados com ele. Que sejamos cada vez mais responsáveis nessa caminhada, e cada vez mais encantados com a vida e façamos jus à oportunidade recebida e que venhamos ser merecedores de retornarmos e prosseguindo no grande ideal de crescimeto espiritual. Abraços e muita paz pra você Morel…

  47. Obrigado pela participação, Rosane. Hoje nós não temos mais a desculpa da ignorância, do desconhecimemto. Nunca tivemos tanta informação à nossa disposição. Só nos resta colocar em prática…

  48. Olá, através de um colega do twitter que te segue encontrei o seu site.Ah, estou te seguindo..O que vc falou é bastante pertimente,estamos caminhando para o mundo de regeneração,daí a importancia da reforma íntima,pois não quero começar do zero em outra orbe. Muita paz!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.